Passo a passo: consulte se um curso é reconhecido pelo MEC

A faculdade pode abrir muitas portas na vida profissional de um estudante. No entanto, não é qualquer curso que é visto com bons olhos por recrutadores no mercado de trabalho. Para que um diploma de graduação seja aceito, e a formação realmente garanta um bom preparo, é essencial que o curso seja credenciado ao Ministério da Educação (MEC).

O órgão máximo da educação brasileira precisa analisar as instituições de ensino e as propostas de curso, uma por uma, para averiguar a existência de irregularidades e fiscalizar continuamente a qualidade da formação. Por isso, vale a pena aprender a consultar cursos reconhecidos pelo MEC, concorda? Quer saber como? Continue a leitura!

Como consultar cursos reconhecidos pelo MEC?

Abaixo, veja um breve passo a passo de como consultar cursos reconhecidos pelo MEC de forma bem simplificada!

Acesse o portal e-MEC

Primeiro, acesso o portal e-MEC, que é a plataforma virtual com dados oficiais de todo o sistema de ensino superior do Brasil. Além de disponibilizar informações sobre as faculdades reconhecidas pelo MEC, o portal também tem um acervo sobre as instituições extintas.

Clique em “Consulta avançada”

Para consultar cursos reconhecidos pelo MEC e que estão em atividade atualmente, você precisa clicar na aba “Consulta Avançada“, no menu superior. A página carregará um formulário com vários campos a serem preenchidos, sendo obrigatório o preenchimento de pelo menos um deles.

Busque pela instituição ou curso

Você pode buscar por instituição de ensino ou curso. Para quem já sabe a profissão dos sonhos e quer saber onde estudar na sua cidade ou região, a segunda opção é mais indicada. Então, escolha “Curso de Graduação” no campo “Buscar por“. Depois, preencha o nome do graduação em “Curso“, por exemplo, Direito.

Selecione o estado e o município

Depois, selecione a Unidade Federativa (UF) e aguarde alguns segundos para que o portal carregue a lista de municípios. Em seguida, escolha a cidade em que você deseja estudar. Para facilitar a localização, clique na caixa de seleção e digite, no seu teclado, as três primeiras letras da cidade.

Preencha os demais filtros desejados

Você pode preencher os demais filtros, caso queira especificar mais algum aspecto. Por exemplo, é possível refinar a busca por Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo ou, ainda, indicar se está buscando cursos a distância ou presenciais.

Coloque o código de verificação

Por último, coloque o código de verificação — que é de preenchimento obrigatório — conforme o texto que aparecerá na imagem. Em seguida, é só clicar em “Pesquisar” para visualizar os resultados. A lista que aparecerá logo abaixo é a de cursos reconhecidos pelo MEC, dentro das especificações indicadas.

Ao clicar no símbolo de lupa que fica no canto esquerdo da linha correspondente ao curso, você será levado a uma outra tela com informações mais detalhadas. Ali, consta o endereço da faculdade, todas as notas em índices de avaliação do MEC, entre outros dados.

Qual é a importância do reconhecimento do curso?

Para ser reconhecida pelo MEC, a instituição de ensino superior precisa solicitar o credenciamento e a autorização para iniciar a oferta dos cursos de graduação. Então, o órgão realiza uma série de vistorias e fiscalizações para ter certeza de que o curso e a própria faculdade são, de fato, adequados para a formação de futuros profissionais.

Só por aí, já dá para você perceber a importância do reconhecimento do curso pelo MEC, não é? Essa é uma garantia de que a faculdade está preparada para proporcionar um ensino minimamente aceitável. Veja uma breve explicação dos principais motivos para você sempre conferir cursos e faculdades reconhecidas pelo MEC!

Qualidade do curso e da instituição

Como dissemos, o MEC avalia a instituição e o curso antes de reconhecê-los. Além disso, durante todo o período em que a faculdade estiver funcionando, ela passará por fiscalizações periódicas do órgão. Com base nisso, são atribuídos conceitos de qualidade.

As notas do MEC variam de 0 a 5, sendo que resultados a partir de 3 são considerados satisfatórios. Veja quais são as avaliações:

  • Conceito Preliminar de Curso (CPC) — o CPC é atribuído por fiscais do MEC, que avaliam o corpo docente, a infraestrutura da faculdade, os recursos didático-pedagógicos da instituições, a qualidade do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), entre outros aspectos;
  • Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) — o IGC representa a média dos últimos 3 CPCs, levando em conta todos os cursos presenciais e da modalidade EAD, além da avaliação de programas de pós-graduação. Então, é o indicador de qualidade do MEC mais completo;
  • Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) — o Enade é o exame que avalia o desempenho dos estudantes de ensino superior de acordo com suas áreas de conhecimento e eixos tecnológicos.

Em relação ao Enade, uma boa nota dos estudantes no curso de Psicologia ou no curso de Engenharia Civil aqui da Anhanguera, por exemplo, mostra que estamos proporcionando um ótimo aprendizado a nossos alunos.

Validade do diploma

Além de estar constantemente sob avaliação do MEC, as instituições credenciadas pelo MEC também são vantajosas pois fornecem diplomas válidos em quaisquer situações. Isso quer dizer que, em um processo seletivo — não importa para qual área, empresa ou mesmo localidade — o seu diploma será reconhecido.

Já quando o documento não é emitido por faculdades aprovadas pelo MEC, fica a critério do recrutador aceitar ou não. E, como você pode imaginar, há grandes chances de que a resposta seja negativa. Afinal, como confiar em uma formação que não é regulamentada?

Bolsas e financiamentos governamentais

Por fim, as faculdades aprovadas pelo MEC podem participar de programas governamentais de incentivo ao acesso e permanência no ensino superior. É o caso do Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas de estudo integrais (100%) ou parciais (50%), e do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), com linhas de crédito exclusivas.

Aqui na Anhanguera, além de poder utilizar o FIES ou entrar na graduação com uma bolsa do Prouni, temos ainda outras facilidades. Por exemplo, você pode utilizar o Parcelamento Estudantil Privado (PEP) para parcelar até 70%* do seu curso com juros zero e começar a pagar somente após a formatura!

Enfim, como você viu, consultar cursos reconhecidos pelo MEC é bastante simples, basta seguir o passo a passo deste post. As vantagens de ter esse cuidado ao escolher a sua faculdade são muitas, afinal, o credenciamento no MEC é a primeira pista de que a instituição de ensino é confiável e de qualidade.

E você já deve imaginar que a Anhanguera conta apenas com cursos credenciados ao MEC, não é mesmo? Afinal, temos um compromisso com o seu futuro e prezamos pela qualidade do ensino, trabalhando com um corpo docente especializado e uma infraestrutura adequada para cada área!

Mas então, as dicas ajudaram? Então, compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais e ajude a divulgar essas importantes informações para quem quer começar o ensino superior!

*Sujeito à alteração.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.