Técnico em Gastronomia: vale a pena fazer esse curso?

Gosta de cozinhar e tem interesse pelo universo culinário? Então, o curso de Gastronomia foi feito para você! Trata-se de uma das artes mais admiradas no mundo, já que reflete costumes e aspectos culturais. Ela inclui desde o preparo dos alimentos até a composição de pratos, bebidas, materiais e condimentos. Interessante, não é mesmo? 😎

Para se tornar um profissional completo e requisitado pelo mercado, é muito importante passar por uma qualificação. A boa notícia é que o curso é ofertado em diversas modalidades, desde a técnica à graduação em Gastronomia. Mas você já sabe como funciona o técnico em Gastronomia? Para ajudar a entender mais sobre esse tipo de formado, preparamos este post com as principais informações. Vamos acompanhar?

Como funciona um curso técnico em Gastronomia?

A Gastronomia é a arte de preparar os alimentos, cozinhar e criar — e reproduzir — pratos. O gastrônomo domina tudo isso como ninguém, e é capaz de trazer para a sociedade experiências únicas e memoráveis.

Com duração média de 2 anos (4 semestres), o curso de Gastronomia permite aprimorar os dotes culinários e aumentar o repertório na cozinha. Tudo isso por meio de técnicas essenciais. Durante a formação, o aluno desenvolve habilidades para manusear alimentos, selecionar e tratar ingredientes, criar cardápios, supervisionar uma cozinha profissional e até mesmo gerenciar restaurantes.

O curso técnico de Gastronomia é ofertado na modalidade presencial. Como veremos mais adiante, as aulas práticas são fundamentais a essa formação. Afinal, você terá que literalmente pôr a mão na massa! 👨🏼‍🍳

Quanto ao o que se estuda em Gastronomia em um curso técnico, cabe dizer que as disciplinas são mais práticas e menos teóricas. Você aprenderá a Gastronomia de diversos países, panificação, segurança alimentar, higiene e controle de alimentos, entre outros saberes.

Ah, e quanto as possibilidades de atuação, saiba que o mercado sempre tem demanda para o gastrônomo formado. Afinal, são vários os locais que necessitam da atuação desse profissional. Entre eles, podemos citar:

  • restaurantes;
  • bistrôs, bares e pubs;
  • confeitarias;
  • hotéis e pousadas🏨;
  • hospitais 🏥— na área da Gastronomia Hospitalar;
  • indústria alimentícia;
  • escolas 🏫;
  • empresas de fiscalização sanitária, etc.

Quais são as principais vantagens desse tipo de curso?

Você já teve uma noção de tudo o que precisa saber sobre Gastronomia, certo? Agora vamos explicar como é e quais as vantagens e desvantagens de um curso técnico.

Existem algumas vantagens de fazer um curso técnico em Gastronomia. Confira abaixo.

A duração é mais rápida

Os cursos técnicos têm como característica principal a menor duração, especialmente em relação à graduação. A maioria das formações tem durações entre 2 a 3 anos. Uma ótima escolha para quem precisa ingressar mais rápido no mercado de trabalho.

No entanto, como são focados para a prática, você não terá acesso aos conteúdos teóricos — essenciais para um conhecimento mais amplo do mundo da Gastronomia.

Têm bom custo-benefício

Outro benefício dos cursos técnicos é que você paga valores mais baixos. Ou seja, você se formará em pouco tempo e desembolsando valores acessíveis.

No entanto, também é possível cursar uma graduação em Gastronomia pagando mensalidades baratas e com possibilidade de descontos. Como? Na Anhanguera!

Preparam você para a faculdade

Com os conhecimentos adquiridos no formato técnico, você pode se dar muito bem em uma formação de nível superior. Afinal, todo conhecimento será útil para tirar boas notas e até para eliminar matérias a depender do curso! 🔝

Quais são as desvantagens?

Mesmo com vantagens atrativas, não poderíamos deixar de falar das desvantagens do curso técnico. Você deve analisá-las com bastante cuidado antes de ingressar em uma formação. Afinal, dependendo da carreira que deseja trilhar, é importante fazer uma escolha acertada, não é mesmo?

Confira abaixo algumas das desvantagens.

Os cursos técnicos não são de nível superior

Se você quer cursar um curso técnico em Gastronomia, deve saber que essa formação não é de nível superior, como uma graduação. Ao final do curso, você receberá um certificado de conclusão, que não é equivalente a um diploma de faculdade.🙁

E sabemos como um diploma de graduação é requisito básico para conquistar boas oportunidades no mercado de trabalho, não concorda!?

As possibilidades de crescimento são menores

Ao contrário de quem cursa uma graduação, os formados em cursos técnicos têm menos possibilidades de conquistar vagas mais específicas e que pagam melhor. Além disso, com o certificado de conclusão em um técnico em Gastronomia, não é possível entrar em qualificações como uma pós.

Com um mercado de trabalho bastante exigente, inclusive o da Gastronomia, ter mais capacitações garante possibilidades melhores, inclusive de atuações e de salários.

A formação é mais abrangente

Os cursos técnicos precisam abordar os conteúdos de forma mais abrangente. A parte teórica, tão importante para um profissional completo, é deixada de lado. O foco está apenas na prática.

Na Anhanguera, a graduação em Gastronomia oferece tanto matérias teóricas como práticas, o que contribui com o desenvolvimento profissional do gastrônomo em todos os sentidos.

YouTube video

Quais são as principais diferenças em relação à graduação?

Você já conhece a diferença entre um curso técnico e a graduação? É essencial conhecer essas diferenças, pois, assim, você tem base para escolher o que mais tem a ver com seus objetivos de carreira.

As graduações, por abordagem conteúdos mais amplos, têm uma duração maior, de 4 a 5 anos em média. No entanto, valem super a pena, pois são de nível superior. Ou seja, ao final da formação, você receberá um diploma de curso superior, o que é extremamente valorizado pelo mercado.

As suas chances de empregabilidade são bem mais altas, com possibilidades de salário melhores e acima da média.

Entre os tipos de graduação, temos o curso Tecnólogo, que também é de nível superior. 🧑🏿‍🎓A boa notícia é que as formações tecnólogas também são de curta duração e conferem diploma. Aqui, na Anhanguera, você se qualifica em apenas 3 anos (6 semestres). Ou seja, também pode entrar mais rápido no mercado.

Dê o próximo passo rumo ao sucesso!

O técnico em Gastronomia é interessante, mas, como foi possível perceber, vale muito mais a pena cursar uma graduação na área. Seu futuro profissional tem mais chances de crescimento — assim como a possibilidade de se tornar um grande chef!

Sendo assim, que tal vir estudar Gastronomia aqui, na Anhanguera? Além da certificação no Ministério da Educação (MEC), temos diferenciais focados no seu sucesso.

Então, aproveite que está aqui e faça agora mesmo a sua inscrição no vestibular online de Gastronomia! 🚀

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.