Gastronomia Hospitalar: o que é e como trabalhar na área?

Quando pensamos na gastronomia, logo vem à mente a arte de preparar, cozinhar, apresentar e servir alimentos. Mas a gastronomia não se limita ao papel social e artístico que ajuda a gente a comer bem. Ela está presente em todos os setores da economia, com os mais diferentes propósitos ― do chão das fábricas à gastronomia hospitalar.

Embora muita gente não saiba, a gastronomia e as artes culinárias têm uma função importante no papel nutricional. Imagine uma escola: uma criança vai gostar de comer uma comida pálida e sem graça? Nos hospitais é ainda pior: além de todo o desconforto que envolve uma internação, ter de encarar uma alimentação insossa e com apresentação horrível pode, de fato, prejudicar o tratamento. ☹️

É por isso que o profissional da gastronomia hospitalar é tão importante para a recuperação do paciente. Vamos falar mais sobre esse tema? Veja, a partir de agora, o conceito, como funciona e onde um chef de cozinha especializado pode trabalhar.

O que é gastronomia hospitalar?

A gastronomia hospitalar tem o objetivo de contribuir para a eficiência da dietoterapia no ambiente hospitalar e em casas de saúde. Em outras palavras, a partir da alimentação prescrita a cada paciente, são elaborados pratos com apresentação atraente, texturas e cores que o incentivam a não rejeitar a comida por conta do aspecto e/ou sabor.

Como a alimentação faz parte do plano terapêutico do paciente, sendo uma aliada fundamental em sua recuperação, é preciso que esta traga conforto e bem-estar, tanto quanto ele teria em sua casa.

Você sabia que um problema recorrente nos hospitais é a desnutrição? ?Sim, porque, além da perda de nutrientes em razão do estado de saúde do paciente, ele ainda precisa se submeter à alimentação oferecida pelo hospital. Esta, porém, muitas vezes deixa a desejar, e o paciente se sente comendo uma “gororoba”.

Por outro lado, quando se combina uma alimentação própria para o quadro do paciente, mas com uma apresentação atrativa, com organização, cores, cheiro e textura agradáveis, a experiência de se alimentar muda para melhor. Logo, o paciente passa a aceitar bem a alimentação, e sua recuperação pode ser mais rápida, levando-o para a alta. ?

Como funciona essa área?

O trabalho de implantação da gastronomia hospitalar envolve diretamente os seguintes profissionais: nutricionista, gastrólogo e profissionais da cozinha. Enfermeiros e auxiliares de enfermagem também podem cooperar na entrega do alimento ao paciente.

Juntos, esses profissionais têm o desafio de quebrar o paradigma da comida ruim, sem sabor e sem sal relacionada aos hospitais. Nesse sentido, a nutrição representa o bem-estar físico do paciente, e a gastronomia representa o bem-estar social. Unindo as duas está o prazer em comer. ?️

Por isso, enquanto a nutrição pensa uma dieta equilibrada, os profissionais da cozinha, sob a liderança do gastrólogo, se empenham em preparar pratos que despertem uma experiência sensorial melhor. Isso proporciona maior ingestão alimentar, promovendo a saúde e a humanização do tratamento.

Para isso, a gastronomia hospitalar utiliza técnicas gastronômicas associadas às orientações nutricionais. Por exemplo: 

  • implantação de técnicas de culinária eficazes (cortes, cocção, molhos, apresentação etc.);
  • opções de cardápio para o paciente escolher o que quer comer;
  • refeições especiais em datas comemorativas;
  • implantação de manuais de padronização de dietas;
  • treinamento de equipes.

Como é o mercado e quais são as oportunidades?

A gastronomia hospitalar tornou-se um novo recurso para que os hospitais melhorassem o conforto de seus pacientes, logo, estão investindo cada vez mais em infraestrutura e na contratação de profissionais. ?

Além disso, a rede privada de hospitais também está de olho na competitividade, com foco na melhoria do serviço prestado e nos altos índices de recuperação dos pacientes, e busca inovação em seus processos, incluindo a gastronomia hospitalar.

Logo, a gastronomia hospitalar é uma área nova e em crescimento constante, cujas oportunidades de trabalho para os profissionais não faltam. Veja algumas delas aqui:

  • chef de cozinha??‍? ;
  • gestor de alimentação e equipes de cozinha hospitalar;
  • consultor de cardápios;
  • fornecedor de pratos (refeições congeladas, por exemplo);
  • treinador;
  • responsável pela segurança alimentar;
  • responsável de logística de alimentos e insumos.

O que é preciso para trabalhar nessa área?

O primeiro passo para trabalhar com gastronomia hospitalar é fazer um curso técnico ou superior em Gastronomia. A principal diferença entre eles é que, no curso superior, você sai com um diploma universitário??‍? , o que permite se especializar na área hospitalar e conseguir cargos e salários melhores.

O curso técnico em Gastronomia se destina a aprender rotinas da profissão, focadas muito mais no dia a dia da cozinha. Apesar de ser um bom começo de carreira, você pode se limitar a apenas algumas funções mais braçais.

Ao fazer a faculdade de Gastronomia, você vai receber conhecimentos muito mais abrangentes. Por meio deles, pode assumir cargos de gestão e liderança e uma posição de responsabilidade junto à equipe de nutrólogos e nutricionistas, colaborando em maior escala para o atendimento aos pacientes. Isso porque o curso trabalha disciplinas como:

  • Tecnologia de Alimentos;
  • Cozinha Nutricional;
  • Matérias-primas, Higiene e Controle de Alimentos;
  • Estrutura e Funcionamento dos Serviços de Alimentação;
  • Panificação e Confeitaria;
  • Planejamento de Cardápios;
  • Técnica Dietética Aplicada à Gastronomia;
  • Gestão de Serviços de Alimentação;
  • Consultoria em Alimentos e Bebidas.

Se a faculdade já é uma porta de entrada para trabalhar na área, aconselhamos ir mais além. Após se formar, que tal investir em uma pós-graduação em Gastronomia Hospitalar?

Nesse curso, você aprenderá a fundo sobre o funcionamento da cozinha de um hospital, gestão e liderança, relações de trabalho em equipes multidisciplinares de saúde, dietoterapia, entre outros assuntos relacionados à área.

Onde se capacitar em Gastronomia?

Você quer estudar Gastronomia em uma das mais respeitadas faculdades do país? Com conceito 4 no MEC (Ministério da Educação), a Anhanguera vem formando todos os anos milhares de alunos e se orgulha de mudar os rumos da educação e do trabalho. ?

O curso de Gastronomia da Anhanguera é um tecnólogo semipresencial. Une o melhor do ensino a distância a atividades práticas em laboratórios especializados, permitindo construir a melhor bagagem de conhecimento para atuar profissionalmente.

Além de ensinar técnicas gastronômicas, o curso também foca o desenvolvimento de um conteúdo teórico importante para o mercado como um todo, mas particularmente necessário para a gastronomia hospitalar.

Conceitos de legislação, nutrição, segurança alimentar, indústria, gestão, consultorias, entre outros, tornam-se essenciais para quem deseja trabalhar em um ambiente tão específico como a cozinha de um hospital. E essas disciplinas são garantidas na grade curricular da Anhanguera.

É uma formação que dá a você a base completa para entrar no mercado de trabalho e se aprofundar no futuro. ?

Venha já pra Anhanguera!

A Anhanguera é uma faculdade que trabalha duro para entender a realidade e as necessidades de seus alunos. Por isso, seus cursos são transformadores e permitem que você acesse até mesmo mercados de trabalho específicos como o da gastronomia hospitalar.

Então, não adie mais seu sonho da faculdade. Inscreva-se agora mesmo no curso de Gastronomia mais próximo de você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.