5 curiosidades de Engenharia Civil que você precisa saber

curiosidades engenharia civil

Cada área do conhecimento tem os seus diferenciais, o que normalmente encanta as pessoas e estimula a vontade de seguir determinada profissão. Por exemplo, a união de arte com a ciência é uma das curiosidades da Engenharia Civil que pode ser considerada um ponto forte da carreira.

Que tal conhecer mais alguns fatos curiosos? Se você tem interesse por esse setor milenar, não deixe de conferir cada tópico abaixo. Selecionamos vários detalhes interessantes!

As primeiras construções da humanidade

Quando falamos que a profissão de engenheiro civil é milenar, não estamos exagerando. Por mais que as pessoas não fizessem um curso superior para garantir um diploma, elas eram capazes de construir obras grandiosas há muitos séculos.

New call-to-action

Um exemplo disso são as pirâmides do Egito, que guardam capítulos importantes da história mundial. Na verdade, elas formam um conjunto arquitetônico e resistem desde os anos antes de Cristo — ou seja, estamos falando de bem mais do que dois mil anos.

Sua função era preservar os corpos dos faraós, junto com seus tesouros e também outros cidadãos que ficavam ali guardados depois de mortos. O formato de pirâmide deveria facilitar a ascensão ao céu, segundo a crença desses povos.

As obras eram feitas de enormes pedaços de pedra e chegam a aproximadamente 170 metros de altura. A estimativa é que 30 mil egípcios tenham trabalhado para colocar de pé os principais monumentos. Não é inacreditável?

Os desafios das grandes obras

Uma das coisas que impressionam na Engenharia Civil é observar as grandes obras. Não que as pequenas não tenham seu valor, mas as mais avantajadas chamam a atenção pela complexidade, beleza, funcionalidade e imponência.

Não há dúvida do quão desafiador pode ser colocar em prática uma ideia tão grandiosa. Aproveite para relembrar algumas delas:

  • o Eurotúnel, que liga França e Inglaterra, com mais de 50 km de extensão e 38 km submersos;
  • as ilhas artificiais em Dubai, que têm o formato de palmeiras;
  • a usina hidrelétrica de Itaipu, que levou 16 anos para ser construída e está entre as maiores do mundo;
  • o Canal do Panamá, que simplificou o transporte marítimo ao fazer a ligação entre os oceanos Pacífico e Atlântico;
  • o Burj Khalifa, um prédio moderno localizado em Dubai que tem 168 andares e é o mais alto do mundo;
  • a Muralha da China, que acumula 20.000 km de comprimento ao redor do país;
  • o Cristo Redentor, que fica em um ponto bem alto no morro do Corcovado (RJ) e teve partes construídas na França;
  • a “ponte que enrola” ou Rolling Bridge, em Londres, que retrai como um caracol para dar passagem aos barcos e depois se estende para que os pedestres possam passar.

São várias as obras que merecem destaque, e cada uma delas renderia até um TCC de Engenharia Civil. Basta caminhar com o olhar atento para perceber esse encontro da arte com a ciência. Afinal de contas, nenhum projeto se sustenta apenas com a parte visual, certo? Ser um engenheiro civil é uma grande responsabilidade.

A separação entre Engenharia Civil e Arquitetura

Este é um fato que apenas as pessoas mais velhas devem conhecer, ou aquelas que estudaram para saber tudo sobre Engenharia Civil: não havia distinção entre engenheiros e arquitetos.

Inclusive, esses profissionais frequentemente eram chamados por qualquer um dos termos sem nenhuma diferença. Quando alguém falava “meu arquiteto planejou essa casa”, ou “quem fez minha casa foi um engenheiro”, não ficava claro qual era a formação do responsável.

Apesar de serem profissões complementares e até semelhantes, depois de um tempo, as carreiras foram separadas. Durante o século XVIII, a expressão “engenheiro civil” passou a ser usada para denominar quem fazia obras civis. Na época, significava não ter fins militares.

O primeiro profissional reconhecido foi John Smeaton, que projetou o farol de Eddystone, no Reino Unido. Seu desafio foi fazer uma obra em cimento hidráulico para suportar a erosão natural da água do mar.

Muito tempo se passou, e as duas profissões ainda eram regidas pelo mesmo órgão no Brasil — o CREA (Conselho Regional de Engenharia, Agronomia e Arquitetura).

Somente em 2011 ficou definido que os arquitetos teriam a sua própria instituição, o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo). Agora, engenheiros e arquitetos seguem caminhos distintos, mas costumam trabalhar juntos.

O dia do engenheiro civil

Essa é mais uma curiosidade que até mesmo alguns engenheiros formados não sabem. No dia 11 de dezembro é comemorado o dia do engenheiro civil, que não pode ser confundido com o dia da Engenharia — que é celebrado na data de 10 de abril todos os anos.

A escolha para a comemoração em dezembro está ligada ao dia em que a profissão foi regulamentada no Brasil em 1933, pela Lei n.º 23.569. A partir de então, os engenheiros civis passaram a ser oficialmente reconhecidos no território brasileiro.

Se você também não sabia dessa curiosidade, aproveite para comemorar nas próximas vezes e homenagear todos os profissionais da área que contribuem com a sociedade por meio de seus trabalhos.

As subáreas da Engenharia Civil

A Engenharia é um campo tão amplo que a sua divisão em vertentes foi essencial para facilitar a vida dos profissionais da área. Telecomunicação, Computação, Elétrica, Civil, Mecânica e Produção são algumas das possibilidades para quem pretende seguir a profissão de engenheiro.

Porém, as escolhas não param por aí. Depois de escolher um desses cursos, é possível ainda definir uma vertente na qual focar a carreira, sabia? Assim como um advogado pode escolher entre Direito Tributário ou Familiar, os engenheiros civis têm alternativas em vista.

Novas tendências surgem em cada mercado, e é importante ficar atento a elas. Por exemplo, os profissionais atuais podem focar sustentabilidade, saneamento, materiais, geotecnia, transporte etc. Tudo depende de escolher uma especialização em Engenharia Civil, preparar-se para cada desafio e buscar desenvolver sua experiência no ramo!

👷 Qual área da Engenharia Civil mais combina comigo? Responda o nosso quiz e confira o resultado com a gente!

Pronto para ser um Engenheiro Civil?

Todas essas curiosidades de Engenharia Civil só comprovam o quanto essa é uma área interessante, e o primeiro passo é investir na sua formação. Aqui na Anhanguera, você encontra um curso de alto nível, com uma grade curricular atualizada e muitos diferenciais!

Gostou de saber mais sobre a carreira de engenheiro civil? Não deixe essa oportunidade passar e faça já a sua inscrição no vestibular da Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.