Passo a passo: confira como trocar de faculdade

Afinal, como trocar de faculdade? Se você cursa uma graduação, é bem provável que essa pergunta já tenha passado em sua mente, não é mesmo? Descontentamento com a instituição, desmotivação com o curso ou problemas financeiros são alguns dos motivos por trás do desejo de fazer transferência.

No entanto, esse processo de mudança envolve muitas incertezas e dúvidas, tanto pela decisão que deve ser tomada quanto pelo funcionamento do processo de transferência.

Pensando em tirar as suas dúvidas, preparamos este post para explicar como trocar de faculdade. Confira! ?

Como trocar de uma faculdade para outra?

Para fazer transferência de uma faculdade particular para outra, é importante saber se a inscrição para o processo seletivo na outra instituição está aberta. Depois, é preciso separar alguns documentos obrigatórios que serão solicitados no momento da mudança, como histórico escolar, documento de identificação com foto, CPF e histórico acadêmico.

Esse último apresenta todas as informações pertinentes para o responsável da instituição avaliar o pedido de transferência, como notas do estudante, carga horária, conteúdo programático, matérias cursadas, etc. Algumas faculdades podem exigir uma prova de transferência para avaliar a habilidade técnica do aluno.

Elas também podem delimitar o cumprimento de uma carga horária máxima ou mínima para fazer a mudança. Também é necessário verificar se existem vagas disponíveis na instituição a que você se destina.

De modo geral, as faculdades divulgam novas vagas em um período específico ao longo do ano. Logo, é fundamental ficar de olho nos regulamentos e informes da instituição. ?

Como funciona o processo de transferência de faculdade?

O pedido de transferência precisa ser feito junto à faculdade na qual o estudante está matriculado no momento. Normalmente, o processo é realizado na coordenação do curso, já que nesse departamento estão reunidos todos os dados acadêmicos dos alunos.

Por isso, o interessado deve se informar sobre as burocracias do processo com a secretaria da graduação. Antes de trocar de faculdade, saiba que existem dois tipos de transferência: transferência interna e externa. Veja como funciona cada uma delas!

Transferência interna

A transferência interna ocorre dentro da própria faculdade, ou seja, é a mudança de uma graduação para outra ou apenas de campus, desde que seja a mesma instituição de ensino. Nesse caso, os alunos devem procurar a secretaria do curso para saber se existe a possibilidade dessa mudança.

Isso porque algumas faculdades não permitem a mudança de curso que não tenha correlação entre os campos de conhecimento. Para essa troca, os alunos devem entrar em contato com a própria instituição e solicitar a transferência. Também é necessário buscar informações sobre os prazos e documentação necessária.

Transferência externa

Já a transferência externa é a mudança de uma instituição de ensino para outra, e fica a critério do estudante mudar de graduação ou continuar na mesma. Nesse caso, as documentações, prazos, burocracia e exigências necessárias devem ser buscadas na faculdade a qual deseja se transferir.

Na prática, a transferência externa também pode acontecer de uma universidade federal para uma faculdade privada, mas é preciso que tenham vagas disponíveis para o curso de interesse.

Além disso, é fundamental que os estudantes tenham a aceitação da nova instituição, pois, mesmo que cumpra os requisitos, a transferência pode ser negada.

Tem como mudar de faculdade e continuar no mesmo semestre?

Quando a matriz curricular dos dois cursos é semelhante, é possível que os alunos façam o aproveitamento de matérias já cursadas, ou seja, essas disciplinas podem ser eliminadas na nova faculdade e, com isso, é possível continuar no mesmo semestre.

Mas é importante que os estudantes se informem sobre todos os detalhes e funcionamento desse processo com a instituição de ensino de destino, já que cada faculdade apresenta sua particularidade nesse quesito.

De modo geral, você deve sinalizar em um documento as matérias cursadas e concluídas e quais quer aproveitar da graduação anterior. Logo, fica a critério da instituição avaliar e verificar a possibilidade de eliminá-las na sua futura grade curricular.

Caso as áreas dos conhecimentos sejam bem diferentes, é provável que você não possa fazer o reaproveitamento de disciplinas e, nesse caso, ficará em um semestre diferente do que está.

Como é o processo na Anhanguera?

Se você estuda em outra faculdade e quer participar do processo de transferência para a Anhanguera, saiba que nossa instituição aceita solicitações de transferência de estudantes que trancaram o curso há, no máximo, 6 meses.

Podem trocar de faculdade os alunos de Tecnólogos, Licenciatura ou Bacharelado nas modalidades EAD e presencial. Agora, confira como funciona o processo! ?

YouTube video

Transferência online

Caso você estude presencialmente, o pedido de transferência pode ser feito online — basta fazer a solicitação nesta página. Depois, envie os documentos solicitados, como:

  • conteúdo programático das matérias em que obteve aprovação;
  • atestado de vínculo com a faculdade de origem;
  • histórico escolar atualizado e oficial da instituição de origem.

Na hora da solicitação, você deve fazer o upload da documentação na sua Área do Candidato. Depois, basta aguardar a análise curricular. A Anhanguera analisa os documentos e retorna em alguns dias. O estudante receberá o e-mail de confirmação da transferência, podendo acompanhar a solicitação pelo Portal Digital do Aluno.

Transferência presencial

Também é possível fazer a transferência de modo presencial. Nesse caso, são 5 documentos originais solicitados para dar entrada nesse processo. Veja quais são:

  • conteúdo programático das matérias em que obteve aprovação;
  • atestado de vínculo com a faculdade original;
  • histórico escolar atualizado e oficial da instituição de origem;
  • CPF;
  • RG.

Bolsa Transferência

Todos os estudantes que fazem transferência externa para qualquer curso presencial da Anhanguera recebem uma bolsa de 50% de desconto nas mensalidades até o final da graduação. Já para as modalidades EAD, é oferecido um desconto que chega a 20% do preço de incentivo — maravilha, não é mesmo?

Caso você opte pela reopção de curso, saiba que você não perderá o acesso à bolsa de estudos! ?

Venha para a Anhanguera!

Agora que já aprendeu como trocar de faculdade, saiba que a Anhanguera está de portas abertas para receber você. Aqui, o aluno tem acesso a um ensino de excelência e corpo docente preparado e experiente!

Gostou do post e quer estudar em uma das melhores faculdades do país? Então, faça já a sua transferência para a Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.