O curso de Odontologia é muito difícil? Entenda

o curso de odontologia é difícil

Se você já pensou ou está pensando em seguir a profissão de dentista, provavelmente passou pela sua cabeça se o curso de Odontologia é difícil. Mesmo que a resposta não vá mudar sua decisão, é sempre bom conhecer alguns detalhes da graduação antes de começar a faculdade, não é mesmo?

A verdade é que o grau de dificuldade é algo relativo, pois isso depende muito de cada pessoa. De qualquer forma, a dedicação é certamente uma qualidade que vai favorecer todos os estudantes que queiram ter uma carreira de sucesso.

Que tal saber mais sobre o assunto? Aproveite para conhecer um pouco mais do curso agora mesmo!

Quais são as principais matérias do curso de Odontologia?

Assim como várias outras formações, a Odontologia é uma área que requer o desenvolvimento de habilidades teóricas e práticas. Sem o conhecimento teórico, nenhum profissional consegue exercer a profissão, ao mesmo tempo em que a prática nada mais é do que colocar toda a teoria em ação para atender os pacientes.

Estamos falando de um curso que agrega assuntos das Ciências Biológicas e Humanas. Todo profissional da saúde precisa conhecer muito bem o corpo humano e focar também os seus diferenciais comportamentais. Afinal, lidar com o bem-estar das pessoas é muito delicado.

Por isso, os estudantes devem priorizar o autodesenvolvimento desde o início da faculdade, não só nos estudos universitários, mas também na busca pela aquisição de habilidades comportamentais. Exemplos são boa comunicação, empatia e liderança — essas são características que complementam o perfil do estudante de Odontologia.

No começo da graduação, as disciplinas teóricas prevalecem e ajudam a formar uma base para o aluno avançar seus estudos sobre a Odontologia. Então, é comum encontrar tópicos como:

  • Ciências Moleculares e Celulares;
  • Formação Integral em Saúde;
  • Fundamentos para Assistência Odontológica;
  • Fundamentos para Propedêutica Cirúrgica;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania;
  • Responsabilidade Social;
  • Psicologia Aplicada à Saúde;
  • Empreendedorismo;
  • Direitos Humanos e Organismos Internacionais.

As matérias de Odontologia em cada instituição de ensino podem apresentar variações. Porém, sempre devem seguir a principal estrutura da grade curricular mantida e aprovada pelo Ministério da Educação (MEC) para que o diploma da graduação seja válido.

Por esse motivo, uma dica é conferir esse tipo de informação antes de escolher o seu curso. Se você pensa em procurar diferentes modalidades de estudo, saiba que ainda não existe Odontologia EAD, já que essa é uma formação cheia de atividades práticas.

Quais são as matérias mais difíceis de Odontologia?

À medida que a formação avança, é natural que as disciplinas fiquem mais complexas. Afinal, o próprio estudante já tem um nível de compreensão sobre a Odontologia mais adiantado do que quando entrou na faculdade.

As matérias específicas tendem a ser as mais difíceis, como Propedêutica Clínica Odontológica, Odontologia Morfofuncional e as Clínicas Integradas focadas em Reabilitação Oral ou Idosos.

A questão é que alunos têm facilidades e dificuldades distintas. Alguns conseguem lidar bem com matérias consideradas difíceis, e outros acabam tendo que redobrar os estudos para vencer os desafios que encontram pela vida universitária.

Vale lembrar que ainda existe a etapa do estágio obrigatório, que é uma experiência extremamente importante para que os alunos coloquem em prática os conhecimentos adquiridos e aperfeiçoem suas capacidades. Com a supervisão de profissionais qualificados, essa é uma fase de aprendizado intenso. Aqui na Anhanguera, a carga de estágio exigida é de 800 horas, e isso contribui bastante no preparo para o mercado de trabalho.

O que fazer para ter um bom rendimento na faculdade?

Por último, vamos completar o post com dicas práticas para se dar bem na faculdade de Odontologia. Como lidar com a saúde bucal de outras pessoas é uma grande responsabilidade, todo aluno precisa se comprometer ao máximo nos estudos e durante toda sua carreira. Confira nossas dicas a seguir.

Gerencie seu tempo

Mesmo quem não tem outras atividades precisa aprender a gerenciar seu tempo para ter um bom desempenho na faculdade. Isso significa não perder aulas, não procrastinar as tarefas, ter disposição para estudar, entre outros detalhes da rotina.

Então, o segredo é investir em organização para montar uma agenda produtiva, conseguindo administrar bem os seus compromissos pessoais e acadêmicos.

Estude todos os dias

O estudante universitário pode ter maior autonomia e flexibilidade, mas isso não deve comprometer o seu rendimento. A não ser que você queira viver desesperado nos dias que antecedem as provas e correr o risco de ser reprovado em alguma matéria, não deixe de manter a regularidade nos estudos.

É claro que, antes de datas importantes, você vai se dedicar ainda mais, só que a constância faz muita diferença no aprendizado. Reserve um tempo todos os dias para estudar, rever o que foi aprendido e buscar informações sobre a sua área. Nesse sentido, a disciplina será sua maior aliada.

Não fique com dúvidas

Levar suas dúvidas para casa é um erro que prejudica seu rendimento de forma bem grave. Elas se acumulam na sua cabeça, e os resultados nas provas podem ser desastrosos, já que muita coisa está interligada dentro da Odontologia.

Além do mais, não se esqueça da responsabilidade que falamos acima. A exigência do diploma e do registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO) para atuar como dentista não é por acaso. Aproveite o contato com seus professores para sanar suas dúvidas e procure consumir boas fontes de conteúdo fora da sala de aula.

Troque com outras pessoas

Conversar com pessoas da mesma área é uma atitude que traz diversos benefícios. Você pode buscar inspiração com dentistas experientes, dividir questões pessoais com colegas de sala e compartilhar inseguranças com seus professores. A troca com quem está vivendo essa mesma fase com você ou com aqueles mais experientes com certeza vai ajudar na sua motivação.

Pronto para começar o curso de Odontologia?

Enfim, não dá para dizer se o curso de Odontologia é difícil ou fácil, mas não tenha dúvidas de que essa é uma carreira que exige muita dedicação. Inclusive, depois da faculdade, você ainda vai ter que estudar bastante para ser um profissional atualizado, competente e bem-sucedido!

O que achou deste conteúdo? Lembre-se de que nenhuma dificuldade deve ser maior que a vontade de conquistar seus sonhos! Aproveite e faça sua inscrição no vestibular da Anhanguera para ser um dentista de sucesso.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 10

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content