Como está o mercado de Engenharia Civil hoje?

engenharia civil mercado de trabalho

O mercado de trabalho de Engenharia Civil é reconhecido por oferecer excelentes condições para os graduados. Não à toa, a faculdade é uma das mais escolhidas pelos estudantes que desejam melhores salários e empregabilidade para mudar de vida.

No entanto, o segmento vem passando por mudanças, e muitas pessoas têm dúvidas sobre como serão os próximos anos. Logo, desejam conhecer mais sobre as características desse mercado para saber se o investimento ainda vale a pena.

Neste conteúdo, mostramos que a Engenharia Civil resiste bem as crises e apresenta indicadores bastante positivos para o futuro. Continue a leitura e conheça uma excelente carreira profissional!

Guia das Engenharias

O mercado de trabalho em recuperação

O mercado de Engenharia Civil sofreu os impactos da pandemia, mas vem se recuperando ao longo dos últimos meses. Desde junho de 2020, o setor de construção registra mais admissões do que demissões, relevando a tendência de crescimento das oportunidades de trabalho.

Devido à pandemia, em março, abril e maio de 2020, os dados do Ministério do Trabalho registraram um saldo (admissões – demissões) negativo em relação aos postos de trabalho no setor de construção:

  • – 18.006 em março;
  • – 73.481 em abril;
  • – 22.062 em maio.

No entanto, assim que as atividades foram retomadas, a construção demonstrou uma rápida recuperação com desempenho positivo nos meses seguintes:

  • + 16.500 em junho;
  • + 42.051 em junho;
  • + 50.740 em agosto;
  • + 45.633 em setembro;
  • + 35.689 em outubro;
  • + 20.724 em novembro.

O saldo entre janeiro e novembro de 2020 é positivo, com 157.881 vagas de trabalho criadas além do número de demissões. Logo, enxergamos a capacidade de recuperação e de resiliência desse segmento de mercado em relação à crise.

Estabilidade financeira mesmo em período de crise

A rápida recuperação da construção civil se refletiu nas contratações de engenheiros civis. Confira o desempenho, de janeiro a novembro de 2020, do profissional generalista:

  • + 78 em janeiro;
  • + 27 em fevereiro;
  • – 48 em março;
  • – 218 em abril;
  • – 147 em maio;
  • – 100 em junho;
  • + 48 em julho;
  • + 129 em agosto;
  • + 127 em setembro;
  • + 66 em outubro;
  • + 73 em novembro;
  • + 114 de saldo.

Perceba que as vagas de Engenharia Civil voltaram a aparecer com frequência logo após a abertura dos municípios para as atividades presenciais. Além disso, o saldo positivo mostra a resistência do setor, com a manutenção da ampla maioria dos empregos e, consequentemente, a estabilidade financeira, mesmo na crise.

Bons salários para todo o Brasil

Em relação aos salários, o mercado de Engenharia Civil está acima, até mesmo, de outras áreas de ensino superior. O salário de engenheiro civil pleno está em R$ 7.827,31*. Logo, é uma faculdade com excelente retorno do investimento.

Os números da Pesquisa Salarial Catho mostram outros pontos interessantes. Mesmo o profissional no início de carreira (júnior) recebe um bom salário: R$ 3.877,03*, em média. Além disso, durante a faculdade, é possível obter um estágio de Engenharia Civil, que tem remuneração na faixa de R$ 1.369,53*.

Aqui na Anhanguera, os alunos recebem orientações de como ingressar nesse mercado de trabalho e podem participar de processos seletivos pelo Canal Conecta. Lá organizações parceiras divulgam vagas de estágio e de emprego para os nossos alunos, e você pode concorrer se escolher o curso de Engenharia Civil.

Campo de atuação bastante variado

Outra vantagem é a variedade de empresas de Engenharia Civil e áreas de atuação. Atualmente, além do engenheiro civil generalista, você pode atuar com diferentes especialidades:

  • Aeroportos;
  • Edificações;
  • Estruturas Metálicas;
  • Geotecnia;
  • Hidráulica;
  • Rodovias;
  • Saneamento Básico;
  • Transportes e Trânsito.

Aliás, a diversidade não está apenas em relação às áreas, mas também em relação às funções que um profissional pode exercer. O engenheiro civil pode liderar um projeto, atuar como analista, gerir departamentos e organizações nessas áreas de atuação, dar consultoria ou, até mesmo, realizar atividades de perícia técnica.

Outra característica é a transformação digital do setor. Com os avanços tecnológicos, o engenheiro é forçado a evoluir continuamente. O uso de softwares, por exemplo, já é uma realidade, e os profissionais precisam se adequar às exigências para serem competitivos pelas melhores vagas.

As mudanças na forma de atuação se refletem no curso superior. Na Anhanguera, por exemplo, os alunos podem realizar cursos gratuitos para certificação com parceiros, como HUAWEI ICT Academy, AWS Academy, AWS Educate e CISCO. Neles, são adquiridas competências digitais, permitindo uma melhor adaptação a esse novo mundo.

Se você tem dúvidas sobre as diferentes áreas de atuação e características da faculdade, temos um conteúdo com tudo sobre Engenharia Civil.

Alta procura de profissionais qualificados

O mercado da Engenharia Civil tradicionalmente traz excelentes oportunidades, e isso tende a se manter no futuro. Como visto, já nos meses posteriores ao bloqueio das atividades presenciais, o setor iniciou a recuperação com crescimento das vagas para engenheiro.

No entanto, para aproveitar a alta procura por profissionais, você precisa se qualificar dentro das exigências do futuro. Há diversas tendências na Engenharia Civil que merecem a atenção de quem vai entrar na faculdade:

  • sustentabilidade;
  • automação e robótica;
  • novos materiais;
  • uso de softwares para desenho técnico, maquetes 3D e gestão de projetos.

O curso de Engenharia da Anhanguera está atento a essas tendências. Além das disciplinas essenciais da grade curricular, como Cálculo, Desenho Técnico, Estruturas de Concreto e Hidráulica, abordamos assuntos-chave para formação do engenheiro do futuro:

  • Engenharia, Ciência e Tecnologia;
  • Empreendedorismo;
  • Mindset Ágil;
  • Responsabilidade Social;
  • Construções Sustentáveis.

Outro diferencial é que você estudará com a tecnologia utilizada pelo mercado de Engenharia Civil. Um exemplo é o TQS — software utilizado pelas construtoras para planejar e gerenciar projetos de concreto armado e protendido.

Você também estudará com profissionais conceituados, como Ricardo Amorim, Paulo Cunha e Marcelo Castelli. Esses especialistas participam do projeto Aula Destaque, compartilhando seus conhecimentos e experiências em aulas gratuitas e online para os nossos alunos. É uma chance de conhecer o mercado e as oportunidades.

Estude na Anhanguera!

Então, se você quer aproveitar as oportunidades do mercado da Engenharia Civil, o começo da sua jornada é o curso da Anhanguera. Aqui, você receberá uma formação alinhada às tendências e será um profissional inserido na tecnologia da área.

Inscreva-se agora mesmo no vestibular e dê o primeiro passo para mudar de vida!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.