Transferência de faculdade: saiba como fazer o processo

transferenciadefaculdadesaibacomofazeroprocesso

A transferência de faculdade é uma alternativa para quem já não se sente motivado ou está diante de imprevistos, como mudança de cidade ou de emprego. Por meio desse processo, o estudante não inicia do zero, mas reaproveita o máximo das disciplinas que já foram concluídas.

Consequentemente, o processo é uma excelente oportunidade de melhoria na carreira. Afinal, o esforço já realizado não será inutilizado, servindo para reduzir o tempo necessário para formação. Não à toa, é importante ficar atento aos critérios da instituição de ensino e condições existentes antes de realizar a mudança.

Logo a seguir, trouxemos um passo a passo para fazer a transferência de faculdade. Continue a leitura, a fim de entender os cuidados necessários para uma mudança que atenda às suas expectativas com relação ao ensino superior e contribua com a sua carreira profissional!

Quais são os tipos de transferência?

A mudança pode ocorrer dentro de uma instituição de ensino ou para entidade externa. A transferência interna é quando se opta por outro curso após ter dado início à formação. Já a externa é mais abrangente, pois considera não apenas a migração de cursos, mas de estabelecimentos.

Em ambos os casos, a decisão é uma forma de adaptar a formação às necessidades atuais, como mudança de perspectiva, interesses, condição financeira, residência etc. Esse ajuste pode ser realizado em diferentes níveis, como disciplinas cursadas, modalidade de ensino e local de realização do curso.

Como realizar uma transferência de faculdade?

Os cuidados para realizar uma mudança de instituição de ensino, mantendo ou trocando de curso são relativamente simples, mas não podem ser deixados em segundo plano. O como fazer a transferência de faculdade pode ser resumido em quatro itens:

  • escolher a faculdade ideal para se transferir;
  • entender as regras de transferência do FIES ou ProUni;
  • coletar os documentos necessários;
  • ficar atento aos prazos da nova faculdade.

Confira ponto a ponto mais de perto!

Escolha a faculdade ideal

A decisão passa por entender quais foram as dificuldades enfrentadas no curso atual e buscar uma nova oportunidade de carreira. Por isso, é importante considerar pontos-chave, que podem ou não terem sido avaliados anteriormente:

  • modalidade de ensino ideal — presencial, EAD ou semipresencial;
  • interesse, vocação e oportunidades de carreira;
  • possibilidade de bolsas e financiamentos;
  • infraestrutura e qualidade do curso.

Nesse sentido, é importante pesquisar bastante sobre a instituição escolhida. Na Anhanguera, você encontrará cursos com boas avaliações do MEC e excelente custo-benefício, além de modalidades flexíveis, como o EAD e o semipresencial.

Entenda as regras de transferência do FIES ou ProUni

Os benefícios não prendem o estudante a uma instituição de ensino. No entanto, a transferência depende da disponibilidade de vagas, e cada modalidade tem seu próprio regulamento para concluir a operação. No Prouni, a transferência depende da concordância de ambas as instituições de ensino, já o FIES tem limitações relacionadas a prazos e número de transferências. Leia os regulamentos para atender às regras!

Colete os documentos necessários

Também é preciso consultar a instituição de destino para saber quais são os documentos necessários para concluir a transferência de faculdade. Além da identificação do estudante, serão exigidos informações de histórico e participação no Enade, até mesmo, para verificar a possibilidade de reaproveitar as matérias cursadas.

Fique atento aos prazos da nova faculdade

Outra consulta é o momento em que as transferências são permitidas, uma vez que cada instituição de ensino define seus próprios prazos para matrícula e transferência.

Por fim, perceba que a mudança não é um procedimento complexo e que ela pode ser a oportunidade de continuar os estudos. Ao fazer a transferência de faculdade, você pode se readaptar para lidar com imprevistos ou mudanças de interesses pessoais e profissionais, otimizando o custo-benefício com o aproveitamento de parte do que foi cursado até então.

Se quiser conhecer o procedimento e os documentos necessários, visite o site e veja como realizar uma transferência para Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.