Sustentabilidade nas organizações: por que o assunto está em alta?

sustentabilidade nas organizações

Se você reparar, nunca se falou tanto em sustentabilidade como nos últimos anos. Até mesmo as indústrias estão preocupadas com essa questão, assim como organizações de todos os segmentos e portes. Para ter uma ideia, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 40%* das empresas inovadoras consultadas investiram em mudanças para trazer impactos ambientais positivos ao negócio.

Mas você tem ideia de o que é sustentabilidade nas organizações e como pode trabalhar com esse propósito? Esse é um bom investimento para se destacar na sua área de atuação, seja ela qual for. Continue a leitura deste artigo preparado pela Anhanguera e entenda mais sobre o assunto!

O que é a sustentabilidade nas organizações?

Em linhas gerais, trata-se da adoção de práticas sustentáveis nos processos da empresa. Isso inclui ações para conscientizar clientes internos e externos, políticas para a criação de produtos com menor impacto ambiental e assim por diante. A ideia é que todo o negócio seja responsável em questões amigáveis ao meio ambiente e à sociedade.

Isso quer dizer que muitas empresas estão começando a repensar seus processos para que tenham matéria-prima e recursos necessários por um longo tempo. Com novas formas de consumo e o despertar da preocupação dos consumidores com essa questão, elas querem essa mudança –– mesmo que seja em prol de uma boa imagem no mercado, como sugere a pesquisa do IBGE que mostramos.

São 3 os pilares das empresas sustentáveis:

  • ambiental: são aquelas ações com objetivo de eliminar os prejuízos à natureza, como a economia de água e de energia;
  • social: além da questão ambiental, essas práticas consideram a sociedade, com justiça e ética, como é o caso do investimento em diversidade na organização;
  • econômico: mas não dá para considerar apenas soluções utópicas. Elas também devem gerar o crescimento exponencial do negócio.

Qual é a importância da sustentabilidade nas organizações?

Na criação da missão, visão e valores das empresas, os fundadores sempre propõem um retorno à sociedade, cada negócio à sua maneira. Mas nem sempre essa se torna a realidade dos processos, que consideram mais a questão financeira para buscar o crescimento exponencial.

A importância de investir na prática está em cumprir esse papel no mercado e realmente fazer valer esse propósito. Veja outras vantagens da sustentabilidade nas organizações!

Investimento nas pessoas

Os colaboradores são as pessoas que fazem o negócio se desenvolver. Nem a melhor ideia é capaz de dar certo sem a estratégia e o planejamento de diversos especialistas. A sustentabilidade engaja profissionais e reconhece a sua importância para o funcionamento dos processos. Isso reduz o turnover e ajuda a reter talentos.

Melhor uso de recursos

Ao se preocupar com seus recursos, as organizações conseguem economizar e investir melhor o capital disponível. Em vez de pagar altas contas de energia, por exemplo, elas podem fazer ações de conscientização e reduzir a despesa no longo prazo.

Novas possibilidades no mercado

Transformar o negócio com base na sustentabilidade pode trazer novas possibilidades de atuação. Se a empresa está inserida em um segmento que ainda não vê investimentos nessa ideia, as chances de retorno são muito altas. A Natura, por exemplo, foi uma das primeiras do ramo da beleza a adotar a ideia, fazendo parcerias com produtores rurais e enaltecendo as riquezas da flora brasileira.

Atendimento a demandas de consumidores

Talvez essa seja a principal vantagem. Afinal, quando a empresa e o profissional se preocupam com seus clientes a ponto de reformular todo o negócio, conseguem fidelizá-los. Vale lembrar que é mais proveitoso reter clientes do que conquistar novos interessados. Entregar o que eles precisam é a chave para o sucesso.

Como a sustentabilidade nas organizações é colocada em prática?

Para encontrar as melhores oportunidades no mercado de trabalho e já entender as práticas que as empresas sustentáveis adotam, veja as principais atitudes consideradas:

  • troca de relatórios e outros documentos impressos pelas versões digitais, salvas e seguras em nuvem;
  • troca de sacolas plásticas e copos descartáveis por soluções mais duráveis, como bolsas de tecido e canecas de vidro;
  • reciclagem e reutilização de materiais, cuidado com as formas de descarte etc.;
  • modificação de produtos para que não maltratem animais no processo ou que os utilizem como base para fabricação;
  • investimento em dias de home office para economizar energia, água e outros recursos da empresa. Também é uma ação que favorece as pessoas do negócio, que podem aumentar a qualidade de atuação.

Aqui, é importante considerar um termo que surgiu junto à preocupação com a sustentabilidade: o greenwashing. Isso acontece quando as empresas só promovem ações sustentáveis de fachada, para melhorar sua imagem. Vale lembrar que o intuito não é ganhar com publicidade, mas realmente mudar a conduta de todas as partes do negócio.

As empresas devem fazer treinamentos constantes para levar a questão a seus colaboradores. Portanto, você pode propor a ideia, se estiver em cargos de gestão ou RH (Recursos Humanos), ou participar ativamente para motivar seus colegas de trabalho na rotina do ambiente corporativo.

Como um profissional pode se preparar para se destacar?

O primeiro passo para adotar a ideia na sua atuação você já deu: buscar informações. Além de conhecer o que é a sustentabilidade nas empresas, acompanhe as notícias para ver o que as organizações têm feito nesse sentido. Entenda as tendências sustentáveis e os desafios que o mercado enfrenta em relação à prática.

Então, pense nas suas próprias ações: o que faz no dia a dia para preservar os recursos naturais? Se notar alguns desalinhamentos, mude de atitude! Comece a tomar banhos menos demorados, a fechar a torneira enquanto escova os dentes, a apagar as luzes quando o cômodo não estiver em uso e assim por diante.

Se você é o agente de mudança, consegue disseminar a ideia com mais facilidade ao chegar no mercado de trabalho. Direcione as suas habilidades profissionais para esse propósito. Mas não deixe de investir na qualificação profissional! Por isso, escolha uma faculdade que, além de promover ações éticas e conscientes, se preocupe com a sua formação.

Ao estudar na Anhanguera, veja os benefícios que você encontra:

  • infraestrutura completa tanto para cursos presenciais quanto para graduações a distância;
  • formas de ingresso facilitadas e democráticas;
  • oferta de cursos nas diferentes áreas do saber, incluindo as profissões do futuro;
  • professores altamente qualificados, com experiência de mercado;
  • bolsas, benefícios e convênios para que a mensalidade caiba no seu bolso;
  • apoio exclusivo do Canal Conecta, com vagas de emprego e estágio de acordo com seu perfil, além de dicas sobre o universo de carreira.

Seja um profissional sustentável!

Como vimos, a sustentabilidade nas organizações é uma ideia que veio para ficar e ainda vai motivar diversas mudanças no mercado. Quando você conhece as vantagens e as melhores sugestões para colocá-la em prática, já sai na frente na busca pelo emprego ideal para sua carreira.

Por falar em entrar no mercado, aproveite a sua visita e confira como a Anhanguera ajuda você a ampliar a sua empregabilidade!

*Fonte: IBGE

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.