Nota do MEC: o que é e o que diz sobre a faculdade?

nota-do-mec

Muitos fatores são importantes para analisar a qualidade de uma faculdade e um curso superior. Nesse contexto, a nota do MEC (Ministério da Educação) deve ser um dos principais pontos de atenção para fazer uma escolha acertada.

Isso porque ter o reconhecimento e, principalmente, o aval do MEC para existir prova se o ensino, a estrutura física e do corpo docente da faculdade estão em um nível adequado, por exemplo. Portanto, esse é um forte indicador de excelência para as instituições.

Quer entender o que a nota do MEC diz sobre as faculdades que você têm analisado e fazer a melhor escolha para seu futuro? Veja tudo isso a seguir, descubra até mesmo como ela é calculada e saiba como ter acesso à avaliação da IES!

O que é a nota do MEC?

A nota do MEC é o resultado de uma avaliação feita para verificar a capacidade e as condições que cada Instituição de Ensino Superior (IES) tem de formar novos profissionais. Ela também serve como referência para que os alunos tenham bons parâmetros ao escolher a melhor opção para seu futuro.

Como ela é calculada?

A certificação de cada IES é feita por meio de um processo realizado pelo MEC, de modo que vários aspectos passam por diferentes avaliações, resultando em um relatório geral.

Seguindo o modelo de análise do Sistema Nacional de Avaliação da Educação superior (Sinaes), há três principais aspectos que são avaliados para formar a nota do MEC. São eles: a faculdade no geral, seus cursos e o desempenho dos estudantes.

Dentro desses macros, ainda são levados em conta outros pontos, como o projeto pedagógico dos cursos, a qualificação dos professores e a gestão da instituição. No caso, tudo isso é analisado em diferentes etapas — o que você entenderá melhor a seguir!

Enade

O Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) avalia a performance dos alunos dos cursos de graduação. Os estudantes do primeiro e do último ano dos cursos selecionados precisam realizar uma prova que verifica se os conhecimentos necessários para essa formação estão sendo devidamente compreendidos.

Com essa estratégia, o MEC consegue perceber as diferenças entre os alunos que estão ingressando na graduação e os que estão concluindo. Como os cursos são avaliados de três em três anos, também é possível perceber mudanças entre os concluintes que participam de diferentes edições da prova.

Conceito preliminar do curso (CPC)

O CPC verifica a qualidade dos cursos superiores. Esse é um cálculo que considera o resultado da avaliação de desempenho dos estudantes, ou seja, o Enade, e outros aspectos, como a infraestrutura, satisfação dos alunos, o corpo docente, entre outras. Essas questões auxiliam a identificar quais são as melhores faculdades.

Os cursos recebem notas preliminares que vão de 1 a 5. Aqueles que receberem conceito 1 ou 2 devem, obrigatoriamente, receber uma visita de analistas do MEC. Já os que são avaliados com nota 3 são considerados regulares, enquanto os de nota 4 ou 5 são considerados os cursos mais recomendados.

Conceito de Curso (CC)

Essa nota é atribuída por meio de análise presencial do curso, que é realizada por uma equipe de especialistas do Ministério da Educação. Ela também pode alterar ou validar a nota do CPC. Aquelas graduações que tiveram notas 1 e 2 no Conceito Preliminar do Curso são incluídas no cronograma de avaliação in loco automaticamente.

No caso dos cursos com conceito igual ou acima de 3, eles podem escolher não receber a visita dos avaliadores — o que permite converter seu CPC em Conceito de Curso, que é permanente.

Índice geral de curso (IGC)

O IGC avalia as universidades, os centros universitários, as faculdades e demais instituições de Ensino Superior. O cálculo leva em conta os resultados das avaliações dos cursos de graduação e dos programas de pós-graduação stricto sensu, — que são os mestrados e doutorados —, durante o período dos últimos três anos, além de confirmar o número total de alunos nesses cursos.

A partir desses critérios, chega-se a uma nota que pode variar de 1 a 5. Notas acima de 3 são consideradas satisfatórias, porém abaixo disso são um alerta sobre a qualidade da instituição.

Conceito Institucional (CI)

A cada ciclo de avaliação, as instituições de ensino são avaliadas presencialmente. Os avaliadores devem atribuir um Conceito Institucional, considerando os elementos da visita e os IGCs das instituições.

Para tal, é feita uma avaliação interna e outra externa. A primeira etapa é dirigida por uma comissão própria de cada instituição, sendo que a segunda é realizada por comissões designadas pelo Governo.

Qual a importância da nota do MEC para a faculdade?

A nota do MEC é fundamental para a faculdade, uma vez que ela é o grande referencial para que os estudantes tenham como avaliar a qualidade de um curso. Portanto, é importante que o conceito seja alto, demonstrando o nível do ensino oferecido pela instituição — atraindo novos alunos.

Com os dados disponibilizados por essa avaliação, a faculdade ainda pode investigar quais são seus pontos fortes e fracos. Isso a ajuda a descobrir exatamente onde precisa investir para proporcionar melhores condições aos seus alunos.

Além de medir a qualificação desses critérios citados, a nota do MEC prova que a instituição está credenciada ao Ministério. Confirmar isso evita que você tenha que passar por constrangimentos e que sua carreira seja barrada por uma irregularidade da faculdade, tendo seu diploma invalidado.

Como ter acesso à avaliação da IES?

Depois de conhecer a importância da avaliação do MEC, é necessário saber como ter acesso aos dados. Quando algumas instituições apresentam resultados são excelentes, é comum que a notícia seja propagada por muitas páginas.

Porém, caso essa informação não esteja facilmente disponível, o melhor caminho é acessar o site do MEC ou conferir a condição de regularidade das instituições na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas EducacionaisAnísio Teixeira (Inep).

Assim, você pode fazer a consulta textual que permite conhecer as pontuações atingidas por cada curso em todos os índices que são analisados. Todos os dados relevantes estão disponíveis para o estudante, que pode fazer uma escolha com base em informações concretas.

Entender o funcionamento da nota do MEC é fundamental para orientar a escolha do curso superior, já que ela indica as principais qualidades e os pontos fracos de cada curso e faculdade. Portanto, no momento de escolher onde fará a sua graduação e “em quais mãos” colocará o seu futuro, lembre-se de pesquisar e avaliar bem esse fator!

Conseguiu compreender todas as principais informações sobre a proposta do MEC e qual é a sua importância para que você identifique as melhores faculdades? Então, aproveite para deixar o seu comentário sobre o assunto e tirar mais dúvidas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.9 / 5. Número de votos: 18

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content