Projetos em Engenharia Civil: como eles funcionam?

projetos engenharia civil

Você já parou para pensar na importância dos projetos em Engenharia Civil? A base para as construções, seja de pequenos cômodos, seja de rodovias inteiras, está no planejamento e na organização dos processos para a realização de uma obra. Desde o cronograma até a execução, o engenheiro precisa lidar com situações e decisões muito importantes.

No curso de Engenharia Civil, as matérias preparam o estudante para lidar com o processo de criação, manutenção e finalização desses planos. Nesse contexto, os avanços tecnológicos impõem também uma capacidade técnica, que passou de necessária a essencial para o profissional da área.

Quer entender como funcionam projetos em Engenharia Civil? Neste post, separamos algumas informações relevantes sobre o assunto, continue a leitura e confira!

Veja o que são projetos em Engenharia Civil e seus principais tipos

Ao entender o que é um projeto de Engenharia Civil, você também vai perceber que muito do perfil profissional do engenheiro se baseia na habilidade de operar essas atividades. Não à toa, na faculdade, o conceito de projeto é elemento básico para a formação.

No mercado de trabalho em Engenharia Civil, esse também é um conhecimento substancial. Isso porque as vagas buscam profissionais capazes de criar projetos completos, trabalhando desde o planejamento até a execução das obras, perpassando pelo gerenciamento delas.

Veja, a seguir, alguns dos principais tipos de projetos em Engenharia Civil:

  • levantamento topográfico;
  • sondagem do solo;
  • projeto de arquitetura;
  • projeto estrutural;
  • projeto elétrico;
  • projeto hidrossanitário;
  • projeto de segurança contra incêndio e pânico.

Confira como funciona um projeto em Engenharia Civil em detalhes

Ao entender tudo sobre Engenharia Civil, no curso aqui da Anhanguera, você vai aprender a diferenciar os projetos da área daqueles realizados por outros tipos de Engenharia. Sendo assim, as obras e as construções são o foco desse profissional, que vai analisar as possibilidades e as necessidades, inspecionar, executar e gerenciar a realização desses feitos.

Um projeto em Engenharia Civil pode funcionar de diversas maneiras, dependendo do objetivo do cliente. Um levantamento topográfico, por exemplo, é o mapeamento para estudar as características de um terreno. Com isso, é a partir dos dados recolhidos que o engenheiro dá início à obra, sendo essa uma parte obrigatória de qualquer projeto.

A sondagem do solo também é indispensável e consiste em determinar o tipo de solo, buscando informações sobre a presença de água, a profundidade etc. Depois dessas etapas, começam processos que têm a ver com o propósito do projeto, podendo abarcar todos os tipos citados acima. 

Em uma construção civil, o engenheiro tem papéis fundamentais para a segurança do projeto, por isso, a segurança contra incêndio e pânico também é primordial nesse aspecto. As normas estabelecidas por lei devem ser seguidas. Para tal, o profissional deve estar capacitado e criar ações que deixem o local o mais seguro possível.

Acompanhe um passo a passo das principais etapas de um projeto

Na grade curricular de Engenharia Civil, todas as disciplinas tornam-se base para a criação de projetos, principalmente as matérias de cálculo. Nelas, o estudante aprende as noções básicas para escolher o peso, a quantidade e o tipo de matéria-prima ideal para cada processo.

Algumas noções de gerenciamento também são estudadas, já que o engenheiro precisa:

  • analisar os dados do levantamento topográfico e da sondagem de solo;
  • planejar a execução do projeto, considerando os gastos, as normas e os riscos;
  • pedir as licenças necessárias para a realização da obra;
  • verificar os materiais necessários e analisar as melhores opções para cada caso;
  • avaliar a viabilidade financeira do projeto;
  • gerenciar os recursos financeiros e humanos;
  • buscar por tecnologias que colaborem com o avanço do projeto;
  • garantir a satisfação do cliente.

Para que tudo isso saia conforme planejado, o engenheiro civil não pode esquecer de alguns métodos facilitadores da rotina de trabalho, como a criação de um cronograma, além das listas de tarefas essenciais. 

Lembrando que esse passo a passo não precisa necessariamente seguir essa ordem, pois outras tarefas podem ser incluídas de acordo com a finalidade do projeto. A gestão correta também causa interferência no resultado final, atente a isso!

Descubra como evitar os erros mais comuns nos projetos Engenharia Civil

Mesmo com tudo que se aprende com relação a projetos em Engenharia Civil na faculdade, ainda existem erros muito comuns de acontecerem, mas que podem ser evitados.

Para não cair em nenhuma armadilha, normal em qualquer profissão, antes de entrar no mercado de trabalho, o estudante da Anhanguera pode conhecer a realidade. Por aqui, ele conta com várias vagas de estágio no Canal Conecta — um portal de empregabilidade exclusivo de nossos alunos.

Agora, vamos falar um pouco dos possíveis erros no âmbito pessoal. A primeira situação que você precisa encarar é o fato de que você é humano e poderá cometer erros. Contudo, o mais importante nesses casos é saber admitir que errou e aprender com essas falhas. 

Mesmo quem escolhe a Anhanguera e, por isso, tem uma formação completa e de qualidade, deve continuar aprendendo. Então, não caia no erro de achar que sabe tudo e não precisa ouvir os outros, desde os superiores a você até os subordinados.

Ao se abrir para essas possibilidades de erros, você evita aqueles mais graves, como imprecisões de cálculos que podem gerar defeitos na obra, discórdias entre as equipes de trabalho, prejuízos financeiros etc.

Quanto aos erros nos projetos em Engenharia Civil, eles costumam acontecer nas primeiras etapas. Portanto, não se esqueça de rever os cálculos e não deixe de fazer a sondagem do terreno e o levantamento topográfico, pois uma falha nesse sentido pode prejudicar a obra toda. 

Venha para a Anhanguera!

Quando tratamos de projetos em Engenharia Civil, estamos falando de uma área promissora, na qual o mercado exige profissionais qualificados para sua execução. Como vimos, erros acontecem, e as decisões tomadas desde o planejamento interferem em toda a execução.

Ao escolher a faculdade, além dos bons preços de mensalidade e o reconhecimento do MEC (Ministério da Educação) — quesito imprescindível—, outras preocupações também são relevantes. Entre elas: a qualidade do curso, a infraestrutura e docentes preparados para equilibrar teoria e prática, sem perder a dinamicidade exigida em cursos de Engenharia.

Está interessado em fazer Engenharia Civil? Gostou de como os projetos funcionam nessa área? Não perca mais tempo, inscreva-se na Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.