1ª Semana Jurídica Nacional: Proteção de Dados, Inovação e muito mais

1asemanajuridicaanhanguera

Entre 4 e 8 de novembro, foi realizada a primeira edição da Semana Jurídica Nacional na Faculdade Anhanguera, em Osasco/SP. O encontro fez parte de um evento nacional em 5 cidades brasileiras.

O evento deste ano contou com várias palestras com assuntos dentro do tema geral de Direito e Inovação – indo da proteção de dados ao empreendedorismo jurídico. 

Separamos para vocês os principais pontos abordados e contamos mais sobre como foi esse evento, veja nas próximas linhas!

Confira como foi a 1ª Semana Jurídica na Anhanguera

Na Faculdade Anhanguera de Osasco, o evento foi gratuito e aberto ao público, reunindo nomes da área jurídica para debates no universo de Direito e Inovação. 

O palestrante convidado desta edição foi o delegado da Polícia Federal e especialista em Direito Privado, Bruno Zampier, que também é Mestre e Doutorando pela PUC Minas e Professor de Direito Civil em vários cursos, como o Saraiva Aprova, além de ser autor de obras jurídicas. O tema principal foi a necessidade de proteção de dados nos meios digitais

Você pode conferir a palestra completa abaixo e também nas mídias sociais da Anhanguera:

Your Website Title
I Semana Jurídica Anhanguera

How to share with just friends.

Posted by Facebook on Friday, December 5, 2014

Afinal, qual a importância da Proteção de Dados em 2020?

Você já deve ter escutado a respeito da Lei Geral de Proteção de Dados. Há, nos últimos anos, uma grande preocupação a respeito da sua implementação no Brasil, e de que forma será o seu impacto no dia a dia. 

O objetivo principal da lei é a proteção de dados pessoais, e aí nos referimos tanto aos dados em seu formato físico, quanto digital. A velocidade trazida pela tecnologia, que tornou produção e compartilhamento de dados instantâneos, possibilita a vinculação direta do assunto aos meios digitais. Mas, de fato, a lei é ampla e abrange os dois aspectos.

Ou seja, qualquer informação que identifique uma pessoa, como o nome e sobrenome, CPF e RG, e outros dados considerados sensíveis, tais como raça, religião, sexualidade e opinião política recebem proteção da lei. Prevista para entrar em vigor em agosto de 2020, será garantido a todos o amplo acesso sobre como entidades públicas e privadas se utilizam dos nossos dados.  Empresas que trabalham com esses tipos de dados terão que garantir a transparência a essas informações. 

Agora que você já sabe como foi a 1ª Semana Jurídica Anhanguera, continue acompanhando o blog e não perca mais nenhum evento! Aproveite para conferir todas as nossas dicas sobre Ensino Superior e Mercado de Trabalho!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content