Gastronomia Sustentável: o que é e como atuar na área?

Você já ouviu falar em Gastronomia Sustentável? Então, talvez esteja na hora de começar a entender mais sobre esse assunto, especialmente se você gosta da área e ainda por cima se preocupa com aspectos como a sustentabilidade do planeta.

Para desbravar melhor esse universo, trouxemos as principais informações sobre o assunto. Você vai entender o que é a gastronomia sustentável, o que se estuda nessa área e como se preparar para atuar nela. Então, aproveite o conteúdo, fique de olho nas dicas e tire suas dúvidas! 🚀

O que é Gastronomia Sustentável?

Sustentabilidade tem sido um conceito bastante em voga nos últimos anos, não é mesmo? Inclusive, ele anda tão em alta que chegou até às cozinhas do mundo todo por meio da gastronomia sustentável. Essa expressão faz referência à tendência de mercado que está priorizando toda a cadeia de produção de alimentos para um funcionamento mais inteligente e consciente.💡

Na prática, isso significa prezar pela boa gestão de alimentos, por uma logística eficiente, pelo uso racional dos recursos e até mesmo pelo desenvolvimento de técnicas e estratégias que otimizem a aplicação dos ingredientes em restaurantes, cantinas e cozinhas em geral.

Como funciona a área?

Para conseguir transformar a Gastronomia Sustentável em algo real e palpável, o conceito foi baseado em alguns princípios norteadores, por exemplo:

YouTube video
  • alimentos orgânicos — é fundamental que os alimentos sejam livres de agrotóxicos, tanto no consumo in natura como a preparação de receitas🍅🥕 ;
  • produtores regionais — o fomento aos produtores locais também é uma maneira de reduzir os impactos logísticos e fomentar a economia regional👨🏽‍🌾 ;
  • receitas sazonais — o estímulo a cardápios que favoreçam os alimentos sazonais também é uma premissa para reduzir custos e impactos ambientais;
  • espécies ameaçadas — a restrição ao consumo de espécies de animais e de vegetais ameaçados de extinção também é importante;
  • desperdício zero — na Gastronomia Sustentável, nada se perde, pois todos os alimentos são usados integralmente, reduzindo a quantidade de resíduos gerados;
  • tecnologia — em muitos casos, os equipamentos tecnológicos, modernos e econômicos são a melhor saída para reduzir os desperdícios de água, luz e gás nos restaurantes.

Como é o mercado e quais são as oportunidades?

Felizmente, o mercado vem se adaptando a essa nova demanda e solução. Assim, a Gastronomia Sustentável tem feito parte dos cursos superiores e dos cursos livres também, preparando uma grande quantidade de profissionais para atuarem a partir dessa premissa.

Os chefs 👨🏽‍🍳que já estão atuando podem se especializar nesse nicho, trabalhando tanto a partir de uma marca ou franquia de restaurantes com uma pegada mais ecológica, quanto empreendendo por conta própria. Há ainda quem opte por ensinar outras pessoas a utilizarem todo o potencial de cada alimento.

Seja como professor, como chef ou como elaborador de cardápios, a Gastronomia Sustentável abre novas portas no mercado para quem se interessa pelo assunto. Essa é uma ótima maneira de mostrar que você se importa não apenas com a boa culinária, mas também com o futuro do planeta. 🌍

E é claro que você pode conciliar tudo isso a uma remuneração atrativa. De acordo com o site Salários, um gastrônomo pode ganhar um salário médio de R$ 2.400,00*. Como especialista em Gastronomia Sustentável, essa remuneração pode se tornar ainda maior.

Inclusive, existem muitas ONGs (Organização Não Governamental) que já trabalham esse conceito em comunidades carentes, onde o aproveitamento dos alimentos é ainda mais urgente. Desse modo, é possível reduzir significativamente o desperdício de comida e fazer um uso mais consciente dos ingredientes.

O que é preciso para trabalhar nessa área?

Uma boa maneira de começar a trabalhar com a Gastronomia Sustentável é se inscrevendo em um curso livre para se tornar um auxiliar de cozinha sustentável. Esse é o caminho mais curto para começar a adquirir experiência nessa área.

Mas, além disso, é importante se certificar de que você apresenta ou deseja desenvolver algumas características básicas:

  • preocupação com o meio ambiente — sem esse fator motivador, talvez você não consiga manter o interesse pelos assuntos abordados durante tanto tempo;
  • curiosidade — quando se trata de aproveitar ao máximo os ingredientes, é preciso estar disposto a investigar novas possibilidades constantemente;
  • criatividade — nem sempre você vai encontrar referências do que fazer com os ingredientes, cascas, sementes e afins, por isso, é preciso ser criativo e saber gerar algo do zero;
  • disciplina — a Gastronomia Sustentável também exige muito tempo de estudo e de práticas para otimizar seus pratos; 📚
  • gestão — também é importante saber orquestrar a gestão da cozinha e a durabilidade de cada ingrediente para fazer um melhor uso deles.🧮

E aí, se identificou com essas características? Então, aprenda o que precisa saber para ir além de um auxiliar de cozinha e trabalhar com o que ama!

Como se capacitar?

Se os seus planos não incluem passar a vida toda como auxiliar de cozinha, você vai precisar ir além de um curso livre para se capacitar. Nesse caso, recomendamos que comece pelo curso superior de Gastronomia da Anhanguera.🔝

Nele, além de aprender tudo sobre sustentabilidade na gastronomia, você ainda vai ter a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos sobre diversas técnicas e teorias. E isso tudo embasado em conhecimentos que também vão facilitar a gestão do seu próprio empreendimento. 🤩

O curso engloba aspectos como:

  • cozinhas internacionais;
  • confeitaria e panificação;
  • segurança alimentar;
  • processos industriais;
  • gestão e planejamento.

Se você já tem um diploma de nível superior, talvez seja a hora de começar a considerar uma especialização. Além disso, considere planejar as próximas férias em um destino com vários restaurantes sustentáveis. Assim, pode entender melhor como esses conceitos estão sendo usados na prática.

Como gastrônomo, você vai poder atuar em uma gama bem ampla de ambientes, o que vai bem além de restaurantes. Isso inclui hotéis, cruzeiros marítimos, buffets, escolas e hospitais. Há ainda quem opte pela indústria alimentícia ou pelas empresas de fiscalização sanitária, por exemplo. 😎

Agora, é com você!

Você já está por dentro dos principais aspectos sobre o curso e a área de Gastronomia Sustentável, então, o próximo passo é seu. Se gostou do que viu por aqui, talvez esteja na hora de começar a aprender a sua nova profissão.

Inscreva-se no curso de Gastronomia da Anhanguera!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.