Tipos de advogado: veja qual deles tem maior relação com você

tipos de advogados

A área do Direito é uma das mais desejadas por quem pensa em começar uma nova carreira. Os principais atrativos são a boa oferta de vagas, a remuneração atrativa e as diferentes possibilidades de atuação, que agradam a profissionais com gostos diversos.

Neste artigo, você vai conhecer os tipos de advogados e os outros caminhos que um Bacharel em Direito pode seguir na carreira. Também vai saber o que é necessário para começar na profissão e por que escolher Direito. Boa leitura!

Quais são as áreas de atuação do Direito?

As atuações do advogado são muito diversas. A advocacia, mais conhecida, é somente uma entre tantas possibilidades. Confira, a seguir, as principais áreas de atuação de quem se forma em Direito!

Magistratura

Essa é uma das carreiras mais cobiçadas no meio do Direito. Dentre as obrigações do juiz, está a de julgar demandas judiciais, buscar agilidade na resolução de divergências e conflitos de interesses e reprimir atos contra a dignidade humana por meio da Justiça.

Para se tornar juiz, o Bacharel em Direito deve prestar concurso público e ter atuado por, pelo menos, 3 anos na área jurídica. 

Promotoria

O promotor é um funcionário público, contratado pelo Ministério Público, e tem a obrigação de defender os interesses da sociedade. É possível atuar em diferentes esferas do Direito quando se escolhe essa forma de atuação.

Para ser promotor, é preciso prestar concurso público e ser aprovado em provas de título.

Procuradoria

O procurador é o profissional do Direito que ocupa um cargo hierarquicamente superior ao do promotor. As suas funções são parecidas — defender os interesses do Estado e da sociedade —, porém sua atuação se dá em órgãos superiores.

Para se tornar procurador, o advogado precisa ter pelo menos dois anos de experiência antes de prestar concurso público para o cargo.

Defensoria Pública

O defensor público é o profissional que defende os interesses dos cidadãos que não podem pagar por um advogado para seus processos. Assim como o procurador e o promotor, o profissional é um funcionário público, mas a sua obrigação é defender os interesses do seu cliente — e não do Estado ou da sociedade.

Advocacia

A advocacia, como já falamos, é a mais conhecida das atuações do Bacharel em Direito, apesar de não ser a única. Dentro da área, é possível atuar no setor público ou privado. A depender do caso, as suas obrigações serão defender os interesses do Estado ou dos seus clientes.

Ainda dentro da advocacia, é possível atuar de forma consultiva ou contenciosa. O advogado consultor é aquele que tem uma função preventiva. Ou seja, evita o contencioso. Este profissional, por sua vez, é aquele que atua efetivamente no judiciário e está em contato direto com processos e audiências.

Quais são os tipos de advogados?

O advogado que está descobrindo como entrar no mercado de trabalho deve, primeiro, escolher uma área de atuação. Assim, é possível focar os seus esforços e conhecimentos na área escolhida, tornando-se um profissional preparado para defender os interesses do seu cliente.

A seguir, confira os principais tipos de advogado! Com certeza, você vai se identificar com algum deles.

Advogado civil

O Direito Civil é uma das áreas mais procuradas — e, portanto, a que tem o maior número de advogados atuantes. Isso acontece porque ela envolve questões relacionadas ao cotidiano das pessoas

O Direito Civil é dividido em outras áreas, como o Direito de Família, Contratos, Sucessões etc. O advogado que trabalha nessa área recebe, em média, um salário de R$ 4.389,04*, que corresponde a uma jornada de 41 horas semanais de trabalho. 

Por ter muita procura, o mercado de trabalho tem uma demanda mais restrita. Entre fevereiro de 2020 e 2021, houve uma queda de mais de 30% nas contratações formais.

Advogado penal

Outro tipo de advogado é o penal, que atua em casos que envolvem crimes que colocam a sociedade em risco ou infringem a lei. O objetivo do profissional é defender o seu cliente de falsas acusações, ou caso ele seja culpado, tentar reduzir a sua pena. O advogado penal também pode atuar na assessoria de vítimas.

O salário médio desse profissional é de R$ 5.225,32*, mas esse valor pode passar de R$ 14.000, a depender do nível de experiência. 

Advogado administrativo

O advogado administrativo é aquele que atua na área do Direito Público, trabalhando com a legislação e as regras referentes ao funcionamento dos órgãos da administração pública. Em sua atuação, porém, ele também pode defender pessoas físicas. O mais comum é que isso aconteça em casos de indenizações ou de multas.

A média salarial desse profissional no Brasil é de R$ 5.471,05*. As empresas que mais contratam esse tipo de advogado são aquelas que prestam serviços advocatícios e de administração pública em geral.

Advogado trabalhista

O advogado trabalhista é aquele que se envolve em questões que afetam as relações entre funcionários e patrões. Seu objetivo é resguardar os direitos de ambas as partes e garantir que todos cumpram com suas obrigações. Esse tipo de advogado também pode auxiliar na elaboração de contratos.

O salário médio do advogado trabalhista é de R$ 5.812,40*. Essa é uma área que tem uma demanda restrita de novas vagas. Entre fevereiro de 2020 e o mesmo mês de 2021, houve uma queda de mais de 50% no número de contratações formais. 

Advogado constitucionalista

O Direito Constitucional é aquele que se dedica à interpretação de normas constitucionais, que servem como base para os demais ramos do Direito — afinal, todas as leis e códigos buscam legitimidade na Constituição Federal. Faz parte das atividades desse tipo de advogado a elaboração de pareceres e de opiniões legais sobre constitucionalidade de leis ou atos.

A forma mais comum de ingressar nesse mercado de trabalho é por meio de concurso público, porém, há empresas que contratam advogados especialistas em Direito Constitucional. O salário médio desse profissional é de R$ 5.471,05*. No serviço público, no entanto, os valores são mais atrativos, com ganhos iniciais em torno de R$ 17.000.

Advogado de relações internacionais

O advogado internacional é o profissional que oferece apoio jurídico a instituições que têm que lidar com relações exteriores. Dentro dessa área de atuação, é possível trabalhar com imigração, importação e exportação, casamento e outras situações envolvendo pessoas estrangeiras.

Apesar do que muita gente pensa, essa é uma área com variadas possibilidades de atuação e boas oportunidades no mercado de trabalho. As situações que demandam esse tipo de advogado são comuns e, às vezes, é necessário contratar grandes escritórios, mas também há boas oportunidades para advogados autônomos. 

O salário médio do advogado internacional no Brasil é de R$ 6.656,99.*

Advogado ambiental

Esse tipo de advogado é o que atua em casos que envolvam o meio ambiente e todas as suas leis e regulamentações. O principal objetivo desse profissional é encontrar um equilíbrio entre a proteção ambiental e o desenvolvimento do capitalismo, garantindo que todas as interferências sejam feitas dentro da lei.

O salário médio do advogado ambientalista no Brasil é de R$ 6.656,99.* A demanda por esse profissional é crescente no país — entre fevereiro de 2020 e janeiro de 2021, houve um aumento de 58% nas contratações formais. 

Advogado comercial

O Direito Comercial é um ramo do direito privado que visa regulamentar as relações que acontecem no âmbito comercial, ou seja, as atividades empresariais. A área também é chamada de Direito Empresarial. Esse tipo de advogado lida com casos que envolvem organização de empresas, sociedades, atividades financeiras e encerramento de negócios, por exemplo.

O salário médio do advogado comercial no Brasil é de R$ 6.329,79.* A demanda por esse profissional no mercado de trabalho tem se tornado mais restrita. Entre 2020 e 2021, as contratações formais diminuíram cerca de 30%.

Advogado digital

A expansão da cultura digital fez surgir um novo ramo do Direito, que trata as atividades que acontecem na internet. Apesar de ser uma área relativamente nova, o Direito Digital já conta com algumas regulamentações, como o Marco Civil da Internet, e, mais recentemente, a Lei Geral de Proteção de Dados, conhecida como LGPD.

Por ser uma área em ascensão, a especialização em Direito Digital traz grandes oportunidades para o advogado.

Como se tornar advogado?

Para ser advogado, o primeiro passo é fazer o curso de Direito. Depois, é preciso ser aprovado no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que é o órgão que regulamenta as atividades da categoria no país. A pessoa que conclui o curso e não passa no exame é considerada apenas Bacharel em Direito, e não advogada.

Estude Direito na Anhanguera!

Ficou convencido de por que escolher Direito? O curso de Direito aqui da Anhanguera vai preparar você não só para a provação no exame da OAB, mas também para atuar em um mercado de trabalho muito concorrido e promissor. Os nossos alunos podem colocar em prática os ensinamentos da sala de aula em um escritório-escola, no juizado especial e no nosso núcleo de práticas jurídicas. Com um preparo desses, você vai ser o tipo de advogado que quiser!

Inscreva-se no nosso vestibular e comece a dar os primeiros passos na direção desse sonho!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content