Vigilância e Segurança Patrimonial: entenda tudo sobre essa área!

A Vigilância e Segurança Patrimonial é a área destinada para profissionais que trabalharão com os cuidados necessários para proteção dos patrimônios físicos e, também, da integridade das pessoas presentes nos espaços. É uma profissão cada vez mais importante.

Afinal, diante dos aumentos nos índices de violência urbana, as empresas têm trabalhado sempre com profissionais para garantir a segurança de todos os envolvidos e de seu patrimônio. Por isso, é uma área com mercado bastante aquecido.

Está cogitando entrar nessa área? Entenda tudo sobre ela e veja se realmente essa profissão é para você!

Qual a importância da Vigilância e Segurança Patrimonial?

Infelizmente a rotina hoje nos centros urbanos ainda é de muita insegurança. Por exemplo, em 2021, 1,8 milhão de pessoas com 15 anos ou mais foram vítimas de roubo em todo o país.

Além disso, os crimes contra patrimônio, que vão além de furtos e roubos, também crescem constantemente. O papel do vigilante é, justamente, atuar para coibir e evitar que este tipo de dano aconteça.

Além disso, o profissional que atua com Vigilância e Segurança Patrimonial não está ligado apenas com a violência urbana, sabia? Por exemplo, ele pode identificar questões que são não-intencionais ou acidentais e intervir para evitar problemas.

É o caso, por exemplo, de incêndios. Um vigilante que circule por um bairro pode identificar um foco de problema em uma casa, na qual o morador pode não estar presente no momento, ou não ter percebido ainda.

A partir disso, ele pode acionar os bombeiros e resolver a questão antes que ocorra uma tragédia maior. Com isso, ele também está promovendo segurança no bairro e protegendo os moradores.

Como é a rotina de quem trabalha com Vigilância e Segurança Patrimonial?

Os profissionais que trabalham com Vigilância e Segurança Patrimonial normalmente seguem um ritmo de escala, que pode ser tanto na modalidade 12×36 (ou seja, trabalham 12 horas e folgam 36 horas) quanto 6×1 (trabalham 6 dias por semana e folgam 1 dia).

Além disso, por ser uma área importante e delicada, é preciso seguir uma rotina específica desde que começam suas atividades. Vamos falar um pouco mais sobre elas a seguir:

  • Revisão e cumprimento do plano de segurança. Cada empresa traça o seu, conforme as necessidades. Afinal, um vigilante que trabalha em um banco tem questões e rotinas de trabalho diferentes, por exemplo, de um vigilante que faz ronda em bairros;
  • Identificar pontos fortes e fracos do local de trabalho, seguindo o plano de segurança;
  • Estar atento para o fluxo de pessoas (quando a vigilância ocorre em locais com acesso de indivíduos no ambiente);
  • Analisar sinais de perigo;
  • Fazer o relatório de atividade e reportar em caso de problemas para que os superiores e gestor do local estejam cientes do ocorrido.

O que é preciso para ser vigilante patrimonial?

Hoje no Brasil nós temos uma lei que regulamenta a segurança privada no país: a Lei nº 7.102/1983, que dispõe dos requisitos mínimos obrigatórios para poder atuar nessa profissão. Você só pode atuar na área se cumprir todas elas.

Veja a seguir o que é preciso para atuar como vigilante patrimonial.

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • Ter, no mínimo, 21 anos;
  • Ter, pelo menos, a quarta série do ensino fundamental (correspondente ao atual quinto ano);
  • Passar pelos exames de saúde e aptidão física;
  • Apresentar certificado negativo de antecedentes criminais;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais e militares;
  • Ter CPF ativo.

Além de seguir esses pré-requisitos, é necessário que você realize um curso de formação em vigilância patrimonial. Essa é uma exigência e será responsável por permitir que você aprenda sobre todos os detalhes relacionados com a profissão.

O curso precisa ser registrado para poder ser aceito como formação válida. Por isso, é sempre importante buscar instituições seguras e com boa reputação para sua formação.

Quais as funções do vigilante patrimonial?

Para entender ainda mais sobre a profissão, você precisa conhecer quais são as funções do vigilante patrimonial em seu dia a dia de trabalho. Confira a seguir:

  • Deve proteger o patrimônio físico da organização que o contratou. Isso vale tanto para a integridade de edifícios e estruturas, por exemplo, quanto para ativos móveis (dinheiros, equipamentos, máquinas, entre outros);
  • Deve evitar depredação e danos intencionais (como pichações, avarias, entre outros) no patrimônio;
  • Deve evitar danos não-intencionais, causados por acidentes ou problemas de ordem natural;
  • Em caso de problemas que estejam acima da sua alçada, deve comunicar imediatamente aos órgãos competentes para resolução da questão. Por exemplo, caso identifique um começo de incêndio, precisa imediatamente solicitar auxílio dos bombeiros;
  • Proteger a integridade física do público que frequenta o local;
  • Garantir que pessoas não autorizadas não possam permanecer ou entrar no recinto;
  • Identificar comportamentos suspeitos e resolvê-los antes que possa acontecer algum tipo de problema.

Como trabalhar com Vigilância e Segurança Patrimonial?

Além de cumprir todos os pré-requisitos que listamos, trabalhar com Vigilância e Segurança Patrimonial exige que você também cuide do desenvolvimento do perfil profissional para este fim.

Por exemplo, não adianta ter o conhecimento sobre as questões de rotina, mas não trabalhar habilidades importantes que ajudam a promover condutas mais seguras no dia a dia.

Alguns dos pontos que um bom vigilante deve trabalhar para seu perfil profissional são:

  • Ter boa capacidade de comunicação;
  • Ter habilidade e jogo de cintura para lidar com cenários de crise;
  • Ser atento;
  • Saber agir com precisão em situações de crise;
  • Ser empático;
  • Saber ser assertivo sem causar mal-estar com o público;
  • Ser pontual, entre outras.

Para trabalhar essas questões e, também, ter uma boa conduta no dia a dia, é fundamental realizar uma boa formação. Para isso, o curso profissionalizante pode ser uma ótima forma de conseguir seu primeiro trabalho como vigilante.

Com essa modalidade de curso, você consegue, em pouco tempo, estar preparado para o mercado de trabalho e ter uma rápida inserção, sem prejudicar os seus conhecimentos sobre a área.

Entre para a área de Vigilância e Segurança Patrimonial com o melhor curso profissionalizante

Se você quer entrar para a área de Vigilância e Segurança Patrimonial, conte com a Anhanguera como sua parceira! Faça nosso curso profissionalizante na área.

Totalmente online, com conteúdos atualizados e de curta duração, você conseguirá ter as melhores oportunidades rapidamente.

Não perca tempo e comece já a construir seu futuro profissional! Faça sua inscrição.

Qual a diferença entre segurança patrimonial e vigilante?

Você sempre vai ver os dois nomes em conjunto, mas não são a mesma questão. A segurança patrimonial é o conjunto de medidas definidas para proteger tanto os ativos físicos quanto as pessoas.
Já o vigilante é o profissional que coloca em prática essas medidas, exercendo o papel de cuidar das questões necessárias para promover maior proteção nos espaços.

Quais os tipos de segurança patrimonial?

O profissional de vigilância e segurança patrimonial pode atuar como segurança de eventos, ajudando a promover os cuidados necessários com o público. Além disso, pode participar, também, de escolta armada.
Pode, também, atuar com vigilância de espaços e monitoramento em estabelecimentos quanto, também, realizar rondas de vigília em bairros.

Quais são os princípios de uma boa vigilância patrimonial?

O trabalho dos vigilantes patrimoniais deve ser orientado para ações assíduas (ou seja, praticadas constantemente), ter atuação ativa do profissional. O vigilante precisa conduzir as ações de forma neutra e suas funções precisam ser orientadas para a proteção de todos os envolvidos.
Esses princípios precisam estar presentes em todas as ações que o vigilante realizar no dia a dia e, portanto, devem estar presentes no plano de segurança da empresa.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 31

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Inscreva-se gratuitamente no vestibular online ou use sua nota do Enem para obter bolsas e descontos!

Artigos relacionados