Faculdade de Mediação: como funciona o curso?

Faculdade de Mediação

Nos últimos anos, o mercado jurídico abriu novas oportunidades de trabalho, voltadas para a solução consensual de disputas. A faculdade de Mediação qualifica profissionais para atuar nesse contexto, tanto para quem busca um emprego como para quem deseja empreender na área jurídica.

Para isso, o Curso de Mediação ensina as competências para restaurar ou favorecer a comunicação entre pessoas. Na mediação, um terceiro sem interesse no resultado do conflito serve de ponte para diálogo e negociação, tornando os envolvidos mais aptos a resolverem suas questões e alcançarem uma boa solução para ambos.

Neste conteúdo, abordamos as principais características dessa graduação e tiramos dúvidas sobre o curso. Continue a leitura e conheça uma excelente carreira!

Qual é o objetivo da graduação em Mediação?

A faculdade de Mediação é um curso tecnólogo que qualifica o profissional para a função de mediador de conflitos. Assim, ele pode atuar em tribunais, câmaras privadas, escritórios de advocacia, empresas ou serviços autônomos, conduzindo processos de comunicação entre litigantes, com ou sem processo judicial.

Entre os tipos de graduação, o Tecnólogo se caracteriza por ser uma formação rápida e específica, logo, que insere você no mercado de trabalho em pouco tempo. No caso da graduação em Mediação, essas oportunidades estão tanto no setor público como no setor privado, nas áreas de gestão e resolução de conflitos.

Um processo de mediação geralmente é dividido em sessões de atendimento. Nelas, o mediador é o responsável pela condução das partes, estabelecendo regras e aplicando técnicas para facilitar a comunicação. A ideia é criar as condições para que exista um diálogo entre as pessoas.

Com isso, existe uma alternativa para a solução de conflitos, e as pessoas não dependem exclusivamente do processo judicial. A diferença é que, enquanto o juiz decide pelas pessoas, o mediador apenas auxilia os envolvidos no conflito para que eles tomem uma decisão.

Não por acaso, diante de uma justiça lenta e do risco de uma decisão insatisfatória, a Mediação ganha espaço. Afinal, é natural as pessoas buscarem outras formas de resolver as disputas, especialmente pela via amigável.

Quais são as principais matérias da graduação em Mediação?

Agora que você já sabe o que é Mediação, podemos apresentar as principais matérias do curso. Resumidamente, a graduação reúne os conteúdos de diferentes disciplinas e, principalmente, atividades práticas para desenvolver competências.

Em grande parte, o foco do curso da Anhanguera está nas competências de comunicação, métodos de trabalho e conceitos ligados à função do mediador:

  • Comunicação Não Violenta, Escuta Ativa e Linguagem Corporal;
  • Prática em Negociação, Mediação e Arbitragem;
  • Negociação e Gestão de Conflitos;
  • Psicologia Aplicada ao Direito;
  • Modelo Multiportas e Meios Integradores de Resolução de Conflitos.

Além disso, a graduação oferece uma base de conhecimentos jurídicos, permitindo que o profissional entenda as particularidades de cada área:

  • Direito Civil-Parte Geral;
  • Teoria da Argumentação Jurídica;
  • Teoria Geral do Direito Constitucional;
  • Teoria Geral do Processo.

Para finalizar, a faculdade de Mediação da Anhanguera aborda as principais áreas de atuação do mediador, de forma específica:

  • Criminalidade, Infância e Justiça Restaurativa;
  • Mediação Comunitária, Familiar e Escolar;
  • Mediação e Arbitragem Empresarial e Consumerista.

Portanto, aqui na Anhanguera, você encontrará uma qualificação completa e sairá preparado para exercer as funções de mediador.

Para quem a faculdade de Mediação é indicada?

O curso é indicado para dois perfis profissionais. O primeiro é o de quem vai entrar no mercado de trabalho. Para esses profissionais, a faculdade de Mediação traz oportunidades em empresas, escritórios e órgãos públicos de diversas áreas, por exemplo:

  • câmaras privadas de mediação;
  • prestação de serviços como autônomo;
  • setor de recursos humanos de empresas;
  • mediação judicial;
  • consultoria e assessoria em escritórios de advocacia.

Outro perfil é o do profissional de Direito, Psicologia, Pedagogia ou Recursos Humanos que busca uma segunda graduação. Nesse caso, é possível abrir um novo campo de atuação profissional ou complementar as habilidades utilizadas no trabalho.

Imagine, por exemplo, um advogado que atua com Direito de Família. Atualmente, a audiência de Conciliação e Mediação é obrigatória na maioria dos processos judiciais, e o profissional pode se destacar se conhecer a solução consensual a fundo.

Qual é a duração do curso de Mediação?

A faculdade de Mediação da Anhanguera tem duração de três semestres, sendo realizada no EAD Anhanguera, 100% online. Logo, permite que você rapidamente se forme e comece a trabalhar, além de ser flexível em relação aos horários de estudo.

Já abordamos a importância do diploma em outros conteúdos, como o artigo sobre a relação entre o jovem e o mercado de trabalho. No entanto, vale a pena reforçar a importância da faculdade para conquistar uma boa colocação profissional.

A média salarial do mediador, por exemplo, está em R$ 2.551,00*. Logo, ao se formar, você consegue um salário interessante, considerando o tempo necessário e o investimento realizado para obter o diploma.

Além disso, o mercado de trabalho do mediador traz oportunidades de empreendedorismo. É possível, por exemplo, abrir uma câmara privada de mediação e atender pessoas interessadas em resolver conflitos de interesse. Hoje em dia, muitas vezes, os próprios contratos trazem uma cláusula prevendo a participação em mediação antes de iniciar uma demanda judicial.

Quanto custa cursar Mediação?

A graduação em Mediação pode ser realizada em cursos da Anhanguera a partir de R$ 159,90*. Fique atento também às opções de bolsas e descontos, pois sempre podem surgir boas oportunidades para tornar a mensalidade ainda mais acessível.

Ao fazer o curso, você terá acesso a benefícios exclusivos:

  • cursos livres de instituições parceiras;
  • acesso ao Canal Conecta (portal de vagas e material sobre o mercado de trabalho);
  • Trilhas de Carreira (planos de desenvolvimento com conteúdos exclusivos).

As formas de ingresso são bastante variadas. Entre as opções disponíveis, destacamos duas alternativas:

  • vestibular online, no qual você pode realizar a prova de redação e todo o processo a distância;
  • segunda graduação, que está disponível para quem já tem diploma em outras áreas.

Esse curso é dinâmico e traz inúmeras atividades práticas para você desenvolver competências. Isso acontece por meio do ambiente virtual de aprendizado, que possibilita a comunicação com professores e reúne ferramentas de ensino diferenciadas, testes, fóruns, exercícios e outras atividades.

Estude com a gente!

Por isso, a faculdade de Mediação trará excelentes oportunidades de trabalho em um novo segmento de atuação. Além disso, você pode realizar uma qualificação com excelente custo-benefício e rápido ingresso no mercado de trabalho. Logo, é uma opção de carreira que vale a pena para quem busca as primeiras oportunidades ou quer transformar a carreira.

Inscreva-se agora mesmo no curso de Mediação e conquiste o seu diploma!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content