Trabalho acadêmico: como funciona na prática?

estudante fazendo trabalho acadêmico

Quando chegamos ao primeiro ano da faculdade, surgem muitas preocupações que até então não tínhamos com relação à formatação da entrega de nossas tarefas. Uma delas é com relação às normas exigidas para a redação do trabalho acadêmico.

Isso porque a faculdade segue regras importantes dentro da missão da educação superior, que gira em torno do ensino, pesquisa e extensão. Sendo assim, o trabalho acadêmico é um trabalho científico, que poderá ser utilizado de diferentes formas, muito além de avaliar o conhecimento e terminar com uma nota atribuída.

Para ter uma ideia, com um trabalho acadêmico de qualidade, você pode até representar a faculdade em fóruns internacionais. Que peso seu currículo vai ganhar depois disso, não é mesmo?

Então, para que você entenda melhor como funciona e quais são as regras de um trabalho acadêmico na graduação, navegue pelos tópicos abaixo e descubra tudo neste post que preparamos aqui na Anhanguera:

  • o que é um trabalho acadêmico;
  • de que forma ele é cobrado na faculdade;
  • qual é sua relação com as normas da ABNT;
  • o que é preciso para entregar um trabalho de qualidade.

Aproveite a leitura e bons estudos!

O que é um trabalho acadêmico?

O trabalho acadêmico é um tipo de texto escrito para faculdades e instituições de pesquisa em torno de um tema, com regras previamente estabelecidas, as quais seguem, pelo menos, 4 premissas básicas. São elas:

  • organização: as ideias são organizadas em uma ordem ou estrutura formal;
  • desenvolvimento das ideias: achismos não são permitidos, já que a escrita do trabalho acadêmico se baseia em teorias e em causas de um determinado assunto. Vale lembrar que hipóteses, sugestões e soluções podem ser inseridas, desde que embasadas teoricamente;
  • referências: todo argumento deve ser apoiado por referências da literatura acadêmica;
  • tom de voz: a escrita acadêmica segue um tom de voz específico, que usa linguagem em terceira pessoa, concisa, formal e objetiva, de acordo com a norma culta ― convenções tradicionais de pontuação, gramática, ortografia, concordância etc.

De que forma ele é cobrado na faculdade?

Toda instituição de ensino superior costuma ter um manual de estilo para trabalhos acadêmicos. Ali, estão contempladas as regras para formatação, apresentação das ideias e registro das referências bibliográficas. Na Anhanguera, podemos citar este exemplo de manual para elaboração de trabalhos acadêmicos, desenvolvido pela turma de 2007 da Anhanguera Jundiaí e que segue as regras da ABNT.

Em geral, as regras de um trabalho acadêmico seguem seguintes características.

Estrutura

A estrutura de um trabalho acadêmico tem uma estrutura básica com 4 itens:

  1. Introdução: como o nome indica, esta é abertura do trabalho, na qual você explicará rapidamente seus objetivos.
  2. Desenvolvimento: é o corpo do trabalho acadêmico, a parte mais importante. É no desenvolvimento que você vai explicar o trabalho, inserir argumentos, imagens, gráficos etc.
  3. Conclusão: é um resumo do que foi dito e pode ser opinativo. Muitas instituições preferem chamar de “Considerações Finais”, por entenderem que um trabalho acadêmico de graduação não esgota o assunto.
  4. Referências: livros, revistas, jornais, entrevistas, sites, artigos, material audiovisual etc. de onde você retirou as informações presentes em seu trabalho.

Partes secundárias

Trabalhos maiores, como uma Monografia ou Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), incluem partes secundárias que devem ser anexadas à formatação, obrigatoriamente ou de maneira opcional. São elas:

  • cabeçalho;
  • dedicatória;
  • folha de aprovação;
  • folha de rosto;
  • listas (de imagens, de gráficos, de siglas etc.);
  • notas de rodapé;
  • números de páginas;
  • resumo em idioma estrangeiro;
  • índice.

Vale dizer que o trabalho acadêmico varia de tamanho, podendo ser composto inclusive por textos curtos, que recebem diferentes nomes, como: artigo, resumo, fichamento, produção textual, entre outros.

Formatação

A formatação é outro ponto importante. O objetivo é padronizar a entrega dos trabalhos, para que, se publicada, possa ser consultada por leitores, nacional e internacionalmente.

Então, os manuais de estilo trazem várias regras de formatação de trabalhos acadêmicos. Por exemplo:

  • formatação de capa;
  • tamanho de fontes para títulos, subtítulos, texto corrido, notas de rodapé etc.;
  • numeração de capítulos e de subcapítulos;
  • espessura das margens superiores, inferiores e laterais;
  • escrita das referências bibliográficas.

No caso das disciplinas a distância, o padrão de formatação normalmente segue o mesmo para trabalhos formais. Contudo, quando o aluno vai participar de fóruns e de debates, nos quais deverá publicar comentários e ideias diretamente na plataforma de estudos, é seguido o padrão do texto da plataforma.

Qual é sua relação com as normas da ABNT?

A faculdade é um ambiente de educação formal dedicado à sua capacitação profissional. Além disso, é um espaço científico com contribuições muito importantes para a sociedade. Por isso, todos os trabalhos e pesquisas realizados têm um cunho científico e precisam ser registrados de maneira altamente padronizada. É aí que entra a relação entre o trabalho acadêmico e a ABNT.

ABNT é a sigla para Associação Brasileira de Normas Técnicas. Esta é uma entidade sem fins lucrativos que foi criada em 1940 com o objetivo de estabelecer medidas, procedimentos e regras utilizados por diversos setores produtivos, como comércio, indústria e prestação de serviços. Nesse rol estão os trabalhos acadêmicos.

Mas por que ela é tão importante para a faculdade? A ABNT é filiada a organizações como a ISO (International Organization for Standardization ― Organização Internacional de Normalização), responsável por oferecer as cobiçadas “certificações ISO”, que conferem qualidade às empresas, logo, os trabalhos acadêmicos precisam seguir tais regras.

Entre os objetivos de utilizar as normas da ABNT estão:

  • facilitar a comunicação;
  • dar relevância à pesquisa acadêmica;
  • respeitar direitos autorais e evitar plágio;
  • proporcionar segurança das informações;
  • garantir padrão estético para facilitar consulta e impressão;
  • padronizar informações bibliográficas.

O que é preciso para entregar um trabalho de qualidade?

Para entregar um trabalho acadêmico de qualidade, você deve, em primeiro lugar, observar tudo o que falamos acima. Mas não basta só isso. Então, separamos este pequeno checklist para você se destacar em suas produções.

Pratique redação

Quanto mais você ler e escrever, mais suas habilidades de redação serão aprimoradas. Ler também ajudará você a entender como estruturar seus documentos.

Estruture bem seu texto

Não saia escrevendo. Antes, é preciso realizar pesquisas a fim de coletar informações para apoiar seus argumentos. Além disso, divida bem cada tópico, assunto, capítulos e subcapítulos. Por fim, organize um rascunho das ideias.

Tenha clareza e objetividade

Não tente “falar bonito”, nem enrole demais ou fique se repetindo. Os pontos que você focará durante a escrita devem ser claros e fáceis de entender.

Use um tom e estilo formais

Não utilize gírias e expressões populares, a menos que o contexto permita. Em geral, mantenha um tom de formalidade, com escrita em ordem direta e sem adjetivos.

Dê credibilidade ao seu texto

Além de não patinar no português, recorde-se de embasar teoricamente todos os seus argumentos. Não invente estatísticas nem referências bibliográficas. Para o professor, é muito fácil perceber quando o aluno não usou evidências sólidas.

Revise seu texto antes de entregar

A revisão não é apenas para conferir ortografia e gramática. Essa observação cuidadosa é útil para evitar conflitos de linguagem que prejudiquem o que você está dizendo.

Por último, mas não menos importante, saiba que cada trabalho acadêmico pode ser um pequeno “tijolo” do seu TCC ou de projetos ainda maiores, como o início da carreira acadêmica. Então, utilize suas produções como fonte para demonstrar seus potenciais, pois elas poderão projetar você a excelentes empreendimentos.

Aproveitando a deixa, você sabia que o trabalho acadêmico pode levar você para a área da pesquisa? Então, fique conosco mais um pouco e leia este artigo sobre a importância da Iniciação Científica na formação acadêmica!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 14

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.