6 tendências do mercado de trabalho que você precisa conhecer

tendências mercado de trabalho

Profissões do futuro, tendências do mercado de trabalho, novas habilidades a serem desenvolvidas… De tempos em tempos, a gente é impactado por novidades que vão mudar a forma como podemos nos desenvolver e conquistar ótimos empregos. Isso é supernatural e fruto do progresso.

Há algum tempo, nós já observamos as transformações que aconteciam em um ritmo acelerado graças aos investimentos em tecnologia, não é? Empregos tradicionais já não existem hoje, como os telefonistas — até porque, a gente mal usa telefone fixo.

Em compensação, muitas outras profissões foram criadas, como os geneticistas e as inúmeras manipulações de DNA ou a tendência de Big Data, presente em qualquer setor.

Nesse sentido, a gente precisa acompanhar as tendências do mercado de trabalho. Assim, podemos correr atrás de atualizarmos nosso currículo de maneira a criar um diferencial competitivo.

É essa a razão de existir deste artigo, viu? A seguir, a gente comenta em detalhes as principais tendências do mercado de trabalho para você não parar no tempo. Vem com a gente!

Autogestão

Se você quer saber como se destacar no trabalho, vai precisar dominar sua autogestão — ou seja, sua capacidade de se organizar e fazer entregas de qualidade nos prazos estipulados.

Isso acontece porque líderes e supervisores não têm mais a preocupação de microgerenciar, que, no caso, é ficar olhando cada uma das entregas de seus colaboradores. A verdade é que o futuro do trabalho olha mais para resultados e indicadores, então, cabe a nós nos organizarmos para entregar aquilo que é esperado.

Dessa forma, se você é o tipo de pessoa que precisa ser cobrada para fazer, vai ter que rever urgente esse padrão. É interessante fazer listas de prioridades no dia e ter planos para a semana que estão dentro de um planejamento maior: o mensal.

Algumas dicas podem ajudar a preparar melhor você para essa que e uma das tendências do mercado de trabalho:

  • trabalhe com o celular no silencioso ou modo avião e cheque-o apenas de tempos em tempos;
  • tenha pequenas metas ao longo do dia. Fazer uma lista e dar check em cada uma traz uma ótima sensação de dever cumprido;
  • coloque alguns minutos de descanso ao longo do dia — a gente não é de ferro, afinal.

Processos seletivos virtuais

Um fato: o jovem e o mercado de trabalho atual dificilmente vão precisar se preocupar com processos seletivos presenciais, que obrigavam as pessoas a se deslocar por quilômetros, ter que se ausentar do trabalho atual e repensar todo o dia.

Hoje, a maior parte das empresas aposta nos processos seletivos online, que traz inúmeras vantagens: são mais baratos (para ambos os lados), existe mais conforto e acabam sendo mais democráticos — você só precisa de uma conexão de internet.

Mas isso não quer dizer que é só aparecer no horário e pronto, viu? Há alguns fatores que vão impactar positivamente os recrutadores:

  • além de ser pontual, ligue sua câmera durante a entrevista. A empresa, de fato, quer conhecer você melhor;
  • escolha um lugar tranquilo, em que você possa falar à vontade e ser ouvido sem interrupções;
  • faça processos seletivos com certa frequência, mesmo que esteja satisfeito no trabalho. Isso mostra o que outras companhias estão buscando e pode ajudar você a se desenvolver com mais eficiência.

Teletrabalho

O profissional do futuro, antes da pandemia, mal falava em teletrabalho ou trabalho remoto. Eram poucas as empresas que liberavam o home office, mais companhias jovens e startups, com cultura flexível, certo?

Nisso, veio o ano de 2020 e fez todo mundo se reinventar. Assim, o futuro (e presente) do trabalho pede que as organizações tenham mais flexibilidade e ofereçam o formato de teletrabalho até como um diferencial. Isso permite mais felicidade dos seus colaboradores, que não enfrentam trânsito e acabam ganhando um tempinho extra para atividades de lazer ou de ócio mesmo.

Como se dar bem nesse formato? Temos alguns conselhos:

  • crie uma rotina de horários e evite trabalhar mais que o estipulado ou você vai se estressar;
  • arrume-se para o trabalho. Claro que você pode ter mais conforto, mas o hábito de se arrumar traz até mais energia;
  • converse com o pessoal de casa para respeitar. Você não saiu para a empresa, mas isso não significa que pode ser interrompido a cada 5 minutos, concorda?

Diversidade e inclusão

Se você prestou algum processo seletivo recentemente, deve ter percebido que as empresas perguntam questões sobre você como cor de pele, orientação sexual ou se é PCD (pessoa com deficiência).

Isso existe para que as empresas garantam mais diversidade no quadro de colaboradores. Para as companhias, é muito importante, afinal, a diversidade traz formas de pensar diferentes, o que abre caminho para a inovação e para que o negócio converse com os mais diferentes tipos de pessoas. Já para a sociedade, isso permite mais inclusão e menos desigualdade.

Soft skills 

Habilidades digitais, como ter conhecimento de alguns softwares, são cada vez mais necessárias, mas não só elas. As soft skills, que são habilidades que têm mais a ver com nossa personalidade, também contam muitos pontos e são uma das fortes tendências do mercado de trabalho.

Além da autogestão, que já citamos, podemos falar em:

  • inteligência emocional — ou seja, conhecer você mesmo, entender e perceber seus sentimentos, ser automotivado e ter propósito, para não forçar a barra e chegar ao estado de saturação e estresse;
  • empatia, que é a característica de se colocar no lugar do outro. Exemplo: viu que seu chefe está supernervoso? Então, não é o melhor momento para pedir um salário mais alto. A empatia está bem conectada à inteligência emocional;
  • trabalho em equipe, porque hoje ninguém mais trabalha isolado, então, ter bons relacionamentos interpessoais permite que você trabalhe melhor e cresça na empresa;
  • habilidades de comunicação, seja para falar em público, conversar com colegas ou redigir e-mails. Aqui, a concisão e o conhecimento fazem toda a diferença.

O fato é que as soft skills podem ser desenvolvidas ao longo da sua trajetória — ninguém nasce sabendo. A dica é ler mais sobre o assunto, analisar seus comportamentos e buscar cursos rápidos também.

Novos formatos de contratação

Antes, a gente só ouvia falar em CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) — o sonho da carteira assinada. Mas, atualmente, existem novas formas de trabalho que são interessantes tanto para as empresas quanto para seus funcionários. Entre elas, estão:

  • trabalho freelancer, no qual você é um PJ (pessoa jurídica). Uma vez que não há vínculo empregatício, você consegue prestar serviço para as mais diversas empresas. Só é preciso abrir MEI (Microempreendedor individual) ou empreendedor individual, para tirar notas e prestar contas;
  • contratação temporária, no qual o vínculo é feito por um determinado período e permite que você ganhe experiência, podendo ser efetivado ao final dele;
  • trabalho intermitente, você vai receber por hora ou período trabalhado da mesma maneira — ou seja, pelo tempo que trabalhou.

Agora está nas suas mãos!

Quando você presta atenção nessas tendências do mercado de trabalho e escolhe uma ótima faculdade, com grade curricular atual e bons professores, já sai na frente na busca de um ótimo emprego e consegue se sobressair no mercado. A Anhanguera cumpre esses requisitos e tem muitas outras vantagens. Então, considere a gente na hora de escolher.

Você já está super por dentro das tendências do mercado de trabalho, mas que tal um pouco mais de informação? Este e-book gratuito vai ajudar você a se desenvolver melhor profissionalmente! Confira o nosso guia da empregabilidade e saia na frente!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content