Áreas do Marketing: conheça as oportunidades desse setor!

áreas do marketing

Quem está por fora do assunto não entende quantas áreas do Marketing existem e como cada uma delas é ampla. Os leigos costumam acreditar, por exemplo, que Marketing é algo que pode ser desempenhado por uma única pessoa na empresa. Ledo engano!

Pensar assim é subestimar essa importante disciplina, dentro da qual são desenvolvidas estratégias de digital, publicidade, mídia paga, conteúdo e tantas outras. O que seria da internet se não fosse o Marketing Digital, por exemplo?

No artigo de hoje, vamos listar várias oportunidades dentro de quem realiza o curso de Marketing, destacando as peculiaridades e qual é o seu papel na estratégia geral de divulgação. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Conheça as áreas do marketing que estão em alta!

É costume dividir o marketing entre as categorias “tradicional” e “digital”. O Marketing Tradicional é aquele que, desde antes do século XX, já vinha sendo praticado pelos funcionários de grandes organizações, que faziam estudos de mercado e distribuíam orçamentos entre diversas campanhas.

Eles definiam o ponto de partida de investidas publicitárias e, da forma como era possível à época, mediam os resultados desses trabalhos. Embora seja fruto de muito estudo, o Marketing Tradicional tinha algumas limitações.

Em meados dos anos 2000, começa o chamado Marketing Digital. Com softwares conectados à internet, simples e baratos (alguns até gratuitos), passou a ser possível medir cada centavo investido. Nesse ponto, a coisa começou a evoluir mais rápido.

O Marketing, antes restrito apenas à área de Comunicação Social, agora ganhou contornos numéricos e estatísticos. Toda ação podia ser calculada, medida e aprimorada. Também ficou mais barato fazer Marketing, e ele passou a beneficiar também as pequenas empresas.

Inbound marketing

O chamado Marketing Inbound é aquele que (explicando de forma um pouco simplista) preconiza que os consumidores devem ir até a empresa, em vez de a empresa ir até os consumidores.

Na prática, isso quer dizer que é uma engrenagem que funciona oferecendo conteúdo na internet e atraindo a atenção das pessoas (por isso ele também é chamado de Marketing de Atração). O Inbound Marketing começa solucionando problemas sem mencionar a marca da empresa. Com o tempo, os próprios consumidores percebem que precisam de um produto ou serviço.

É um sistema menos invasivo, porque depende pouco de publicidade e respeita a chamada “jornada do cliente”. Ou seja, se o potencial consumidor ainda não está no momento de compra, nada de incomodá-lo com publicidade.

Neuromarketing

Ele existe desde muito antes do digital, mas foi com a internet e a facilidade de processar informações que o Neuromarketing mais se desenvolveu. Como o nome sugere, a ideia é unir a Neurociência ao Marketing para compreender melhor os hábitos de consumo das pessoas.

Essa necessidade existe, por exemplo, porque as pessoas não fazem escolhas racionais. Então, muitas vezes, é difícil compreender o que motiva alguém a adquirir um produto ou contratar um serviço.

Sem correr o risco de exagerar, é possível dizer que quem trabalha com Neuromarketing precisa ter um perfil próximo do de um cientista. É com base na interpretação de uma infinidade de dados que se traçam perfis de consumo dos potenciais consumidores.

Produtor de conteúdo

A alma do Inbound Marketing é o chamado Marketing de Conteúdo. Como explicamos, é por meio desse conteúdo que as pessoas primeiro se interessam por tópicos na internet, o que faz de vídeos do YouTube, artigos de blog, textos e imagens de redes sociais algo precioso.

Via de regra, há 3 tipos de produtor de conteúdo: videomaker, designer e redator. São profissionais super requisitados e, se planejarem suas carreiras corretamente, podem receber os maiores salários em Marketing Digital.

Analista de Marketing Digital

Esse profissional cuida das conversões. Por conversão, entendemos qualquer ação que uma pessoa desempenha em uma página ou site: clicar em um botão, deixar o e-mail para receber conteúdo, realizar uma compra e outros.

Trabalhando a partir do funil de marketing (que descreve o caminho que um consumidor percorre até comprar um produto), o Analista de Marketing analisa e implementa melhorias sistematicamente em cada etapa.

Consultoria

A consultoria não é exatamente uma das áreas do marketing digital. Ela está mais para uma maneira diferente de o profissional oferecer seus serviços. O que muda é que, em vez de ser contratado pela empresa, ele oferece acompanhamento em projetos pontuais.

Esse tipo de trabalho é vantajoso por uma série de razões. A primeira é que, sem vínculo empregatício, fica mais fácil você gerir seu próprio tempo e ganhar mais do que em um emprego convencional.

A segunda razão é que o serviço de consultoria é mais valorizado porque ele é mais estratégico, ou seja: dependendo do tempo de experiência de mercado que você tiver, são maiores as chances de trabalhar criando a estratégia, em vez de “colocando a mão na massa”. Assim, suas habilidades intelectuais são mais valorizadas e dão mais resultado.

Só tenha em mente que a consultoria é também uma área muito concorrida. Há diversas agências de marketing digital oferecendo ótimos serviços no mercado.

A Anhanguera ajuda você a realizar o sonho da faculdade!

O Marketing é uma área de trabalho muito ampla e diversa. Há tantos profissionais com habilidades diferentes que é possível dizer que há lugar para todo mundo. Basta ter interesse por Comunicação e paixão por análise de dados.

Na Anhanguera, o curso de Marketing é tão amplo e diverso quanto o mercado exige. Ele forma profissionais aptos a elaborar estratégias de mercado, considerando as partes estratégicas, passando por gerenciamento de produtos e outros.

Divide-se entre uma formação básica, mais generalista e teórica, e outra específica, que contempla o uso de ferramentas e práticas mais “mão na massa”. Ou seja, há espaço para todo tipo de profissional, com diferentes perfis de trabalho.

É possível fazer o curso de Marketing Digital EaD ou semipresencial, e você ainda tem o suporte de duas iniciativas exclusivas da Anhanguera: o portal de vagas de emprego Canal Conecta e as Trilhas de Carreira, que oferecem formações opcionais aos nossos alunos.

Venha estudar marketing na Anhanguera!

Inbound marketing, Neuromarketing, consultorias, análise de Marketing Digital. Opções não faltam para você desenvolver seu talento e se dar muito bem profissionalmente. Mas, para isso acontecer, é preciso estudar em uma instituição com credibilidade.

Ela está mais perto do que você imagina. Até porque, assim como tem acontecido com os trabalhos nas diversas áreas do Marketing, os cursos também podem ser feitos a distancia ou no semipresencial. Então, faça sua matrícula no curso de Marketing da Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 1.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.