Passo a passo: saiba como empreender na Odontologia

como empreender na odontologia

Após a formação na faculdade de Odontologia, algumas pessoas ficam um pouco perdidas sobre o que fazer dali em diante. É claro que o maior sonho é abrir um consultório de dentista. Porém, para que isso dê certo, você precisa saber como empreender na Odontologia.

Mesmo que o ramo da saúde tenha uma área de atuação mais tradicional, como o trabalho em hospitais e em clínicas, abrir um consultório de Odontologia e ser um dentista empreendedor apresenta muitas vantagens. Dessa maneira, seguir pelo caminho do empreendedorismo apresenta boas oportunidades para esse setor.

Neste post, você poderá conferir como é possível começar a empreender nessa área para ter sua própria clínica odontológica!

Como empreender na Odontologia: passo a passo

  • descubra seu perfil empreendedor;
  • levante os custos do empreendimento;
  • conheça opções de franquias;
  • estude a possibilidade de parcerias;
  • invista em planejamento estratégico;
  • direcione a sua graduação.

Um bom empreendedor precisa ter muito mais que um sonho. Para que o plano seja realizado, é necessário ter criatividade e persistência. Além disso, manter os pés no chão e entender qual nicho de mercado você deseja atender é fundamental. Abaixo, você confere detalhe de cada item.

Identifique seu perfil empreendedor

Muitas pessoas consideram o empreendedorismo arriscado. No entanto, a grande questão é ter a coragem de tomar riscos e acreditar no seu potencial. Assim, você poderá criar um ramo e ter um diferencial no mercado. Portanto, em um consultório odontológico, também será preciso identificar qual é seu perfil empreendedor para colocar seus planos em prática.

Alguns empreendedores são mais conservadores e preferem não tomar tantos riscos. Enquanto isso, há outros mais inovadores e buscam diferenciais que os destacarão no mercado. Diante disso, saber em qual perfil você se encaixa ajudará a criar um negócio mais sólido.

Faça um levantamento dos custos

Iniciar um negócio do zero não é uma tarefa tão fácil. Existem muitos custos envolvidos, sobretudo na área da saúde. Os equipamentos para realizar os procedimentos não costumam ter um valor muito acessível. Por isso, é fundamental fazer um levantamento de quanto você precisará para abrir um consultório.

Ao levantar os custos para abrir seu próprio negócio, ficará mais fácil apresentar essas informações a possíveis investidores e sócios. Nesse sentido, o detalhamento do valor que precisa ser investido é essencial para conseguir um financiamento ou conquistar investidores. Começar uma empresa do zero tem um custo alto, e atrair parcerias é um grande passo para tornar esse sonho realidade.

Estude as opções de franquias

Abrir uma franquia é uma excelente opção se você prefere um modelo predefinido em que poderá começar a atender sem um planejamento que comece do zero. Afinal, uma das características de estabelecimentos franquiados é que você terá o suporte da empresa durante todo o processo.

As franquias são modelos de negócio em que são cedidos os direitos de uso de imagem para a abertura de uma unidade. Para que isso ocorra, os franqueados devem realizar o pagamento de uma parte dos lucros. O lado bom é que todos os processos são padronizados, o que poupa aspectos como gestão, atendimento e até mesmo marketing.

Dessa maneira, você não precisará se preocupar com ações específicas, como identidade visual e padrão de atendimento. As franquias já têm tudo preestabelecido, o que reduz as chances de erros e de outros problemas que podem acontecer em novos negócios.

Busque por parcerias

Dividir os custos, ter ideias em conjunto e outras possibilidades são algumas das vantagens de trabalhar em consultórios odontológicos compartilhados. Esse modelo permite que você tenha parcerias, o que também ajuda em diversos sentidos. Entretanto, é importante avaliar o orçamento, as divisões de horários e outros quesitos.

Ter um sócio significa que você precisará dar satisfações, além de saber dialogar para que o negócio siga firme e forte. Escolha bem quem são as parcerias que você deseja ter ao lado, uma vez que, se algo der errado, pode gerar dores de cabeça. Portanto, avalie os riscos e considere cada detalhe antes de abrir seu consultório compartilhado.

Invista em planejamento estratégico

Para que o seu negócio seja próspero e cresça, existem muitos passos que você precisa dar. Empreendedorismo é muito mais que investir dinheiro e esperar que a empresa gere lucro. Afinal, é preciso diminuir custos operacionais, atrair clientes, contratar pessoal capacitado e outras medidas.

Diante de toda essa estrutura, a única maneira de tentar fazer tudo certo é por meio de um planejamento estratégico. Documentar os planos e deixá-los claros a todos os envolvidos será fundamental para a gestão do negócio. Dessa forma, conheça os pontos fortes e fracos da empresa, identifique oportunidades, faça networking com outros profissionais e invista nas áreas certas.

O plano de negócios é um documento essencial para a abertura de uma empresa, pois é uma espécie de guia. Conhecer o mercado de Odonto, saber quem serão seus pacientes, o ponto em que funcionará a sua clínica ou consultório, quais os objetivos e as metas e outras questões devem estar bem especificadas no documento.

Direcione a sua graduação

Além de entender em mais profundidade o que faz o odontologista, durante a graduação, também já será possível começar a perceber com qual das áreas dentro da Odontologia você mais se identifica. As disciplinas a cada semestre apresentarão as diferentes especialidades e, nesse trajeto, você poderá descobrir qual ramo pretende seguir.

Descobrir ainda na graduação qual será a sua especialidade é um bom sinal, já que você começará a se dedicar para ser um profissional melhor. Buscar qualificações é um grande diferencial, e sair da faculdade com experiência será muito vantajoso quando você começar a empreender.

Dedique-se à área, estude bem as matérias de Odontologia, aprofunde-se nas curiosidades sobre a área e melhore a sua performance. A graduação é o momento de aprender, testar e errar. Aproveite os semestres para se descobrir até o momento da formatura, amadurecendo as ideias da carreira que você quer seguir.

Dê o primeiro passo na Anhanguera!

A escolha de uma graduação de qualidade e que proporciona uma boa infraestrutura também ajudará na sua formação. Além de saber como empreender na Odontologia, é preciso ter uma boa base. Assim, você estudará assuntos contemporâneos, entenderá as novidades tecnológicas e muito mais.

Se você busca uma graduação que transforme a sua vida, faça o vestibular para o curso de Odontologia da Anhanguera!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content