Engenharia Química ou Engenharia Civil? Como escolher?

Pela tradição e importância para a sociedade, a profissão de engenheiro é sinônimo de boas oportunidades no mercado de trabalho e de reconhecimento profissional. Essas características fazem com que vários estudantes busquem a carreira. É o seu caso? Então, está na direção certa!

Mas é necessário escolher a melhor área de atuação, e uma dúvida comum é optar entre Engenharia Química ou Engenharia Civil. Para decidir com tranquilidade, é essencial conhecer as características das graduações e suas diferenças. Ficou interessado e quer saber como escolher entre Engenharia Química ou Engenharia Civil? Então, continue a leitura! ?

Como é o curso de Engenharia Química?

A faculdade de Engenharia Química é do tipo Bacharelado e pode ser cursada no formato de ensino presencial. Logo, é necessário comparecer ao campus durante os dias úteis da semana para fazer provas e cumprir a carga horária.

Se você curte Biologia e gosta de cálculos, provavelmente já ficou em dúvida entre Farmácia ou Engenharia Química, não é mesmo? Apesar de terem características em comum, pois algumas funções podem ser exercidas pelos dois profissionais, os campos apresentam diferenças.

A graduação em Engenharia Química forma profissionais preparados para realizar a construção, os projetos e a operação de plantas químicas em escala industrial. Também é possível desenvolver produtos e equipamentos de transformação, que causam menos impactos no meio ambiente.

O curso conta com vários conteúdos teóricos, mas as aulas práticas são igualmente essenciais para a boa formação dos estudantes. Além disso, é necessário fazer estágios e elaborar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Veja, a seguir, as principais matérias estudadas: ?

  • Química Analítica;
  • Simulação e Otimização de Processos Químicos;
  • Máquinas de Fluxo;
  • Bioquímica Geral;
  • Algoritmos e Lógica de Programação;
  • Química e Ciência dos Materiais;
  • Fundamentos de Termodinâmica Química.

Para obter o tão sonhado diploma, você estudará Engenharia Química durante 5 anos, ou seja, 10 semestres.

Como funciona o curso de Engenharia Civil?

O curso de Engenharia Civil também é do tipo Bacharelado, com duração total de 5 anos. A graduação pode ser cursada em duas modalidades de ensino na Anhanguera: presencial e semipresencial. A matriz curricular conta com matérias generalistas nas áreas de Física, Matemática e Química.

Elas possibilitam aos estudantes ter um novo olhar sobre os espaços urbanos de modo a buscar soluções sustentáveis em seus projetos. Aliás, uma das preocupações na Anhanguera é proporcionar conteúdos atualizados em relação às novas tecnologias do ramo, levando em conta questões como desenvolvimento sustentável.

Logo, as principais disciplinas de Engenharia Civil são:

  • Saneamento Básico;
  • Tecnologia da Construção Civil;
  • Gestão e Saneamento Ambiental;
  • Resistência dos Materiais;
  • Projeto Arquitetônico para Engenharia Civil.

O profissional é responsável por projetar, supervisionar e executar obras de diversos portes, como a construção de grandes empreendimentos ou de uma residência. Assim, as habilidades com cálculos são fundamentais para uma carreira de sucesso. ?

Quais são as principais diferenças?

Como vimos, existem várias semelhanças entre os cursos de Engenharia Química e Engenharia Civil, como duração média, aulas práticas em laboratórios e necessidade de realizar um TCC ao final da graduação.

Contudo, existem diferenças entre as faculdades, principalmente em relação à atuação profissional e aos salários. No caso da Engenharia Química, os profissionais participam do controle de produção de projetos que envolvem transformações químicas.

Isso quer dizer que esse tipo de engenheiro é responsável por participar e coordenar a fabricação de vários produtos que necessitam de química para se transformar. Veja alguns setores e funções desempenhadas pelos engenheiros químicos:

  • assistência técnica — o engenheiro químico realiza o controle de manutenção e assistência de procedimentos e máquinas;
  • pesquisa de tecnologias — encontra máquinas e equipamentos que ajudam a produção e garantem qualidade de trabalho e dos produtos finais;
  • planejamento físico — organiza e projeta ambientes de trabalho em indústrias.

A remuneração desse profissional é bem atrativa: a média é de R$ 8.721,68*. ?

Já o engenheiro civil é responsável por orientar, projetar e executar todas as etapas de uma obra. Além disso, cria projetos e supervisiona equipes, de modo a obter os resultados esperados.

Após a conclusão do curso, os profissionais podem se especializar em uma das várias áreas de atuação em alta. Elas são:

  • Saneamento;
  • Estruturação e Fundação;
  • Gerência de Recursos Prediais;
  • Construção Urbana.

O salário do engenheiro civil também é de encher os olhos: é possível receber uma média de R$ 7.494,48* para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais.

Qual o perfil de profissional ideal para cada um deles?

O perfil ideal para quem deseja se tornar um engenheiro civil de sucesso é formado por várias habilidades que vão além de saber lidar com números. Muitas delas podem ser desenvolvidas durante a faculdade.

Veja as principais características desejáveis para quem pretende seguir carreira nessa profissão:

  • talento para trabalhar com equipes;
  • visão espacial;
  • capacidade de liderança;
  • conhecimento do mercado;
  • gosto pela inovação e tecnologia.

Já o engenheiro químico costuma ser bem analítico, tem senso prático e um pensamento lógico. Outras características que também devem ser desenvolvidas pelos futuros profissionais são:

  • criatividade;
  • atenção aos detalhes;
  • interesse pelos números;
  • trabalho em equipe;
  • gosto pelos estudos.

Como escolher entre Engenharia Química ou Engenharia Civil?

Se está em dúvida sobre qual graduação escolher, saiba que é importante levar em conta o seu perfil e a afinidade com as disciplinas de cada curso. Na hora de decidir, vale a pena enumerar quais áreas e funções você acredita que serão melhores para a sua rotina de trabalho e o que deseja para o futuro.

Independentemente da opção escolhida, é essencial ressaltar que as duas carreiras estão em alta no mercado, fazendo com que você tenha ótimas oportunidades de emprego. Além disso, é fundamental estudar em uma instituição de ensino conceituada para obter a melhor formação.

Na Anhanguera, além de um corpo docente qualificado e experiente, você ainda terá acesso ao Canal Conecta, portal que oferece vagas de emprego e estágio em grandes empresas do Brasil.

Sem contar as formas de ingresso facilitadas, a infraestrutura de ponta e a possibilidade de concorrer a bolsas de estudos!

Agora é com você!

Agora que já conhece as diferenças entre Engenharia Química ou Engenharia Civil, lembre-se de que as duas profissões oferecem excelentes oportunidades profissionais. Na hora de escolher uma faculdade, opte por aquela que tenha diferenciais exclusivos!

Curtiu saber um pouco mais sobre essas áreas promissoras e quer fazer o curso de Engenharia em uma faculdade de primeira? Então, inscreva-se no vestibular online da Anhanguera!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.