Quanto ganha um Engenheiro de Produção? Veja o salário em diferentes cargos!

Engenharia de Produção salário

Devido ao seu caráter generalista, o curso de Engenharia de Produção é muito procurado por quem deseja trabalhar com processos produtivos. Com um amplo campo de atuação, o profissional pode trabalhar em empresas e indústrias de diferentes portes.

O profissional formado em Engenharia de Produção ganha R$ 7.768,88* para uma jornada de 42 horas semanais em média. Esse valor pode variar conforme a localidade, o tempo de carreira e a área de atuação.

Se você quer saber quanto ganha um engenheiro de produção e como o tempo de carreira pode impactar a remuneração, continue a leitura!

*de acordo com o site salario.com

Quanto ganha um engenheiro de produção em cada região do Brasil?

O piso salarial médio da profissão é de R$ 7.090,57*, com teto salarial de R$ 15.334,83*. Ou seja, a remuneração está bem acima da média no país. Então, se você tinha dúvidas sobre qual Engenharia fazer, esses valores podem servir como um grande incentivo.

Contudo, existem diversos fatores que influenciam a média salarial. Um deles é a região em que o profissional trabalha, como podemos ver a seguir:

  • Norte: média salarial de R$ 5.775,12*;
  • Nordeste: média salarial de R$ 6.711,53*;
  • Centro-Oeste: média salarial de R$ 6.801,81*;
  • Sul: média salarial de R$ 6.693,45*;
  • Sudeste: média salarial de R$ 8.586,08*.

Onde está a diferença entre os diferentes cargos e salários?

CargoMenor salárioSalário médioO que faz
Engenheiro de controle de qualidadeR$ 8.271,30R$ 8.682,06supervisiona as etapas envolvidas na fabricação de materiais para garantir que eles atinjam um certo nível de qualidade, tomando as medidas adequadas para manter ou melhorar a qualidade de um processo
Coordenador de projetos de sistemasR$ 7.100,00R$ 9.311,00responsável por planejar, coordenar e executar projetos para o desenvolvimento de tecnologias, além de monitorar e orientar equipes, acompanhar indicadores de desempenho e avaliar propostas de novos projetos
Diretor de supply chainR$ 24.939,00R$ 27.380,00é o chefe da gestão da cadeia de abastecimento das empresas, monitora a compra de suprimentos para diferentes departamentos, negocia contratos para reduzir custos e cuida de processos logísticos internos
Gerente de planejamento e controle de produçãoR$ 10.157,00R$ 13.914,00gerencia a logística das empresas, organizando as etapas de aquisição, produção e distribuição de produtos que uma empresa disponibiliza a clientes
Gestor de logística empresarialR$ 2.000,00R$ 6.568,00gerenciar as etapas de armazenagem e distribuição dos produtos de uma empresa, supervisionando compras, lidando com clientes e fornecedores, traçando estratégias para reduzir custos e aumentar a produtividade
Auditor de normas e qualidadeR$ 2.109,00R$ 3.589,00responsável por garantir a conformidade de produtos e processos internos de uma empresa com normas legais e critérios técnicos de qualidade, monitorando relatórios, checando resultados e identificando possíveis incompatibilidades
Projetista de produtosR$ 3.854,00R$ 6.909,00profissional responsável pelo design e desenvolvimento de produtos, deve elaborar esboços de novos projetos, calcular medidas e definir matéria-prima, de acordo com normas técnicas de cada segmento e empresa
Gestor de produçãoR$ 2.809,00R$ 7.050,00responsável pela supervisão das etapas de produção nas empresas, cuida de toda a movimentação do produto desde a escolha das matérias-primas até a expedição, supervisiona os operários e trabalha para aumentar a eficiência da produção
Professor de ensino superiorR$ 4.668,33R$ 4.900,16dá aulas em instituições de ensino superior, prepara material didático, aplica provas, desenvolve trabalhos e esclarece dúvidas dos alunos. Além da graduação, o engenheiro deve concluir a pós-graduação para ser professor de ensino superior
Gerente de projetos/contratosR$ 10.026,00R$ 13.134,00coordena a execução do projeto, define o escopo do projeto, estipula um orçamento e prazos, elabora indicadores de qualidade e realiza a gestão de riscos

Qual é o salário de Engenharia de Produção nas principais capitais do país?

Ingressar no mercado de Engenharia de Produção é muito vantajoso! Afinal, você viu como a remuneração pode ser bem alta a depender da localidade. Para ter uma ideia melhor sobre os valores recebidos, confira o salário médio desse profissional nas principais capitais do país:

  • São Paulo: R$ 8.327,76*;
  • Rio de Janeiro: R$ 9.518,43*;
  • Belo Horizonte: R$ 10.418,16*;
  • Manaus: R$ 6.445,69*;
  • Salvador: R$ 8.340,78*;
  • Recife: R$ 4.980,91*;
  • Fortaleza: R$ 4.775,61*;
  • Florianópolis: R$ 8.628,88*;
  • Curitiba: R$ 7.702,29*;
  • Cuiabá: R$ 4.874,36*;
  • Goiânia: R$ 7.124,02*.

Como é a remuneração de Engenharia de Produção em relação à progressão de carreira?

Outro item que faz a diferença no salário de Engenharia de Produção é o tempo de carreira na área. Desse modo, a remuneração recebida difere conforme a experiência do profissional. Confira!

Nível júnior

Com até 4 anos de formado, o profissional nível júnior tem pouco tempo de experiência, o que confere menos autonomia no exercício das suas funções. Com isso, o salário médio do engenheiro de produção júnior é de R$ 7.595,63*.

Nível pleno

São engenheiros com 4 a 6 anos de prática profissional. Por isso, já têm capacidade de desempenhar funções mais complexas e têm autonomia para tomar algumas decisões. Sua média salarial é de R$ 8.592,41*.

Nível sênior

Os engenheiros com mais de 6 anos de prática são classificados como nível sênior. Nessa fase da carreira, os profissionais podem liderar equipes e projetos, e têm total autonomia na tomada de decisão. Devido ao maior tempo de experiência e às exigências da função, sua remuneração média é de R$ 10.321,46*.

YouTube video

Quais são as médias salariais conforme as áreas de atuação?

O engenheiro de produção pode trabalhar tanto em empresas privadas quanto em órgãos públicos. Além disso, o profissional ainda pode ser autônomo e empreender seu próprio negócio. Essa variedade de oportunidades contribui para os altos salários da profissão. Veja, a seguir, a média salarial em algumas funções da área:

  • Indústria automobilística: R$ 8.904,91*;
  • Construção civil: R$ 8.330,96*;
  • Consultoria: R$ 8.616,39*;
  • Indústria eletrônica: R$ 6.133,35*;
  • Serviços de engenharia em geral: R$ 8.625,78*.

Agora é com você!

Se você deseja seguir nessa área da Engenharia, precisa conhecer a fundo a profissão e a área de atuação. Por isso, saber o que é Engenharia de Produção é tão importante quanto ficar por dentro da remuneração. Afinal, a definição do salário é uma etapa importante na carreira de qualquer profissional.

Para crescer na carreira, é preciso ter uma boa formação. Nesse sentido, contar com uma instituição de ensino de qualidade pode fazer toda a diferença. A Anhanguera oferece diferenciais que vão contribuir com seu sucesso profissional.

Gostou do conteúdo? Agora que você já sabe quanto ganha um engenheiro de produção, invista na sua carreira e faça a inscrição para o vestibular online da Anhanguera!

1Salario

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.