Afinal, é melhor fazer faculdade ou curso técnico?

faculdade-ou-curso-tecnico

Hoje em dia não é mais novidade para ninguém que continuar os estudos depois do ensino básico amplia as oportunidades e traz melhores condições de vida. Contudo, é muito comum surgirem dúvidas sobre qual tipo de qualificação realizar: faculdade ou curso técnico.

Considerando os objetivos do estudante e o foco da abordagem metodológica dos cursos, podemos dizer que cada um tem suas vantagens. Para que você entenda as diferenças entre faculdade e curso técnico, preparamos este conteúdo abordando as principais características de cada uma dessas formações. Confira a seguir!

Qual é a diferença entre faculdade e curso técnico?

A principal diferença está na atuação do profissional. No curso técnico, a formação é mais restrita e focada em uma atividade prática voltada para o mercado de trabalho. Já a faculdade fornece uma formação mais ampla, com disciplinas teóricas e práticas, proporcionando um campo maior de atuação.

Para fazer um curso técnico, é preciso ter concluído o ensino fundamental. O aluno pode fazer junto com o ensino médio ou depois de concluí-lo. Já para entrar na faculdade, você deve ter o nível médio completo e prestar o vestibular.

Além dessas características, existem outras diferenças importantes que você deve levar em conta ao escolher uma faculdade ou curso técnico. Veja quais são a seguir!

Como funciona um curso técnico?

Duração menor

Como a formação do curso técnico é mais restrita, sua duração também é menor. Isso porque o objetivo é capacitar o estudante para o mercado de trabalho com uma atividade específica.

Com um curso técnico de curta duração, o profissional pode se formar e entrar no mercado mais rapidamente. Em cerca de um ou dois anos, o aluno aprende as habilidades fundamentais para exercer a profissão — excluindo-se outros aspectos, como pesquisas e aulas de cunho teórico.

Foco na abordagem prática

Outra característica importante do curso técnico é que a abordagem metodológica é mais focada no ensino de habilidades práticas. Diferentemente de uma faculdade, aulas teóricas e conteúdos conceituais não são muito aprofundados.

A ênfase está, portanto, em ensinar as questões práticas de uma atividade, a fim de possibilitar que o aluno exerça os conhecimentos no dia a dia da sua profissão. O ponto positivo é que o estudante sai mais preparado para atuar na sua carreira.

Currículo específico

Uma vez que os cursos técnicos são mais restritos, eles costumam abordar um currículo específico e uma grade curricular menor. Ou seja, o aluno se capacita apenas nas atividades operacionais da área que ele aprendeu.

Apesar de tornar a formação um pouco mais limitada e o campo de atuação menor, isso tem o lado positivo de qualificar o profissional para uma área bastante específica.

Quais são as vantagens da faculdade?

Formação ampla

Ao contrário do curso técnico, uma faculdade oferece uma formação bem mais ampla, com diversas disciplinas. Além da abordagem prática, as aulas também focam nos conteúdos teóricos.

Uma vantagem da formação ampla é que ela permite que o profissional trabalhe em várias áreas, já que ele adquire mais conhecimentos. O campo de atuação de uma pessoa graduada na faculdade vai desde carreira acadêmica, empresas e indústrias até concursos públicos que exigem nível superior.

Grade curricular aprofundada

Na faculdade, o ensino também é abrangente, contendo tanto matérias específicas sobre o curso quanto disciplinas correlatas — isto é, que se relacionam indiretamente com o assunto principal.

Dessa forma, a grade curricular é mais aprofundada, permitindo que o aluno trabalhe uma diversidade de questões relacionadas à sua futura profissão e adquira, assim, habilidades complementares. Por isso, uma faculdade é de longa duração (cerca de 4 ou 5 anos).

Média salarial mais alta

Por um lado, vimos que o curso técnico é curto, o que permite o aluno ingressar no mercado de rapidamente, mesmo tendo que conciliar trabalho e estudo. Por outro lado, embora a faculdade seja mais longa, profissionais com educação superior tendem a ganhar maiores salários e ocupar altos cargos.

Para se ter uma ideia, pesquisas da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) mostram que quem tem diploma de nível superior ganha 140% a mais que pessoas apenas com nível médio.

Nesse sentido, a faculdade representa uma grande vantagem. Afinal, isso pode significar maior qualidade de vida e melhores condições de trabalho.

Possibilidade de especialização

Outro diferencial da faculdade é a oportunidade de se especializar na área. Você pode continuar os estudos em uma pós-graduação — como mestrado, doutorado, especialização e MBA, por exemplo.

A formação continuada é fundamental para todo profissional que quer se destacar. Além de poder atuar em várias áreas, isso contribui para melhores oportunidades de trabalho, com cargos mais altos (como os de chefia) e salários bastante atrativos.

Valorização do mercado

Ainda que um curso técnico tenha seus pontos positivos, uma faculdade costuma ser mais valorizada. Mais do que nunca, as empresas buscam por profissionais qualificados e com conhecimentos aprofundados. Por isso, quem é formado em faculdade consegue um melhor posicionamento de mercado e maiores chances de empregabilidade.

Isso mostra que um curso técnico pode ser um importante passo inicial, mas não é suficiente por si só para enfrentar a competitividade. Ao ingressar na faculdade, o profissional poderá cumprir melhor as demandas do mercado, bem como as exigências das empresas.

É melhor escolher faculdade ou curso técnico?

Diante do que foi exposto, é importante que você considere tanto as características da faculdade ou curso técnico, quanto os seus objetivos profissionais. É preciso aliar as expectativas que você tem para a sua área de formação com o que o curso de fato oferece.

E, além das diferenças que mostramos, é essencial pensar não apenas no curto prazo, mas também no futuro. Um curso técnico tem a vantagem de ser mais rápido, mas é preciso considerar que o peso de uma faculdade no seu currículo será bem maior. Isso se tornará um forte diferencial na hora de concorrer a uma vaga de emprego, por exemplo.

Isso não quer dizer que um curso técnico não possa ser positivo para a sua atuação. Mas, como vimos, um profissional com educação superior é mais valorizado e reconhecido, o que pode render bons frutos ao longo da sua carreira.

Vale destacar também que, atualmente, existem faculdades excelentes, com aulas presenciais ou à distância, com valores acessíveis a fim de possibilitar que as pessoas realizem o sonho de se formar. Portanto, lembre-se de pesquisar por uma instituição que ofereça as qualificações necessárias para a sua área de atuação.

E agora? Ficou claro se o ideal para você é fazer faculdade ou curso técnico? Aproveite a visita ao blog e leia mais conteúdos interessantes sobre o assunto!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content