Como se vestir na faculdade de Direito? Existe maneira correta?

como se vestir na faculdade de direito

As carreiras na área jurídica são bastante tradicionais por conta do prestígio profissional e da boa remuneração. Se você se interessa por esse caminho, lembre-se de que muitos dos trabalhos são realizados em ambientes formais. Logo, vale a pena aprender como se vestir na faculdade de Direito.

Ainda que não exista um código de vestimenta para frequentar a faculdade, saiba que o cenário será diferente após a formação. Mesmo os recém-graduados precisam escolher peças adequadas, que transmitam a confiança e a seriedade necessárias ao exercício da profissão.

A composição ideal do dress code representa uma dúvida recorrente entre os calouros. Será que aluno de Direito precisa usar terno? Acessórios são bem-vindos? E as mulheres, devem estar sempre maquiadas?

Elaboramos este conteúdo para ajudar pessoas como você, que não sabem por onde começar. Então, acompanhe as dicas e veja o que fazer enquanto for estudante!

Escolha roupas confortáveis

A fase da graduação é um momento repleto de liberdade para discutir assuntos polêmicos, experimentar métodos diferentes e explorar cada detalhe da área do conhecimento. Isso também acontece quando o assunto é roupa na faculdade de Direito.

O foco principal do aluno do curso de Direito deve estar nos estudos. Por isso, o melhor é investir em peças que proporcionem conforto para passar horas conferindo conteúdos. O look não deve causar incômodos ou deixar o estudante constrangido durante as aulas. Caso contrário, seu desempenho não será suficiente para um completo aprendizado.

Se não tem ideia de como se vestir na faculdade de Direito, comece selecionando roupas que deixam você à vontade. Evite tecidos justos, detalhes transparentes ou partes que marcam muito o corpo. Com o tempo, poderá trocar dicas com os colegas e avançar mais nas combinações.

Preze por peças versáteis

Algumas roupas são coringas no guarda-roupa dos advogados. As versões discretas e com visual clássico são as melhores opções porque funcionam em diversos contextos. Queira você uma carreira de concurso em Direito, atuação na magistratura ou trabalhos na iniciativa privada, pode apostar nelas sem medo!

É o caso das peças com corte reto e tecido plano. Essas características podem ser encontradas em calças, camisas, saias e blazers de várias lojas. O ideal é apostar em modelos de cores neutras, como preto, branco e outras variações discretas: cinza, bege, creme, marrom e azul-marinho.

Esses tons são fáceis de unir em um mesmo look, por isso, trazem versatilidade para que você repita peças ao longo da semana. Quando pensar em como se vestir na faculdade de Direito, lembre-se dessas opções e faça compras inteligentes.

Acerte na escolha dos sapatos

Não se limite ao caimento e às cores das roupas do aluno de Direito. O que colocamos nos pés faz toda a diferença para a valorização da aparência pessoal. Uma dica para manter a harmonia é evitar grandes contrastes que chamem a atenção para o calçado.

Assim, procure preservar a cartela básica de tons do look. Utilize sempre um sapato que tenha a mesma coloração da roupa e, principalmente, da meia. Mulheres encontram maior variedade de modelos em forma de mocassim, scarpins (de salto baixou ou alto) e até sapatilhas.

Para todos os públicos, o bom e velho pretinho básico salva na hora da dúvida. Então, se você tiver que escolher apenas um calçado, dê preferência aos escuros e com design clássico.

Pense nos acessórios

Eles arrematam qualquer composição e podem ser ótimos aliados para incrementar seu visual no ambiente acadêmico. É claro que, ao longo da formação e depois da formatura, você terá construído um estilo único para transmitir as mensagens certas com seu perfil profissional.

Para os meninos, cinto e gravata costumam deixar o conjunto mais requintado, transmitindo sobriedade e profissionalismo. Já as moças podem lançar mão de lenços e joias variadas, como brincos, colares, anéis e pulseiras. As versões com acabamentos tradicionais, tipo banho de ouro e prata, combinam com tudo.

Capriche nos penteados

Se você já tem uma noção de como se vestir na faculdade de Direito, por que não voltar a atenção para os penteados? Nossos cabelos podem enviar diferentes mensagens ao público. Tudo depende da forma como são dispostos e dos elementos que vêm associados, como uma presilha.

Os homens preferem cortes simples e discretos justamente para garantir que a atenção das pessoas permaneça em seus gestos e discursos. No entanto, visuais mais modernos e descolados também têm sido bem-aceitos, inclusive quando envolvem barba.

Mulheres podem adequar os penteados ao próprio perfil e incrementá-los com maquiagens, por exemplo. Para elas, os cortes mais curtos, retos e sem camadas transmitem poder e autoconfiança. Madeixas longas e com curvas geram movimento, passando a impressão de uma pessoa simpática e acessível.

Para acertar nas escolhas, procure referências com quem entende do assunto. Ainda que você saiba praticamente tudo sobre Direito, não custa dar uma espiada em conteúdos produzidos por pessoas que trabalham com moda e imagem pessoal.

Experimente trajes formais

O combo terno e gravata é o queridinho de diferentes tipos de advogados. Se aplicarmos a mesma lógica para as mulheres, não pode faltar um bom blazer com saia ou calça de alfaiataria.

Mesmo que você não tenha o costume de usar essas peças, dê uma chance a elas quando ainda for estudante. Não tenha vergonha de ousar nas combinações e encontrar modelos adequados ao seu estilo. Pense que muitos dos colegas também não sabem ao certo como se vestir na faculdade de Direito.

Faça mais testes ao final do curso

Os últimos semestres são os melhores períodos para experimentar os trajes típicos da profissão. Então, logo que entrar na faculdade, reserve os meses finais para ir se familiarizando com a ideia de vestir roupas diferenciadas. Lembre-se de que você pode contar com a gente para ingressar com facilidade.

E por que escolher Direito na Anhanguera? Os motivos vão além da qualidade dos cursos distribuídos em diferentes unidades. Aqui, você vai obter conhecimentos variados para prestar o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e aplicar os conteúdos em espaços como o núcleo de práticas jurídicas, o escritório-escola e o juizado especial.

Toda essa estrutura será eficaz para a construção de uma trajetória de sucesso. Também contamos com um ambiente exclusivo para a troca de oportunidades entre profissionais e recrutadores de diversas empresas. Trata-se do Canal Conecta, no qual você poderá encontrar o seu primeiro cargo na área.

Não espere mais para construir uma carreira de destaque na advocacia!

Ficou claro que não há obrigação de usar trajes específicos ao longo da graduação. Porém, aprender como se vestir na faculdade de Direito pode fazer com que sua inserção no mercado de trabalho ocorra de maneira mais tranquila. O importante é respeitar o seu ritmo de adaptação e fazer os testes aos poucos.

E já que falamos de Direito, que tal aproveitar para prestar o vestibular? Acesse o nosso site e inscreva-se!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content