Vale a pena ser técnico em Rede de Computadores?

técnico em Rede de Computadores

Em alta, o ramo da Rede de Computadores vem atraindo cada vez mais interessados. Isso porque, no mercado de TI — área na qual ele está inserido —, a demanda por profissionais qualificados é constante. Sendo assim, se você gosta de lidar com tecnologia, lógica, programação e planejamento, o curso de Rede de Computadores é a opção ideal!

No entanto, será que vale a pena ser técnico em Redes de Computadores ou investir em uma graduação? Afinal de contas, como você verá ao longo do texto, ambas são opções diferentes. Pensando em ajudar a responder a essa questão e a decidir qual é o melhor caminho para uma carreira de sucesso, preparamos este artigo completo sobre o tema. Vamos acompanhar?

Como funciona o curso técnico de Rede de Computadores?

Antes de falarmos especificamente sobre a formação técnica em Redes de Computadores, explicaremos o que é um curso técnico. Trata-se de uma categoria do sistema de educação brasileiro que se enquadra entre o ensino médio e o superior. Seu foco está 100% na prática, e o objetivo e preparar, com rapidez, profissionais devidamente qualificados para ingressar no mercado.

Além disso, também cabe destacar que os cursos técnicos são diferentes dos Tecnólogos, embora os nomes soem bem parecidos. Sendo assim, não se confunda: a formação tecnológica é de nível superior, já a técnica, não.

Agora, sim, podemos comentar sobre o curso técnico de Redes de Computadores! Com duração média de 2 a 3 anos, nesta formação, você aprenderá a:

  • instalar e configurar programas de computadores em equipamentos de redes;
  • diagnosticar e corrigir falhas físicas e lógicas em redes de computadores;
  • configurar acessos de usuários;
  • configurar e-mails, servidores, e-mails, impressoras, scanners etc.;
  • manter cabeamentos;
  • implementar recursos de segurança.

Para entrar no curso, você pode estar cursando (segundo ou terceiro ano) ou já ter terminado o ensino médio.

Qual é a diferença do curso técnico para a graduação em Rede de Computadores?

No tópico acima, comentamos um pouco entre as diferenças do curso técnico e do Tecnólogo, certo? Agora, você entenderá como a formação técnica é diferente de uma graduação.

A primeira — e principal — diferença é que as graduações pertencem ao nível superior. Além disso, têm foco tanto na prática quanto na teoria, tornando os estudos mais completos e capacitando o aluno a entender de tudo um pouco sobre a área.

Podemos dizer, então, que a formação técnica é mais superficial, pois a base teórica é pouquíssimo trabalhada. Mais para a frente, isso pode ser um empecilho para que o profissional atue em certos cargos na área de Redes de Computadores.

Outro ponto: existem diversos tipos de graduação: Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo. O curso de Rede de Computadores aqui, na Anhanguera, é ofertado na modalidade tecnóloga. Sendo assim, pertence ao nível superior. Com duração de apenas 2 anos e meio (5 semestres), é uma ótima alternativa entre os cursos superiores de curta duração, não é mesmo!?

Por fim, é fundamental destacar que, ao final da graduação, você receberá um diploma de nível superior. E não é segredo algum que isso é de suma importância para obter boas oportunidades no mercado atual, certo? O curso técnico de Redes de Computadores, por outro lado, confere ao aluno um certificado de conclusão. Embora agregue bastante ao currículo, ele não tem o peso de um diploma.

Qual é a diferença na atuação do técnico para o graduado em Redes de Computadores?

O graduado em Redes de Computadores pode trilhar sua carreira em diferentes segmentos, a depender de seus objetivos profissionais. Aqui, alguns exemplos são:

Agora, você deve estar se perguntando sobre quais tipos de negócios demandam a atuação do graduado em Redes de Computadores, não é mesmo? Abaixo, listamos alguns segmentos nos quais esse profissional é requisitado:

  • empresas da área da tecnologia;
  • empresas privadas e públicas;
  • operadoras de telefonia e internet.

Quanto aos cargos aos quais o graduado em Redes de Computadores pode exercer, também há uma variedade. Você pode se tornar, por exemplo:

  • analista de suporte;
  • analista de segurança de redes;
  • administrador de redes;
  • gestor de redes;
  • gerente de projetos;
  • consultor de TI;
  • consultor de tecnologia de redes, entre outros.

Mas e o técnico em Redes de Computadores?

Quem opta pelo curso técnico em Redes de Computadores está apto a exercer várias das funções que listamos logo acima. No geral, esse profissional trabalhará na parte operacional da implantação de sistema de dados. Já os tecnólogos, além dessas competências técnicas operacionais, ainda têm habilidades para lidar com a gestão de redes.

Para resumir, embora a demanda por profissionais de nível técnico seja alta no mercado, o curso não garante vastas possibilidades de carreira. O aluno formado, por exemplo, não poderá cursar uma pós-graduação ou participar de alguns concursos públicos. Vantagens que aqueles que procuram a graduação podem usufruir.

Por que vale mais a pena investir em uma graduação em Rede de Computadores?

Até aqui, trouxemos várias informações sobre curso técnico e graduação em Redes de Computadores. Você pode perceber que a formação técnica é sim uma opção, mas, quem ingressar no nível superior tem mais vantagens.

Na graduação, você amplia seus conhecimentos, desenvolve habilidades importantes para conquistar uma boa vaga, adiciona no currículo um diploma de nível superior, tem salários maiores. De acordo com o levantamento do Salário, os ganhos de um graduado em Redes de Computadores são de aproximadamente R$ 4.853,75*.

Mais uma boa notícia é que, escolhendo uma faculdade de qualidade, é possível estudar Redes de Computadores a distância. Esse é o caso da Anhanguera!

Não fique de fora dessa

Agora você já sabe mais sobre o técnico de Redes de Computadores, como ele funciona e o que se aprende. No entanto, viu que uma opção ainda melhor é ingressar em uma graduação para crescer na carreira e potencializar sua empregabilidade. Mas não se esqueça de que escolher uma boa faculdade é fundamental para obter esses resultados. Então, que tal vir estudar com a gente na Anhanguera?

Para falar com o time Anhanguera ou até mesmo conhecer as modalidades de ingresso, acesse agora mesmo o nosso site. Te esperamos por lá!

* Sujeito a alterações.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.