Como alcançar a independência financeira antes dos 30 anos?

comoalcancaraindependenciafinanceiraantesdos30anos

Você já conhece os benefícios da organização financeira? Entre outras coisas, ela gera uma vida mais equilibrada e confortável. Mas suas vantagens podem ir muito além — principalmente quando chegamos ao conceito de independência financeira.

Ser independente nas finanças significa ter liberdade de escolha sobre o seu trabalho. Ou seja, poder decidir diminuir o ritmo ou até mesmo parar de trabalhar, pois a sua renda não vai mais depender de forma direta da atuação profissional.

Parece impossível? Saiba que muitas pessoas já alcançaram esse patamar. Neste post, vamos dar as principais dicas para que você também consiga!

A tão sonhada independência financeira

Atingir a independência financeira significa adquirir uma renda passiva suficiente para sustentar seus custos de vida. A renda passiva não está relacionada ao trabalho direto. Alguns exemplos são: rendimento de investimentos, um negócio próprio que funciona sem a sua presença, aluguéis de imóveis etc.

O conceito de liberdade financeira, embora não seja ainda a independência, também é fundamental: ele é o passo anterior a essa conquista. Quem tem liberdade financeira ainda não consegue deixar de trabalhar, mas já usufrui de inúmeros benefícios — como flexibilidade de tempo e mais autonomia nas suas escolhas.

Já deu para perceber que é muito vantajoso alcançar a liberdade e a independência financeira, certo? Com elas, você ganha maior poder sobre a sua vida e rotina, podendo tomar decisões com muito mais tranquilidade. Alguns benefícios são: ter liberdade para trocar de carreira, fazer mais do que deixa você feliz e encontrar qualidade na vida pessoal e profissional.

5 passos para se tornar independente financeiramente

Algumas dicas práticas ajudam você a saber como alcançar a independência financeira. Em primeiro lugar, é preciso aprender a ganhar dinheiro e administrá-lo. Pensar no futuro, priorizar os gastos e fazer bons investimentos são algumas técnicas essenciais para chegar a esse objetivo. Confira mais detalhes.

1. Faça uma faculdade

Quem deseja alcançar a independência financeira antes dos 30 anos precisa aumentar as suas possibilidades de receber uma boa renda pelo seu trabalho. Sem dúvida, a melhor forma de fazer isso é investir em qualificação profissionalPor isso, nossa primeira dica é fazer uma faculdade.

Profissionais que não têm o diploma da graduação ocupam funções menos complexas e, em geral, recebem salários menores. Assim, é necessário se capacitar para atrair cargos interessantes e aumentar sua renda.

Vale a pena destacar também que a faculdade não é suficiente para garantir o acesso às melhores oportunidades. A qualificação constante é um requisito no mercado de trabalho atual. Logo, você deve ter em mente que investir na própria carreira, por meio de cursos e eventos de atualização, é a melhor escolha.

2. Ganhe o seu próprio dinheiro

A nossa próxima dica pode parecer meio óbvia, mas nunca é demais reforçar. Vale a pena aproveitar a juventude para começar quanto antes a ganhar o seu próprio dinheiro e fazer boas escolhas com ele. Essa orientação vale principalmente para quem ainda mora com os pais.

Afinal, é possível aproveitar essa fase em que a família paga as principais contas da casa para se organizar financeiramente. Você pode poupar boa parte da sua renda e investir pensando em seus objetivos financeiros, sem se preocupar tanto com gastos básicos — como moradia, alimentação etc.

E não precisa ganhar muito dinheiro para começar a fazer isso. Uma bolsa estágio durante a faculdade já pode fazer bastante diferença para sua independência financeira. Mesmo valores pequenos dão ótimos resultados quando bem administrados.

3. Pense no futuro

Um dos maiores obstáculos para alcançar a independência financeira antes dos 30 anos é o pensamento imediatista. É claro que as pessoas desejam curtir a sua juventude e ter um bom estilo de vida no presente. Entretanto, às vezes é difícil encontrar um equilíbrio entre o presente e o futuro.

Procure pensar que os próximos anos da sua vida já começam a ser construídos agora. Por exemplo, é provável que quem não consegue se organizar financeiramente durante a juventude terá mais dificuldade para se livrar de dívidas e encontrar sucesso financeiro depois. Já quem desenvolve bons hábitos desde agora tem facilidade para conquistar seus objetivos.

Não estamos falando de deixar de lado toda a sua qualidade de vida hoje. Pelo contrário, a ideia é conciliar a felicidade presente com a tranquilidade no futuro. Como conseguir isso? Estabelecendo as suas prioridades e vivendo de acordo com elas.

4. Saiba priorizar seus gastos

Você pode estar se perguntando o que representa viver de acordo com as suas prioridades. Na prática, isso significa montar um planejamento financeiro para que o seu dinheiro seja bem gasto. Ou seja, seja usado no que realmente é importante para você.

Nós temos diversos gastos no dia a dia: fazendo compras no mercado, comendo em restaurantes, comprando roupas e acessórios, adquirindo itens tecnológicos etc. Quando eles são feitos de maneira desorganizada, há risco de acabar gastando muito dinheiro em atividades que não consideramos as mais relevantes.

Se a sua carreira é prioridade, será importante rever todos os outros custos. Dessa forma, é possível economizar no que não é prioritário e fazer sobrar uma maior quantia para investir na sua vida profissional. Assim, o uso da sua renda estará otimizado.

5. Comece a investir

Finalizando este post, temos uma orientação fundamental: fazer investimentos financeiros é uma das melhores formas de impulsionar os seus sonhos e alcançar a independência financeira. Isso porque os investimentos multiplicam as suas reservas de dinheiro.

Algumas formas muito conhecidas de investir são abrir o próprio negócio ou comprar imóveis para alugar. De fato, essas duas estratégias podem garantir um aumento de renda. Entretanto, quem não tem ainda um capital suficiente pode encontrar outras opções — inclusive, mais vantajosas do que essas.

É um caso de investimentos no mercado financeiro. Por exemplo, títulos públicos, ativos da renda fixa privada e ações da Bolsa de Valores. Se o seu objetivo é se tornar independente financeiramente, é muito válido estudar sobre isso e encontrar as melhores opções para investir.

Nunca é cedo demais para começar a atingir a independência financeira. Aliás, a juventude pode ser considerada o momento ideal para isso. Afinal, a independência das finanças vem acompanhada do aumento da maturidade e da responsabilidade na vida adulta. Então, coloque nossas dicas em prática e conquiste seu futuro!

Quer conhecer as vantagens de planejar sua carreira? Saiba qual é a média salarial dos brasileiros e como a graduação influencia nesse valor!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.