O que é preciso para se tornar um designer de interiores?

materiais de designer de interiores

Seu passatempo é ver fotos de decoração nas redes sociais? Gosta de assistir aos reality shows de reforma e dar sua opinião no trabalho realizado? Então, é bem provável que ser designer de interiores já tenha passado pela sua mente ao escolher a profissão que mais combina com você.

O profissional dessa área é responsável por planejar ambientes para aliar conforto, praticidade e, é claro, estética, de acordo com as necessidades do cliente. Tendo funções vitais no mercado imobiliário, é uma carreira em constante crescimento — sendo o salário do designer de interiores superior a R$ 2.190.

Quer saber como se tornar um profissional de sucesso nessa área? Preparamos uma série de dicas neste post. Boa leitura!

Faça uma graduação

Já parou para pensar no quanto um diploma de graduação impacta a vida profissional de uma pessoa? Afinal, são nos anos de faculdade que ela aprende a base da área, tem contato com professores já experientes e começa a construir sua rede de contatos. Além disso, pode desenvolver suas soft skills por meio de trabalhos acadêmicos e aulas.

Quando você escolhe a faculdade de Design de Interiores certa, todos esses benefícios se multiplicam. Tome como base os alunos da Anhanguera! Eles contam com:

  • uma infraestrutura completa e moderna;
  • conteúdos atualizados;
  • uma preparação focada no mercado de trabalho;
  • acompanhamento contínuo para sua formação;
  • formas de ingresso facilitadas e democráticas, a partir da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), bolsas e convênios etc.;
  • unidades mais próximas do que você imagina;
  • diferentes modalidades de ensino disponíveis para facilitar a sua vida.

Aprimore seus conhecimentos técnicos

Se você já fez pesquisas sobre a área, deve ter percebido que a grande diferença entre o designer e o decorador está nos conhecimentos técnicos: enquanto o primeiro lidar com plantas e organização da funcionalidade do ambiente, o segundo lida apenas com as questões técnicas. 

Como sabemos, ambas as atuações dependem de uma constante atualização. Isso porque as tendências de Design de Interiores mudam com frequência, e alguns clientes gostam de renovar seus ambientes de tempos em tempos. Ir em busca dos conhecimentos técnicos será um grande diferencial em seu plano de carreira.

Domine as ferramentas

Provavelmente, você já ouviu falar nos programas da Adobe Creative Cloud, certo? Pois saiba que a vida do designer de interiores ganha e muito com suas facilidades. São os principais:

  • para edição de imagem: Photoshop e Lightroom;
  • para criação de vetores e produções editoriais: InDesign e Illustrator;
  • para edição de conteúdos audiovisuais: After Effects, Premiere Rush e Adobe Premiere Pro.

Quando você domina essas ferramentas, conta com a tecnologia para todas as etapas de um projeto e torna seu trabalho mais profissional — o que é capaz de encantar o cliente. A boa notícia é que existem pacotes para estudantes, que reduzem seus custos com materiais.

Ao estudar aqui na Anhanguera, você começa a ter afinidade com esses programas desde o início da graduação. Os alunos têm acesso ao Adobe nos laboratórios especializados e em seus computadores pessoais, enquanto estiverem matriculados.

Tenha referências para seguir na profissão

Em todas as áreas do Design de Interiores, há boas referências pelo mercado que podem inspirar o seu trabalho. Isso não quer dizer que você vai copiar o que eles fazem, viu? Mas, principalmente quando você está no começo da carreira, pode levar um tempo para descobrir o seu estilo profissional.

Quando você acompanha essas referências, passa a compreender os motivos que levaram os designers a tais escolhas e, assim, forma seu repertório. Nessa pesquisa profissional, pode descobrir que se identifica mais com um estilo e, então, passa a adaptá-lo a fim de atender às necessidades de cada cliente. Quem sabe não se torna um modelo para outros recém-formados em um futuro breve?

Busque por um estágio

Para aprender, de fato, o que faz um designer de interiores, a prática é essencial. Por isso, além de buscar o apoio de uma faculdade, invista o seu tempo em um estágio — que pode ser feito durante a graduação, sem problemas! É nele que você terá os primeiros contatos com a área e aprenderá com colegas de profissão já experientes.

Sendo aluno da Anhanguera, você pode conquistar um emprego ou estágio bem mais fácil, sabia? Tudo isso graças ao Canal Conecta. Pelo portal de empregabilidade, estará um passo à frente da concorrência e disponível para se candidatar a vagas nas melhores empresas do país.

Crie seu portfólio

Além de um currículo criativo, o portfólio é um documento que faz a diferença na conquista de um bom emprego. Afinal, é por meio dele que você consegue mostrar o seu trabalho e seu estilo de Design ao recrutador. Para isso, basta reunir imagens dos principais projetos que desenvolveu.

Mesmo um currículo sem tantas experiências pode render um bom portfólio, sabia? Aí entra novamente o benefício de passar pela formação no ensino superior. Durante a faculdade, você certamente se envolverá em projetos, que servem para preencher o documento. Ele também mostra a sua evolução profissional e como você moldou seu trabalho a partir de novas experiências.

Escolha uma área de especialização

Na procura por referências, você deve ter notado que há profissionais especializados em determinados ambientes, em montagem de eventos, na indústria de móveis ou mesmo na consultoria. Esse, inclusive, é um excelente caminho para fazer o seu nome no mercado.

Durante os projetos, veja com qual área mais se identifica e invista seus estudos na especialização. Quanto mais conhecimentos nela você adquire, as chances de desenvolver diferenciais crescem. Conferir as tendências do Design e da tecnologia também é essencial, principalmente em termos de experiência do usuário.

Tornar-se um designer de interiores de sucesso é bem possível quando você investe em seu desenvolvimento. Afinal, estudar e conquistar objetivos têm tudo a ver! Então, por que não começar desde já a preparar o seu futuro, contando com uma faculdade que se preocupa com sua formação? Venha para a Anhanguera!

Gostou das informações e quer ajudar seus amigos a conhecerem a área do Design de Interiores também? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.