Fisioterapia Neurofuncional: entenda o que é e como funciona a área

o que é fisioterapia neurofuncional

Você já deve saber que o curso de Fisioterapia forma profissionais responsáveis pela recuperação dos movimentos do paciente, não é mesmo? Além da graduação, investir em uma pós-graduação é fundamental para ter mais oportunidades no mercado de trabalho. Quem se interessa pela área da Saúde, uma opção é seguir carreira em Fisioterapia Neurofuncional.

Essa especialidade tem a intenção de amenizar as consequências de alterações de paralisias e movimentos causados por vários fatores, como acidentes e doenças. Como todos os dias acontecem quedas ou atropelamentos, essa carreira oferece uma boa demanda por vagas.

Se você quer saber o que é Fisioterapia Neurofuncional e como funciona essa área, continue a leitura!

O que é Fisioterapia Neurofuncional e como funciona a área?

A Fisioterapia Neurofuncional é um conjunto de intervenções que ajudam a reestabelecer as condições cerebrais, da medula, dos nervos periféricos, das junções neuromusculares e do tronco encefálico. ?

Para isso, aplicam-se várias técnicas para enrijecer os músculos, além de repetição de movimentos, atividades manuais, eletroestimulação, etc. No dia a dia, essa especialidade se inicia a partir de queixas reveladas pelo paciente e seu médico.

Com os primeiros relatos, os fisioterapeutas começam a traçar um plano de reabilitação. Isso pode acontecer na casa do paciente, em hospitais ou em clínicas. Mas, afinal, o que o profissional faz em sua rotina de trabalho? Confira algumas atribuições:

  • trabalha para realinhar a postura;
  • indica exercícios para melhorar a coordenação motora, como sentar, levantar, digitar no computador, escrever à mão, erguer os braços, pegar objetos etc.;
  • ensina a usar o andador e a cadeira de rodas.

o que é fisioterapia neurofuncional

A atuação do fisioterapeuta neurofuncional é fundamental para que os movimentos das pessoas sofram o mínimo de impacto após uma lesão ou distúrbio neurológico. Pacientes que sofreram um AVC, por exemplo, podem reaprender a controlar as funções ausentes quando são tratados rapidamente.

O fisioterapeuta está muito bem informado sobre os movimentos humanos e pode ensinar essas pessoas a se movimentarem de maneira correta após uma lesão. É importante lembrar que a Fisioterapia Neurofuncional consiste nos mesmos princípios da Fisioterapia Neurológica, o que muda é apenas o nome.

Qual a importância da área?

Pessoas que sofrem com tetraplegia, síndrome de Down, traumatismo cranioencefálico, esclerose múltipla, derrame cerebral, hidrocefalia, Parkinson ou Alzheimer costumam sofrer negativos impactos em diversos aspectos da vida, como o profissional, pessoal e social.

Isso é angustiante não apenas para o paciente, como também para os familiares que devem reorganizar a rotina e se responsabilizar por alguém. O objetivo da Fisioterapia Neurofuncional é oferecer a todos uma vida com mais bem-estar e autonomia, pois tenta desenvolver o máximo de independência e funcionalidade na pessoa afetada. ?

A partir disso, os pacientes readquirem sua identidade e têm mais oportunidade de se reinserirem na sociedade. Além disso, o trabalho costuma durar um longo período. Acompanhar a trajetória de recuperação de uma pessoa pode ser muito gratificante aos fisioterapeutas neurofuncionais.

Quanto ganha um fisioterapeuta neurofuncional?

Falar de salário médio é importante, afinal, é a partir dele que temos noção das coisas que vamos poder realizar na vida, não é mesmo? No entanto, saiba que a remuneração é relativa e depende bastante do seu nível de qualificação.

o que é fisioterapia neurofuncional

Um fisioterapeuta neurofuncional recebe, em média, R$ 2.836,23* para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais. Já o teto salarial pode chegar a de R$ 4.842,14* — maravilha, concorda? Esse valor também pode mudar de acordo com a cidade em que o profissional atua. Veja: ?

  • Niterói (RJ): R$ 3.356,41*;
  • Passo Fundo (RS): R$ 3.294,56*;
  • Goiânia (GO): R$ 2.959,67*;
  • Presidente Prudente (SP): R$ 2.914,37*.

Agora, veja o salário médio do fisioterapeuta neurofuncional de acordo com o tipo de empresa em que trabalha:

  • atividades de psicologia e psicanálise: R$ 4.900,00*;
  • serviços combinados de escritório e apoio administrativo: R$ 3.356,41*;
  • atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências: R$ 3.275,20*;
  • atividades de atendimento hospitalar: R$ 3.028,00*;
  • atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza: R$ 2.269,50*;

Onde o fisioterapeuta neurofuncional trabalha?

Uma formação completa e de qualidade permite que os fisioterapeutas neurofuncionais estejam aptos para atender em diversos ambientes, como escolar, hospitalar, ambulatorial, domiciliar e de trabalho.

Nessa carreira, o objetivo principal é melhorar a função sensoriomotora em pacientes de diferentes idades. Para isso, os profissionais estudam o caso e programam diversos estímulos e exercícios para reativar a sensibilidade do corpo.

Em alguns casos, é possível recuperar as funções do corpo perdidas ou afetadas completamente. Em outros, a pessoa precisa se adaptar a uma nova realidade para o resto da vida, como é o caso de quem fica paraplégico.

Também existem doenças incuráveis para as quais os profissionais agem com medidas paliativas, ou seja, vão contribuir para retardar ou diminuir os danos da enfermidade. Logo, os fisioterapeutas neurofuncionais estão aptos para atuar em diversos locais, como:

  • asilos;
  • home care;
  • escolas especiais;
  • clínicas;
  • hospitais.

Como ser um fisioterapeuta neurofuncional?

Se você quer saber o que precisa para ser fisioterapeuta neurofuncional, saiba que o primeiro passo é fazer a faculdade de Fisioterapia. Nesse caso, é muito importante optar por uma instituição de ensino conceituada, que possa transmitir os conhecimentos necessários para atuar na área.

A faculdade também deve ser autorizada pelo MEC (Ministério da Educação) para que o diploma seja validado. Aqui na Anhanguera, você contará com um corpo docente qualificado e preparado para agregar na sua capacitação profissional. ?

o que é fisioterapia neurofuncional

A matriz curricular da graduação é sempre atualizada, para que as matérias formem profissionais capacitados de acordo com as demandas do mercado. Além disso, a nossa instituição forma uma parceria com o Canal Conecta, um portal que oferece vagas de emprego e estágio em várias regiões do país.

A próxima etapa consiste em fazer uma especialização em Fisioterapia Neurofuncional. O título será um verdadeiro diferencial em seu currículo para que ele se destaque no meio de outros. Lembre-se de que continuar os estudos abre várias portas rumo ao sucesso!

Agora é com você!

Agora que já sabe o que é Fisioterapia Neurofuncional, o próximo passo é investir na sua formação. Por isso, estude na Anhanguera e seja um fisioterapeuta de sucesso renomado!

Não perca tempo e estude em uma excelente instituição de ensino. Inscreva-se no vestibular online da Anhanguera!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.