Para fazer o curso de Engenharia Civil, preciso saber desenhar?

engenharia civil desenho

“É preciso saber desenho na Engenharia Civil?” — essa é uma pergunta que uma galera se faz antes de prestar o vestibular para o curso da área. O motivo disso é simples: eles se preocupam que essa habilidade seja um pré-requisito para entrar na faculdade, o que pode acabar se tornando um empecilho para quem sonha em seguir carreira como engenheiro.

Se você também tem essa dúvida, vem com a gente que, neste post, contamos se isso é mito ou verdade e mais: mostramos como a questão dos desenhos aparece na rotina desse profissional. Acompanhe!

Entenda se é preciso saber desenhar para cursar Engenharia Civil

A resposta é não. Ter essa habilidade é um diferencial, mas não uma exigência. Isso porque o tipo de desenho em Engenharia Civil — que é chamado de desenho técnico — é bem específico, focando a elaboração da estrutura de obras e de projetos com etapas de construções diversas — desde características do terreno até aspectos internos de imóveis.

Portanto, você pode entrar na faculdade sem dominar essa tarefa e, à medida que aprende tudo sobre Engenharia Civil, vai estudando sobre o processo de desenvolvimento e de produção de plantas (isto é, os desenhos).

Uma dica bem útil para ajudar você nesse objetivo é participar das iniciativas que a sua instituição de ensino oferece para os alunos, como programas de extensão, oficinas, workshops e cursos extracurriculares de Engenharia Civil.

Muitas dessas atividades ajudam a se inteirar sobre quais técnicas são utilizadas na reprodução em papel de edifícios, instalações, solos e materiais. De quebra, ainda mostram como retratá-los graficamente nas proporções certas quanto aos objetos/espaços reais — o que requer um conhecimento sólido de matemática.

Veja como a tecnologia tem apoiado o desenvolvimento de projetos de Engenharia Civil

O desenho técnico em Engenharia Civil sempre foi de grande utilidade no ramo por esquematizar as etapas das obras, contribuindo para o planejamento dos cálculos de cada infraestrutura, dos responsáveis por cada tarefa, do tempo estimado de execução, do detalhamento de cada estrutura e dos protocolos de segurança do trabalho.

Porém, por muitos anos, tratou-se de um trabalho manual extenso e que demandava uma série de revisões e avaliações prognósticas para evitar falhas. Foi justamente aí que a tecnologia entrou para otimizar o setor, gerando novas oportunidades profissionais.

Afinal, foram desenvolvidos diversos softwares que permitem a criação de desenhos virtuais que ficam armazenados na nuvem e podem ser compartilhados com todos os envolvidos nos projetos, além de sofrer alterações em tempo real sem comprometer o andamento das atividades em fases posteriores.

Essa inovação acabou tornando mais prático o trabalho dos profissionais da área, permitindo que eles dediquem mais tempo à supervisão das tarefas e à orientação de pedreiros, carpinteiros, eletricistas, mestres de obras, serventes etc.

Essa mudança de atuação, inclusive, trouxe novas perspectivas acerca de quanto ganha um engenheiro civil. É por isso que, segundo levantamento do portal Salário, a renda dele pode variar entre R$ 6.694,16* e R$ 14.908,96*.

Descubra quais são os programas utilizados para desenvolver os desenhos na Engenharia

Ao longo do curso de Engenharia Civil, você verá que existe não só um, mas vários softwares utilizados no ramo. É o caso do SketchUp, AutoCAD, Revit, SAP 2000, MDSolids e CypeCad.

Portanto, ao descobrir a área de atuação ideal, será possível utilizar um ou mais deles que se encaixem nas atividades que você desempenhará no estágio, no programa de trainee ou mesmo no seu emprego formal.

Porém, não se engane: a popularidade deles não se deve apenas ao fato de que uma parte dos engenheiros não sabe ou não gosta de desenhar, viu? A grande verdade é que eles ganharam espaço entre os profissionais porque facilitam o fluxo de trabalho nas obras.

Afinal de contas, os projetos podem ser produzidos em menos tempo com a ajuda das ferramentas que eles oferecem e ainda dá para animá-los em 3D — o que permite ter uma melhor ideia de como ficará o resultado final da construção.

Além disso, vários deles disponibilizam recursos para fazer cálculos numéricos que tornem mais precisos determinados arranjos das obras, para emitir laudos técnicos, para avaliar o uso de materiais de acordo com as características dos terrenos e para checar aspectos relacionados à elétrica e à mecânica dos empreendimentos.

Saiba se é preciso já mexer em programas de desenho para cursar Engenharia Civil

Pode relaxar! Assim como não é obrigatório saber desenhar para cursar Engenharia Civil, também não é exigido que você já domine todos os softwares da área antes mesmo de ingressar no ensino superior.

Ao escolher a faculdade ideal para a sua formação, você terá a oportunidade de conhecer a respeito desses programas. Serão aulas práticas para entender mais a fundo a dinâmica de uso deles na construção civil e o principal: praticar a utilização deles em projetos experimentais e/ou integradores de disciplinas (como as de Resistência dos Materiais, a de Topografia e Georreferenciamento e a de Fundações).

Fora isso, você sempre pode (e deve) investir em cursos livres, de extensão e de capacitação para virar um expert quando o assunto é softwares de Engenharia Civil. Portanto, fique atento. A sua própria instituição de ensino pode oferecê-los gratuitamente ou por preços mais acessíveis, seja no campus, seja em ambientes de aprendizagem virtual.

Aliás, por falar em faculdade, os diferenciais da Anhanguera não ficam só nisso. Para ter ideia, os alunos dessa graduação contam com conteúdos pensados exclusivamente para desenvolver as habilidades e as competências profissionais que as grandes empresas procuram e ainda têm acesso ao Trilhas de Carreira — que trazem materiais complementares para você conhecer melhor os segmentos de atuação do engenheiro civil.

Isso sem mencionar a Aula Destaque — com profissionais de renome do ramo — e o Canal Conecta — que é uma plataforma planejada para facilitar a sua inserção no mercado. Massa, não é?

Prepare-se para o mercado com a melhor!

Siga as nossas dicas para desenvolver suas habilidades de desenho na Engenharia Civil tanto antes quando durante a faculdade e não se esqueça: estude numa instituição que vai ser sua parceira quando o assunto é qualificação profissional!

Por isso, já sabe: não perca tempo e inscreva-se agora mesmo em uma das modalidades do vestibular Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content