Avaliação do MEC: quais critérios são usados para dar nota?

avaliação do mec

Se você deseja ingressar no ensino superior, saiba que é fundamental verificar qual é a avaliação do Ministério da Educação (MEC) para o curso que você pretende fazer. Mas você sabe quais são os aspectos analisados e onde encontrar a nota?

Atualmente, é possível verificar o status de cada graduação, faculdade e desempenho estudantil, tudo por meio do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). A verificação considera uma série de requisitos, desde a habilitação do corpo docente até as instalações físicas de cada instituição.

Continue acompanhando e entenda o que é a avaliação do MEC e quais são os principais critérios utilizados para a definição das notas. Confira a seguir!

Qual a importância de escolher uma faculdade com boa nota no MEC?

A avaliação do MEC tem o objetivo de assegurar que os estudantes tenham acesso a informações sobre a qualidade de um curso de nível superior, podendo fazer uma escolha mais consciente e baseada em determinados critérios. Por meio da nota, por exemplo, é possível verificar se a faculdade tem condições de oferecer os diferentes graus de ensino, como Bacharel, Licenciatura e Tecnólogo.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é um órgão federal vinculado ao MEC e, atualmente, responsável por avaliar as instituições do país. Basicamente, a nota estipulada funciona como um referencial para que as faculdades possam realizar melhorias em relação às graduações oferecidas, considerando a qualidade do corpo docente e da infraestrutura disponível aos alunos.

Além disso, os resultados da avaliação do MEC também servem como base para a criação de políticas públicas na área da educação superior, disponibilizando dados referentes à realidade dos cursos e das instituições de ensino.

Quando a faculdade apresenta notas baixas e desempenho acadêmico insuficiente, o MEC pode, por exemplo, pedir a suspensão dos vestibulares e dos processos de abertura para novas vagas. Os cursos também podem sofrer sanções caso não atendam aos critérios exigidos pelo órgão, tornando inviável a continuidade da habilitação.

Aqui na Anhanguera, todas as nossas graduações presenciais e a distância têm reconhecimento e autorização do MEC para funcionar. Oferecemos aos estudantes um sistema de ensino diferenciado e apoio personalizado para cada fase da sua formação acadêmica. Ainda, é possível contar com a avaliação continuada em cada atividade que você desenvolve ao longo do curso e acompanhar regularmente o seu esforço e o seu desempenho estudantil.

Quais são os critérios utilizados para avaliar os cursos superiores do país?

O primeiro passo que uma instituição de ensino superior deve tomar para funcionar de forma regular é solicitar o credenciamento do MEC. A autorização é imprescindível para que os alunos tenham acesso a uma educação de qualidade e, também, para que seus diplomas sejam reconhecidos.

A renovação deve ser feita a cada 3 anos, tendo por base três principais indicadores para compor a nota final de cada curso. Veja a seguir como funciona a nota do MEC e quais são os critérios avaliados pelo órgão.

Enade

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é uma avaliação aplicada a uma parcela de graduandos que estão próximos de concluir os estudos na faculdade. O objetivo da prova é, justamente, avaliar os conhecimentos adquiridos nas disciplinas, assim como as habilidades desenvolvidas ao longo da graduação.

O Enade abrange tanto o Sinaes quanto a avaliação acadêmica e institucional de cada faculdade. Os resultados são utilizados como base para o cálculo dos principais indicadores de qualidade da educação superior no país. Para ter acesso ao conceito Enade de cada instituição, basta acessar o site do Inep e verificar as notas da média dos alunos selecionados para a prova.

CPC

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) é realizado no ano seguinte ao da realização do Enade, utilizando como base o desempenho dos estudantes e os critérios referentes às condições de oferta das faculdades, como corpo docente, infraestrutura e recursos pedagógicos utilizados.

A nota do CPC varia de 1 a 5, sendo que tanto os cursos presenciais quanto a distância são considerados para a avaliação do MEC. O CPC é calculado anualmente, e os resultados de cada instituição de ensino podem ser acessados no portal do e-MEC. Assim, quanto mais próxima a nota for de 5, melhor deve ser a qualidade da graduação.

IGC

Já o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) é o mais completo dos três indicadores divulgados pelo Inep. Isso porque ele representa a avaliação das faculdades de educação superior, levando em consideração principalmente o CPC dos cursos analisados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores.

A nota do IGC também vai de 1 a 5, sendo divulgado a cada 3 anos. Para acessar os resultados de cada instituição de ensino, basta acessar o e-MEC, completar os dados solicitados e verificar a situação da graduação pretendida.

Para consultar a nota dos cursos, você pode entrar diretamente no site da faculdade e buscar a informação que comprove o reconhecimento do MEC. No entanto, a fonte mais confiável para obter a avaliação é por meio do site do e-MEC. A consulta é pública e gratuita, e o estudante deve seguir o seguinte passo a passo:

  • acesse a aba “consulta avançada” e preencha os campos com as informações solicitadas;
  • em “buscar por”, selecione a opção “instituição de ensino superior”;
  • no campo “nome ou sigla da instituição”, insira o nome da faculdade;
  • após, digite o estado e o município da instituição de ensino;
  • no campo “situação”, selecione a opção “ativa”;
  • por fim, digite o código de verificação e clique em “pesquisar”.

Lembre-se de que as notas do MEC vão de 1 a 5, sendo que 1 e 2 significa que a graduação não atende aos critérios de qualidade estipulados pelo órgão, e notas acima de 3 são consideradas satisfatórias.

Entendeu por que a avaliação do MEC é de suma importância no momento de optar por uma faculdade? Esta fase pode ser especialmente importante para quem saiu do ensino médio e ainda está perdido em relação à escolha do curso superior. Portanto, conhecer separadamente cada um dos indicadores é um diferencial e tanto para garantir que você terá acesso a uma experiência acadêmica de qualidade e de excelência.

Gostou do conteúdo? Então, confira também quais são as opções de bolsas, benefícios e convênios que a Anhanguera oferece para os alunos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content