Psicologia é da área de Humanas ou Biológicas? Entenda

psicologia é da área de humanas ou biológicas

Já se perguntou se Psicologia é da área de Humanas ou Biológicas? Pois saiba que essa é uma dúvida que divide (e muito) as pessoas. Há quem bata o pé e afirme que se trata de um curso de Humanas porque há um vasto estudo sobre a construção da sociedade e o papel do homem nela. Já outros dizem bastante seguros que essa é, na verdade, uma graduação de biológicas, porque forma profissionais que vão atuar no mercado da saúde.

E aí, quem será que está certo nessa queda de braço? Foi para responder a essa questão que preparamos este post. Acompanhe até o fim e descubra mais detalhes sobre o curso!

O que pode categorizar o curso de Psicologia como de Humanas?

No processo de escolher a faculdade ideal, descobrimos que Psicologia tem uma grade curricular composta por diversas matérias que exploram teorias e conceitos dos pontos de vista social, antropológico, cultural, geopolítico e histórico sobre o que é o indivíduo e o coletivo. A partir daí, se aprofundam em como essas definições moldam diretamente o comportamento humano.

Para sanar a sua curiosidade, listamos alguns dos principais conteúdos dessa formação, mostrando qual o objetivo de cada um deles. Fique atento:

  • Psicologia e Comunidade: discute os contextos que levam à formação das comunidades, o reconhecimento do ser humano social e os aspectos psicossociais de uma sociedade segmentada em grupos;
  • Psicologia e Políticas Públicas: debate o processo de criação, implementação e alteração das políticas públicas do nosso país. Além disso, aborda como elas contribuem ou dificultam o fortalecimento do sistema de saúde nacional, o avanço dos direitos humanos e o aperfeiçoamento da sociedade;
  • Psicologia Social: apresenta as teorias e os principais pensamentos de grandes cientistas e psicólogos que caracterizam os aspectos socioculturais que definem o Brasil, a América Latina e as divisões culturais marcantes das nações ocidentais;
  • Desenvolvimento Humano: fala do nosso desenvolvimento ao longo da história e as influências do meio social no aprendizado, no desenvolvimento da inteligência, nas relações interpessoais e no reconhecimento de patologias e disfuncionalidades.

O que pode categorizar o curso de Psicologia como de Biológicas?

O que leva muita gente a pensar que Psicologia é de Biológicas é que essa formação tem várias disciplinas que abordam aspectos biológicos e fisiológicos do corpo humano. Elas os relacionam com o estudo da mente, a avaliação do comportamento, o aprendizado sobre as psicopatologias e o uso de fármacos para o tratamento de transtornos mentais.

Isso é algo presente (e recorrente) em todo o curso. Abaixo, nós mostramos algumas dessas matérias para você saber de antemão as Aulas Destaque que terá na faculdade. Veja:

  • Bases Biológicas do Comportamento: aprofunda o seu conhecimento sobre a estrutura e o funcionamento do sistema nervoso. Elas mostram como ele está relacionado aos processos cognitivos, aos comportamentos inatos e aprendidos, às características fisiológicas e ao desenvolvimento de transtornos mentais;
  • Neuroanatomofisiologia: mostra aos alunos os processos neurobiológicos do sistema nervoso central, os aspectos anatômicos do cérebro, a funcionalidade dos neurotransmissores, as etapas das sinapses cerebrais etc.;
  • Processos Psicológicos Básicos: trata das atividades cognitivas básicas de todo ser humano, como a memória, o pensamento, a atenção e a percepção e como esses processos são alterados com o uso de substâncias, a privação de sono, a ocorrência de acidentes, o aparecimento de doenças e muito mais;
  • Psicofarmacologia: discorre sobre a adoção de terapias medicamentosas no controle ou mesmo na extinção de sintomas comuns em muitas doenças psiquiátricas e como isso afeta a qualidade de vida do paciente, promove respostas orgânicas (esperadas e inesperadas) e atua no organismo;
  • Psicopatologia: apresenta os principais transtornos, síndromes e doenças que afetam a saúde mental, mostrando as mudanças orgânicas, físicas, comportamentais e de personalidade que elas geram.

Mas, afinal, a Psicologia é da área de Humanas ou Biológicas?

A resposta é simples: Psicologia é de Humanas. Quem atesta isso é o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a entidade responsável pelo estímulo à pesquisa e à iniciação científica em todo o Brasil.

Ela está na mesma categoria dos cursos de Teologia, História, Geografia, Filosofia, Sociologia entre outros. Para checar essa informação, basta acessar a tabela oficial com todas as áreas do conhecimento do país que o CNPq disponibiliza.

Aliás, sempre que você tiver dúvida sobre a área de alguma graduação — por conta da grade curricular que é bem diversificada e com conteúdos mistos —, não precisa pensar duas vezes: é só acessar esse material.

Como é o curso de Psicologia?

O curso de Psicologia dura cinco anos, aceita a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) como forma de ingresso e tem uma grade curricular composta por disciplinas teóricas e práticas, aprendizados laboratoriais, estágios supervisionados e atividades complementares. Ele é ofertado apenas na modalidade presencial e garante a você, ao final da sua formação, um diploma de bacharel.

Isso acontece porque, diferentemente de outras graduações, ele só tem esse tipo de habilitação (isto é, o Bacharelado) já que o projeto pedagógico da área é generalista. Em outras palavras, ele aborda:

  • o histórico de como a Psicologia se tornou (e se consolidou como) uma ciência de estudo, pesquisa e atuação;
  • as abordagens psicológicas propostas ao longo dos séculos para o atendimento de pacientes (como a gestalt-terapia, o humanismo e o behaviorismo);
  • os segmentos de trabalho que existem atualmente no mercado (clínico, hospitalar, esportivo, organizacional, jurídico, escolar etc.);
  • as técnicas de intervenção com pacientes em diferentes contextos institucionais (tratamento regular, avaliação psicológica, aconselhamento, urgência e emergência, plantão psicológico etc.);
  • as psicopatologias diagnosticáveis conforme o Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5);
  • os princípios éticos que devem guiar os profissionais que escolheram esse ramo;
  • o papel do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e a relação dele com a regularização do exercício profissional da área.

Como você viu, a resposta da pergunta “Psicologia é da área de Humanas ou Biológicas?” não é nenhum mistério. Trata-se de um curso de Humanas com fortes componentes sociais e culturais que são importantes para entender o comportamento, a personalidade e o bem-estar mental do homem. Assim, ao se formar, você pode atuar em diversos campos, inclusive o da saúde.

Faça Psicologia na Anhanguera!

Por isso, lembre-se de escolher uma faculdade como a Anhanguera. Uma instituição que conta com um sistema de ensino com mais oportunidades práticas de aprendizado e desenvolvimento profissional, avaliação continuada, diversidade de parcerias e convênios, programas completos de pós-graduação e muito mais.

E como estamos falando sobre como se preparar para o mercado e ser um profissional de excelência, inscreva-se no vestibular de Psicologia da Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content