Terapias Integrativas e Complementares: o que é?

o que e Terapias Integrativas e Complementares

Existem diversas maneiras de atuar na área da saúde, desde os mais conhecidos cursos da área até as Terapias Integrativas e Complementares que, por sinal, estão se destacando entre as tendências do mercado de trabalho.

As Terapias Integrativas e Complementares são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais e têm como objetivo principal prevenir doenças, como dores, depressão e hipertensão.

Também conhecidas como Práticas Integrativas e Complementares, ou apenas PICs, algumas de suas vertentes são: aromaterapia, musicoterapia e arteterapia.

Mas não precisamos ir tão longe quando falamos de PICs: a meditação também é uma de suas importantes linhas, e muitos profissionais optam por ela na hora de se especializar.

Agora, mesmo que você já tenha ouvido falar sobre o assunto e até esteja pensando em ingressar na área, é comum não saber o que o termo significa de fato.

Pensando nisso, preparamos este material para tirar todas as suas dúvidas sobre essa área de atuação. Confira!

Como é a atuação em Terapias Integrativas e Complementares?

O profissional formado na área é responsável por atuar com ética profissional em todas as etapas dos atendimentos que for realizar e deve aperfeiçoar competências específicas para o desenvolvimento de habilidades voltadas à aplicação das artes terapêuticas.

Terapias como a Biodança, Constelações Familiares, Bioenergética e Reiki estão inclusas no pacote das Terapias Integrativas e Complementares, possibilitando assim o bem-estar dos pacientes com práticas menos invasivas.

Embora seja possível entrar no mercado de trabalho por meio de cursos livres e independentes para cada uma dessas áreas, o profissional formado em uma graduação tem mais possibilidades de atuação e maior reconhecimento.

Além disso, profissionais formados em outras graduações, como o curso de Psicologia, podem se beneficiar muito com mais essa especialização.

Quais são as principais responsabilidades de um profissional de Terapias Integrativas e Complementares?

De modo geral, um profissional formado na área trabalha para promover a saúde e o bem-estar dos pacientes de forma complementar e, em grande parte das vezes, preventivo ao tratamento convencional.

O objetivo é realizar um atendimento cada vez mais humanizado, por meio de atividades que auxiliam diretamente na recuperação e no equilíbrio das emoções de forma completa: corpo, mente e espírito.

Segundo o Ministério da Saúde, a procura por Práticas Integrativas Complementares cresceu cerca de 46% no SUS (Sistema Único de Saúde). No entanto, para se destacar como profissional, conhecer suas responsabilidades e cumprir cada uma delas é fundamental.

Veja quais são essas obrigações:

  • desenvolver competências de gestão e conduta ética, a fim de atuar em clínicas, consultórios ou instituições de saúde de modo geral;
  • conhecer de forma abrangente as Terapias Integrativas para que sejam aplicadas de forma correta e complementar em tratamentos de saúde ou de forma preventiva;
  • aprofundar-se na fisiologia e na anatomia humana visando reconhecer formas de reestabelecer o equilíbrio físico, mental e emocional do ser humano, em diferentes níveis de complexidade, entre outros.

Além das competências ideais do profissional holístico, é importante entender como o curso funciona na prática. Por esse motivo, no próximo tópico, você encontra informações completas e concretas sobre o curso de Terapias Integrativas e Complementares.

Como funciona o curso em Terapias Integrativas e Complementares?

A graduação em Terapias Integrativas e Complementares é um curso oferecido na modalidade a distância e no formato de graduação tecnológica. Isso garante que você receba um diploma universitário com maior flexibilidade e em tempo reduzido.

Por ser 100% online, é prático na hora de aprender e também de fácil acesso. Basta um smartphone, computador ou notebook com acesso à internet para estudar e se aperfeiçoar.

O objetivo do curso é a formação de um profissional da área da saúde com visão holística. Ela visa compreender os fenômenos na sua totalidade e globalidade para, assim, dominar os conhecimentos necessários, condutas e competências inerentes às Terapias Integrativas e Complementares.

Em suma, não são métodos alternativos nem mesmo esotéricos, como algumas pessoas podem pensar, mas um complemento aos atendimentos convencionais.

Quais são as principais matérias abordadas no curso de Terapias Integrativas e Complementares?

Já falamos de diversos aspectos do curso de Terapias Integrativas e Complementares, mas, afinal, quais são as principais disciplinas ensinadas na formação?

A verdade é que esse é um curso bem versátil, o que pode ser um ponto positivo caso você goste de variedade de informações. Veja algumas das suas matérias:

  • Cosmetologia;
  • Farmacologia;
  • Fitoterapia;
  • Formação Integral em Saúde;
  • Gestão, Qualidade e Segurança do Paciente;
  • Homeopatia;
  • Psicologia Aplicada à Saúde;
  • Terapias Alternativas e Qualidade de Vida;
  • Terapias Integrativas Corporais;
  • Terapias Integrativas Energéticas;
  • Terapias Integrativas Orientais;
  • Terapias Integrativas para o Bem-Estar.

E outras que podem ser divididas entre os temas: Anatomia, Fisiologia, Biologia e Bioquímica Humana, Biossegurança, Primeiros Socorros, Marketing, Empreendedorismo e Inovação.

Qual é o valor e a duração da faculdade de Terapias Integrativas e Complementares?

Com mensalidades a partir de R$ 159,90*, a graduação em Terapias Integrativas e Complementares é oferecida na modalidade a distância, com duração de 3 semestres. Ideal para quem deseja realizar um curso de nível superior em um prazo mais curto.

Por ser um curso 100% online, traz mais flexibilidade, além de apostar em estratégias de ensino-aprendizagem ativas. Elas colocam o aluno como protagonista e promovem o desenvolvimento de competências fundamentais para uma formação integral.

Por esse motivo é tão importante escolher a instituição de ensino que permita essa imersão nas disciplinas e na carreira, além de considerar outros pontos que merecem destaque nessa decisão: reconhecimento e abrangência nacional e mensalidades que cabem no seu bolso.

A Anhanguera é uma das instituições privadas mais populares e de referência no Brasil, e isso não só pelo nome de prestígio, mas também por seu ensino superior ser, de fato, digno do nome.

Além disso, é possível encontrar uma unidade ou polo da Anhanguera em diversas regiões do país, contando com unidades em 22 diferentes estados e também no Distrito Federal.

Por fim, os nossos cursos têm valores acessíveis, principalmente a distância, que requerem um menor investimento e seguem as tendências do mercado de trabalho.

Faça Terapias Integrativas e Complementares na Anhanguera!

Pensando em fazer uma faculdade de Terapias Integrativas e Complementares? O terapeuta formado na área precisa ter uma visão colaborativa, pois o trabalho em equipe multidisciplinar é muito recomendado.

Gostou do curso e quer ingressar na área o quanto antes? Faça agora sua inscrição!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content