História da Medicina Veterinária: entenda como surgiu a área

história da medicina veterinária

Dizem por aí que todas as crianças já sonharam em ser veterinárias quando crescessem. Esse foi o seu caso? E você ainda tem esse sonho? Então, em primeiro lugar, parabéns! Essa é uma profissão desafiadora, mas muito bonita e bem recompensadora. Sem dúvidas, você fará a diferença na vida de muitos seres — inclusive os humanos!

A Medicina Veterinária é um campo em plena expansão. Cada vez mais, os pets são considerados membros da família, demandando mais atenção e otimizando o campo de trabalho desses profissionais. Além disso, os médicos veterinários são muito requisitados para cuidar da economia do país — com os cuidados destinados aos animais de produção — e da saúde pública — com a inspeção de alimentos e o controle de zoonoses.

Mas, afinal, como essa profissão surgiu? Continue a leitura e saiba mais sobre a história da Medicina Veterinária, descobrindo qual foi o caminho para que pudéssemos chegar no local que estamos atualmente. Boa leitura! ?

Como surgiu a Medicina Veterinária?

A história da profissão de Medicina Veterinária é consideravelmente longa. Todo o processo começou com o início da domesticação dos animais, ainda na pré-história. Ou seja: é uma jornada de muitos e muitos séculos.

O contato dos seres humanos com os animais exigiu que eles fossem cuidados para que, assim, pudessem continuar nos ajudando a prosperar. Os indícios mais velhos desses cuidados são datados de mais de 6.000 anos atrás.

Neles, é possível observar manuais para a medicação e realização de procedimentos nos animais, além de informações sobre a valorização dos profissionais que eram responsáveis por esses cuidados.

Para conferir a história na íntegra, consulte o portal do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) e tire as suas dúvidas!

Quais foram os primeiros veterinários?

O primeiro médico veterinário de que se tem notícia no mundo é, na verdade, um médico humano chamado de Apsirtos. Ele viveu no Império Bizantino e publicou diversos artigos voltados ao cuidado dos animais naquela época.

No Brasil, o primeiro veterinário graduado se chamava Dionysio Meilli. Farmacêutico, ele conseguiu se formar antes da primeira turma de sua faculdade, a Escola Superior de Agricultura e Veterinária de São Bento, em Olinda (PE). Isso aconteceu em 1915 e foi um grande marco para a história da Veterinária em território brasileiro.

Qual a importância da profissão para a área da saúde?

O médico veterinário é um profissional indispensável para a saúde. Em primeiro lugar, ele cuida do bem-estar de animais de várias espécies, garantindo que eles tenham vidas longas, felizes e livres de doenças.

Sendo assim, ele é um grande aliado da saúde mental da população e também da economia do país, ao garantir a saúde de animais como bois, porcos, galinhas e outros que são criados para a produção de alimentos.

Ainda nesse assunto, temos a importância do veterinário para os cuidados com a saúde pública. Ele é encarregado por inspecionar estabelecimentos que lidam com alimentos de origem animal, garantindo a qualidade do produto.

Outro ponto de importância é a sua participação nos cuidados com a prevenção de zoonoses, doenças passadas dos animais para os seres humanos. Assim, permitem que possamos viver mais saudáveis e em mais harmonia com os seres de outras espécies.

Como a Medicina Veterinária evoluiu ao longo dos anos?

Como vimos, a Medicina Veterinária teve o seu início de forma bastante simples. E não é para menos, já que os recursos tecnológicos eram inexistentes naquela época e o conhecimento, bem limitado.

A construção do conhecimento da ciência foi se dando aos poucos e é claro que a Medicina Veterinária o acompanhou. Com o passar das décadas, novidades foram surgindo e, hoje, a área é extremamente tecnológica e avançada.

Ainda há muito espaço para melhorias, é claro. E você pode participar dessa modificação ao trabalhar como veterinário e, a partir de estudos e pesquisas, desenvolver e testar novas técnicas para otimizar a qualidade de vida dos seus pacientes. ?

Como me tornar um médico veterinário?

Para se tornar um médico veterinário, o primeiro passo é estudar para o vestibular. Com boas notas nessas provas, você garante o seu ingresso nas melhores faculdades de Medicina Veterinária do país.

Depois, é hora de fazer o seu curso! A graduação em Veterinária tem duração de 5 anos, ou seja, 10 semestres. Ao longo desse período, você aprenderá conceitos como Anatomia, Fisiologia, Patologia, Microbiologia e muito mais. Tudo para deixá-lo pronto para trabalhar assim que sair da faculdade.

O que fazer após a graduação?

Terminou a faculdade? Legal! Mas… e agora? É hora de você escolher quais caminhos deseja percorrer dentro da Medicina Veterinária. Com a obtenção do seu diploma, é possível começar a trabalhar como uma espécie de “clínico geral” dos pets domésticos convencionais, ou seja, cães e gatos.

O médico veterinário recém-formado normalmente atua como plantonista. Essa é uma ótima chance para adquirir experiência e lidar com casos complexos, inclusive os de internação. No entanto, também é possível trabalhar em horário comercial em clínicas e hospitais de todo o Brasil.

Porém, isso não é tudo. Assim como na Medicina Humana, a Veterinária traz inúmeras possibilidades de especialização. Algumas são: Anestesiologia, Cirurgia, Medicina Felina, Cardiologia, Animais Silvestres, Nefrologia, Pediatria e muito mais. Escolha a que mais tem a sua cara e dê um novo passo em sua carreira!

Como escolher uma boa instituição de ensino para cursar Veterinária?

Agora, é hora de você conhecer algumas dicas para optar pela melhor opção possível de curso de Veterinária. Afinal, esse é o caminho para que você tenha uma base sólida para as suas futuras especializações e possa ostentar, em seu currículo, o nome de uma instituição renomada e valorizada pelo mercado de trabalho.

YouTube video

Alguns bons exemplos de tópicos de atenção são:

  • grade curricular, que deve ser atualizada com frequência com as novidades do setor;
  • uso da tecnologia no ensino;
  • apoio à qualificação e ingresso no mercado de trabalho;
  • corpo docente qualificado e com vasta experiência na Medicina Veterinária;
  • clínicas próprias ou convênio com instituições, para a promoção do aprendizado dos estudantes;
  • entre outros.

Assim, você poderá se preparar de forma consistente ao longo de toda a sua graduação, tendo respaldo para um futuro brilhante! Outra dica é: durante a faculdade, não deixe de buscar conhecimento em cursos livres, congressos, palestras e fontes que também estejam fora da sua instituição.

Agora é com você!

Gostou de saber mais sobre a história da Medicina Veterinária? Esperamos que sim! Conhecer a origem da profissão dos nossos sonhos é uma boa maneira de entendermos melhor sobre ela, para que possamos valorizar toda a sua evolução ao longo dos séculos.

Agora, que tal escrever o seu nome na história da Anhanguera? Aproveite o momento e se inscreva para o vestibular de Veterinária na Anhanguera! Assim, você pode revolucionar a sua jornada muito em breve. Estamos torcendo pelo seu sucesso!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.