Como se dar bem na entrevista de emprego? Dicas para ser aprovado

Enviar o currículo e receber o convite para participar de um processo seletivo. Sabemos que esse é um momento de muita comemoração, mas que também causa um misto enorme de emoções — afinal, uma entrevista de emprego consegue deixar apreensivo até mesmo o mais qualificado e experiente dos candidatos. Vários aspectos entram em jogo aqui, como o modo em que você se comporta, comunica ou se veste. Redobrar a atenção quanto a eles é a chave para se preparar, driblar a insegurança e garantir a sua aprovação.

Foi pensando nisso que, neste post, trouxemos um verdadeiro guia para ajudá-lo ter uma entrevista de emprego bem-sucedida. Assim, conquistar uma boa oportunidade no mercado certamente será uma realidade mais próxima do que você imagina. Vamos lá?

Esteja preparado para diferentes tipos de entrevista de emprego

O primeiro passo para saber como fazer uma boa entrevista de emprego é entender que ela pode ser aplicada em diferentes tipos, como:

  • coletiva — avaliando vários profissionais de uma só vez, geralmente por meio de dinâmicas, de modo a selecionar aqueles que se sobressaem. Bastante comum para processos seletivos de candidatos em início de carreira;
  • comportamental — verificando se as habilidades do candidato estão de acordo com os objetivos do cargo e cultura da empresa. Normalmente, o recrutador fará perguntas para comprovar essas competências, entendendo como ele agiria em situações distintas;
  • técnica — testando os conhecimentos técnicos do candidato para o exercício do cargo. Na maioria das vezes, a conversa é individual e conduzida por um profissional de experiência na área. Pode ser aplicada uma prova prática para complementar a análise.

Siga as dicas de ouro para conquistar uma vaga

Agora que você já sabe que essa etapa tão importante do processo seletivo pode acontecer em diferentes formatos, chegou a hora de saber como se comportar em uma entrevista de emprego e garantir a vaga desejada. Para isso, tome nota das dicas que reunimos abaixo!

Mantenha o visual de acordo com a empresa

Já ouviu falar em dress code? Trata-se do código de vestimenta de determinado lugar ou situação. Além de saber o que falar em uma entrevista de emprego, é fundamental se vestir de maneira adequada, sempre de acordo com as normas da empresa. Mas, como descobrir isso? Afinal, não é comum que as organizações divulguem esse tipo de informação, certo?

Bom, aqui entram algumas dicas muito úteis e que utilizam bastante do senso comum. Caso a entrevista for para uma multinacional ou organização mais tradicional, em geral, pode-se camisa social e similares. Já se a empresa for uma startup ou se a marca em si já é descolada e informal, você pode apostar em um estilo mais neutro. De qualquer modo, evite extravagâncias, o que vale tanto para os homens quanto para as mulheres.

Saiba falar sobre qualidades e defeitos

As perguntas de entrevista de emprego servem para que o entrevistador (ou recrutador) saiba mais sobre você, mesmo que já tenha lido o seu currículo. É comum que ele pergunte sobre suas experiências passadas, sobre os projetos dos quais participou e sobre suas qualidades e defeitos — parte bastante temida pelos candidatos, e não é por menos, concorda? Afinal, sabemos que é difícil para muitos conseguir falar sobre si.

Conte ao entrevistador o que você aprendeu com suas experiências e sobre as habilidades que desenvolveu, o que já é uma ótima forma de abordar qualidades. Caso esteja em busca do primeiro emprego, foque na sua formação. Quanto aos defeitos, a dica é transformá-los em oportunidades. Reconheça as suas fraquezas e não tenha medo de expô-las.

Os entrevistadores consideram clichê aqueles que tentam colocar uma qualidade como defeito, por exemplo, “sou perfeccionista no que faço”. Por isso, realize um exercício de autorreflexão, identificando em quais aspectos precisa melhorar. Caso o recrutador faça a temida pergunta, transforme a resposta em uma oportunidade de demonstrar interesse em se aprimorar, como: “ainda não tenho tanto conhecimento em determinada área, mas, para reverter isso, pretendo investir em uma formação”.

Estude sobre a empresa e seus produtos

Pesquisar sobre a empresa, sua atuação no mercado, história e produtos/serviços oferecidos é uma ótima maneira de demonstrar interesse pela oportunidade. Esse conhecimento prévio também ajuda a evitar situações constrangedoras, caso o recrutador pergunte algo sobre determinada solução disponibilizada pela empresa e você nem ao menos saiba do que se trata, por exemplo.

Procure também manifestar admiração e vontade de fazer parte da equipe da empresa. Tudo isso, claro, com sutileza, para que a atitude não seja interpretada como mera bajulação.

Mostre como sua capacitação influenciará nos resultados da organização

O mercado de trabalho dá destaque aos profissionais capacitados, ou seja, aqueles devidamente preparados para suprir as demandas das empresas. Se você concluiu ou tem uma formação em curso, uma dica infalível é mostrar de que formas o conhecimento adquirido potencializará os resultados da organização. Você pode ressaltar participações em projetos, aulas práticas de determinada disciplina na qual obteve bons retornos etc.

Lembre-se de que demonstrar interesse genuíno em contribuir com o crescimento da companhia é muito bem-visto. Isso reforça no recrutador a ideia que o candidato não é alguém que está interessado apenas em saber a média salarial do cargo.

Não demonstre nervosismo ou ansiedade

Sabemos que a entrevista de emprego é, sim, um momento que gera nervosismo. Seja por que se trata de uma experiência nova para o candidato, seja por que o profissional anseia muito aquela vaga, entre diversos outros motivos. No entanto, a ansiedade e os sentimentos indesejados precisam ser contornados para que não acabem interferindo em sua conduta.

Pode ser que você seja a pessoa mais indicada para a vaga, mas uma postura de baixa autoconfiança, medo e insegurança certamente passará ao recrutador a imagem de alguém ainda despreparado. Sendo assim, mantenha a calma. Caso necessário, treine o momento em casa. Isso o ajudará a ter maior controle sobre as suas emoções.

Com as dicas do post, tenha a certeza de que você conseguirá se sair bem na sua entrevista de emprego. É importante ter confiança, saber controlar as sensações de insegurança e nervosismo e usar a capacitação adquirida na graduação a seu favor. Ou seja, mostrar quais habilidades foram desenvolvidas ao longo de sua formação e de que maneira elas são fundamentais para o exercício da vaga naquela empresa.

Bom, agora que você está preparado para arrasar na entrevista, chegou a hora de entender qual oportunidade mais vale a pena quando se está no nível superior: emprego ou estágio? Acesse o link e descubra!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.