Análise e Desenvolvimento de Sistemas: o que se estuda no curso?

estudante de análise e desenvolvimento de sistemas

A área da tecnologia faz os olhos de muitos estudantes brilharem, não é mesmo? Com possibilidades amplas de trabalho e uma valorização cada vez maior no mercado, os salários podem chegar a R$ 12.334,28* para a carreira em Desenvolvimento de Sistemas. Já pensou em conquistar uma vaga assim?

Saiba que é totalmente possível com os cursos aqui da Anhanguera. Se você quer conhecer o que se estuda em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, encontrou o lugar certo! A partir de agora, vamos falar de algumas das matérias que vão ajudar você na conquista das habilidades técnicas e pessoas para arrasar na área.

Boa leitura!

Análise Estruturada de Sistemas

Entre as matérias da grade curricular do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, está a Análise Estruturada de Sistemas. Aqui, você toma contato com o estudo de performance e os tipos de complexidade de algoritmo. Com ela, é possível fazer aplicações sólidas seguindo padrões de desenvolvimento.

Direito e Legislação

Sabia que, entre as matérias da Análise e Desenvolvimento de Sistemas, estão conceitos de leis? Afinal, um profissional de sucesso compreende como elas são importantes para a empresa e as aplicações projetadas. Ainda mais com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), tão em pauta no mercado, esse conhecimento torna-se decisivo.

Com essa legislação, o analista de sistemas precisa conferir se as estratégias do negócio estão dentro do que é permitido para que não tenha que arcar com altas multas. Além disso, deve orientar as equipes de tecnologia para o uso consciente dos dados dos usuários nos produtos futuros.

Estrutura de Dados

Muito se fala na quantidade de informações que é gerada hoje na internet, principalmente por causa das redes sociais. Para você ter uma ideia, uma simples procura por vagas no LinkedIn já é o suficiente para diversos insights. Mas, para que eles se tornem, de fato, úteis aos negócios, precisam ser analisados e bem trabalhados.

É então que surge a necessidade de compreender as estruturas de dados: desde como eles se organizam para a formação de um sistema (lineares e não lineares, por exemplo) até as possíveis arquiteturas usadas.

Desenvolvimento de Software Seguro

Sabe os mesmos dados de que falamos? Como você bem sabe, é preciso investir em segurança para evitar o vazamento de senhas e de informações pessoais dos usuários. Por isso, está também entre o que se estuda na Análise de Desenvolvimento de Sistemas.

Você tem contato com noções de criptografia, detecção de possíveis fraudes ou intrusões, protocolos de gerenciamento e outras políticas de segurança para software.

Fundamentos de Redes de Computadores

Essa é, talvez, uma das matérias mais desafiadoras e importantes para o curso. Nela, você aprende protocolos de comunicação, transferência de dados, pacotes, tipos de redes (com e sem fio), arquitetura de comunicação, topologias e meios de transmissão, entre outros.

Se você está se perguntando sobre a importância da disciplina para sua atuação enquanto analista de sistemas, lembre-se de que, para acessar este post, está usando uma rede –– seja ela fixa, com o Wi-Fi, seja ela móvel, com o 3G ou o 4G.

Laboratório de Programação

Sem linguagens de programação, não há profissões na área da tecnologia. Elas servem para dar vida aos produtos diversos que conhecemos, desde um aplicativo de jogo para PC a TV que se conecta à internet. Você pode escolher entre inúmeras opções:

  • Java;
  • C;
  • C#;
  • JavaScript;
  • PHP;
  • Node.js;
  • React;
  • Python;
  • Ruby.

Para você sair da graduação mandando bem nas principais linguagens de programação, existem as disciplinas mais práticas, como este laboratório. É aí que você vai usar toda a teoria e colocar a mão na massa, dando forma aos códigos.

Matemática Aplicada à Informática

Não seria um curso das Ciências Exatas sem uma boa dose de Matemática, não é mesmo? Afinal, as funções, os algoritmos, os vetores, as matrizes e as equações lineares são parte essencial do trabalho de um profissional da tecnologia. A lógica também é usada nas construções dos sistemas.

Então, podemos dizer que a Análise e Desenvolvimento de Sistemas é a faculdade para quem gosta de Matemática. Mesmo se não tiver interesse por causa disso, saiba que é uma disciplina fundamental para conquistar uma visão ampla e analítica da programação. Cá entre nós, com a parceria de uma boa faculdade, fica fácil criar intimidade com os conteúdos.

Programação e Design para Web

A preocupação com o front-end das aplicações também se encontra nas disciplinas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Algumas linguagens de programação entram aqui também, entre as quais podemos citar: JavaScript, HTML e CSS. Ainda há o aprendizado na construção de mocapes e provas de conceito de layout, com o foco na experiência do usuário com o produto final.

Sistemas de Banco de Dados

Na lista do que faz um analista de sistemas, não podia faltar o sistema de gerenciamento de banco de dados. Nessa disciplina, você vai conhecer os principais do mercado, como:

  • Oracle;
  • MySQL;
  • DB2;
  • SQL Server.

É possível aprender não apenas os conceitos, mas o que cada um desses sistemas pode fazer em termos de dados, de hardware, de usuários e de software.

Vale lembrar que, na Anhanguera, você escolhe como quer direcionar o seu curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas de acordo com a atuação que deseja seguir. É possível optar pelas seguintes Trilhas de Carreira:

  • devops;
  • back-end;
  • mobile;
  • web.

De toda forma, terá uma formação com as linguagens de programação mais atuais e utilizadas no mercado. Tudo isso é possível graças a ferramentas que a Anhanguera oferece nessa opção de Bacharelado, veja só:

Viu só o que se estuda em Análise e Desenvolvimento de Sistemas? A grade curricular aqui da Anhanguera ainda é reforçada com a dedicação de professores altamente qualificados, uma infraestrutura de excelência, benefícios exclusivos como o Canal Conecta e a modalidade de ensino semipresencial e a distância (aqui, a duração do curso EAD é de 2 anos, em vez de 2,5, como no presencial).

Gostou da possibilidade de moldar sua graduação de acordo com seus interesses? Então, não perca tempo. Faça a sua inscrição no vestibular da Anhanguera e conte com a nossa parceria!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.