5 dicas para ser aprovado no concurso da Polícia Federal

homem aprovado em concurso da polícia federal

Atuar como servidor público é um sonho para muitos brasileiros: estabilidade no cargo, alta remuneração e horas fixas de trabalho são algumas das prerrogativas que atraem tantas pessoas. Com a iminência de dois editais para o concurso da Polícia Federal (PF), abordaremos no post algumas dicas para você ser aprovado.

Em janeiro, o então diretor da PF solicitou ao Ministério da Economia o preenchimento de mais de 3.000 vagas em diferentes funções: arquivista, assistente social, administrador, enfermeiro, contador, farmacêutico, psicólogo, médico, delegado, papiloscopista, escrivão, agente administrativo e policial.

Quer fazer carreira na área? O preparo exige dedicação, mas colocar 5 dicas preciosas em prática pode tornar o caminho mais fácil:

  • tenha graduação de nível superior;
  • escolha regiões do Brasil com menor concorrência;
  • faça cursos específicos para se qualificar;
  • estude os editais com cuidado;
  • não perca as esperanças se não for aprovado de primeira.

Confira os detalhes a seguir!

1. Tenha graduação de nível superior

Embora seja possível prestar o concurso da Polícia Federal sem ter formação em nível superior, o diploma universitário dá maiores e melhores oportunidades ao candidato. Ele permite a concorrência em outros cargos além do de agente administrativo, com remuneração mais alta e menor concorrência.

Enquanto o agente administrativo tem salário inicial de R$ 5.204,16, o do agente policial no último certame, em 2018, foi de R$ 11.983,26. Essa vaga, por sua vez, só pode ser ocupada por quem tem certificado de conclusão de curso de graduação em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Os cargos de escrivão e de papiloscopista também exigem formação universitária, assim como o de perito criminal, função cabível a quem cursou Ciências Contábeis, Biológicas, da Computação, Economia, Engenharia, Medicina, Odontologia, Farmácia e Biomedicina, entre outros — a depender da demanda da PF.

O salário inicial no último concurso da Polícia Federal para os peritos foi de R$ 22.672,48, remuneração equivalente à dos delegados. Além da vantagem nos proventos, investir em uma boa faculdade pode trazer desconto por meio de parcerias na aquisição de cursos preparatórios especificamente voltados aos certames, ponto positivo para a aprovação. E como hoje é possível cursar a graduação em várias modalidades de ensino, vale a pena considerar essa opção.

2. Escolha regiões do Brasil com menor concorrência

O concurso da Polícia Federal é realizado para preenchimento de vagas em todo o território nacional, sobretudo nas fronteiras. O local de realização da prova não é necessariamente onde você atuará na profissão após a temporada de capacitação na Academia Nacional de Polícia (ANP), mas influencia na sua aprovação.

Por isso, opte por localidades com menor concorrência, longe de estados populosos como Rio de Janeiro e São Paulo. Tais regiões estão quase sempre saturadas, preenchidas por transferências internas a pedido de quem já atua como efetivo da PF, o que diminui a proporção entre quantidade de vagas e número de candidatos inscritos.

Áreas de fronteira tendem a ter menor concorrência, pois apresentam alta demanda pela atuação da polícia. Além disso, os funcionários públicos que compõem o quadro não costumam ficar ali por muito tempo, apenas no início de carreira. Como eles solicitam movimentação interna a lugares mais bem-situados, aqueles postos ficam abertos para ocupação.

3. Faça cursos específicos para se qualificar

Como os certames públicos são muito visados, a concorrência é alta: uma única questão errada pode deixar você de fora da lista de aprovados, ou alguns décimos a menos na redação talvez façam o candidato despencar na posição. Assim, mesmo aprovado, é possível demorar mais e bastante para você ser nomeado.

Cursos específicos como os da LFG contam com corpo docente especialista em concursos da Polícia Federal, professores que muitas vezes também já percorreram o caminho das pedras e ocuparam ou ocupam a função pública.

A boa notícia é que, aqui na Anhanguera, temos parceira com a LFG. Um auxílio e tanto na sua aprovação. Afinal, as matérias para conquistar a vaga são complexas, e uma equipe gabaritada faz toda a diferença com técnicas de aprendizado e memorização.

Além disso, várias áreas do Direito costumam ser cobradas no certame: Direito Penal e Processual Penal, Constitucional e Administrativo. A aprovação para atuar na PF ainda requer o estudo da legislação especial, composta por:

  • Estatuto do Desarmamento;
  • Lei dos Crimes Contra o Meio Ambiente;
  • Estatuto da Criança e do Adolescente.

Estamos falando de instrumentos normativos densos, cheios de quóruns, percentuais, detalhes e procedimentos. Um curso especificamente voltado para o concurso da Polícia Federal ajuda o candidato a assimilar as informações que efetivamente costumam cair na prova, ensina a filtrar dados relevantes e aumenta suas chances de sucesso.

4. Estude os editais com cuidado

É extenso o documento em que os requisitos e as formas de realização do processo seletivo são publicados. Pode demorar até o interessado ler tudo, mas é altamente recomendável que ele o faça prestando atenção a cada item ali previsto: datas, local de realização das provas, exigências da candidatura e documentos necessários para a investidura no cargo.

Atenção, principalmente, ao conteúdo programático, que contém todas as matérias e/ou legislações passíveis de cair no exame, e considere as tendências do Direito em 2020 no seu estudo, forma de ficar por dentro de assuntos cotados para a redação.

As provas costumam ser divididas por áreas de estudo, de forma que zerar em um tópico talvez resulte na sua desclassificação. Além do mais, o candidato aprovado nessa primeira etapa do concurso da Polícia Federal ainda precisa passar pelo exame médico, psicológico e o TAF (Teste de Aptidão Física), razão pela qual é necessário investir também em preparo físico.

Por isso, leia bem o edital para não esquecer quantos quilômetros de corrida, natação, barra e número de abdominais são necessários dentro do tempo previsto na publicação. Trata-se de uma forma efetiva de desenvolver um planejamento e de conseguir executá-lo com eficácia. Assim, você fica mais perto da aprovação.

5. Não perca as esperanças se não for aprovado de primeira

Investir na graduação de Direito não é garantia de conquista da vaga em concurso da Polícia Federal, mas com certeza contribui para você se aproximar desse objetivo. Porém, além do conhecimento técnico, é necessário ter inteligência emocional a fim de entender que sua conquista pode não vir logo de cara.

A concorrência em certames públicos é muito alta, o conteúdo programático é extenso, e a PF ainda prevê o TAF como etapa a ser superada para aprovação do candidato, diferença em comparação aos concursos de tribunais, por exemplo. Por isso, tenha disciplina no estudo, foco na meta e flexibilidade para adotar mudanças.

A quantidade de horas em cima dos PDFs, Vade Mecum e assistindo às aulas não significam aprendizado de qualidade. Talvez seus métodos sejam inadequados, e você pode estar focando detalhes pouco importantes. Daí a necessidade de revisão constante dos seus processos e do seu cronograma.

A aprovação no concurso da Polícia Federal pode não vir de primeira, mas a notícia boa é que basta ela acontecer uma única vez para você ocupar o cargo dos sonhos nessa renomada instituição. Coloque nossas 5 dicas em prática e aproxime-se do seu objetivo.

Você viu que uma das dicas principais é ter um diploma de ensino superior. Não deixe de conferir como a graduação impacta a vida do profissional e veja outros argumentos para dar esse passo tão importante.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.