Descubra qual é o salário de um engenheiro de software

engenheiro de software salário

O curso de Engenharia de Software é o investimento ideal para você que busca uma carreira em tecnologia. Com uma grade curricular atualizada, é possível aprender tudo sobre o desenvolvimento de sistemas, programas e aplicativos. Isso sem falar em manutenção, projeção, análises de qualidade, e muito mais.

Mas será que esse segmento é tão atrativo quanto outros que envolvem a tecnologia? De acordo com a Associação Brasileira de Software (ABES)1, tudo indica que sim: com um crescimento projetado de 10% somente para essa área de desenvolvimento. Isso quer dizer que oportunidade não faltará para quem se formar nessa graduação.

E quanto ao salário na Engenharia de Software? É o que veremos a partir de agora. Descubra com a gente!

Qual é a média salarial de um engenheiro de software?

A média do salário de um engenheiro de software é de R$ 9.299,35 * para 41 horas trabalhadas por semana. É o que nos informa o portal Salários, com dados de mais de 3 mil remunerações informadas por profissionais ao CAGED. Isso quer dizer que muitos especialistas no setor ganham valores superiores a esse.

Ao longo da carreira, o profissional da área de software pode obter ganhos mensais de até R$ 20.677,17*. De fato, é uma das profissões mais bem-pagas no país. Quando comparado ao salário do engenheiro eletricista, carreira tão complexa e atrativa quanto a Engenharia de Software, a média supera em quase R$ 1,5 mil –– tendo em vista que a remuneração é de R$ 7.896,70 *.

E olha que nem precisa ir tão longe para compreender as vantagens de ingressar nesse setor. Se você observar quanto ganha um desenvolvedor web (neste caso, R$ 2.715,00*), verá que os seus esforços ao se formar um engenheiro de software têm grande potencial de retorno.

Descubra os salários médios dos engenheiros de software por região

Como você pode imaginar, diferentes regiões do país têm mercados próprios. Há aquelas em que há maior demanda profissional, outras com menor quantidade de profissionais formados, isso sem falar em questões como custos de vida. Tudo isso pode influenciar no quanto ganha o engenheiro de software. Veja alguns exemplos:

  • São Paulo: R$ 10.483,14*;
  • Rio Grande do Sul: R$ 9.021,32*;
  • Minas Gerais: R$ 7.566,35*;
  • Rio de Janeiro: R$ 11.847,87*;
  • Amazonas: R$ 5.533,13*.

Você vai reparar que o CAGED oferece dados sobretudo da região Sudeste do país. Lembre-se de que é lá que se encontram os grandes polos de tecnologia. Com isso, mais profissionais respondem às pesquisas salariais para nos dar esse panorama de remunerações por estados brasileiros.

Veja as remunerações em diferentes tipos de empresa

Apesar de o Brasil ter tantas empresas com foco no desenvolvimento de software, a contratação de engenheiros não se restringe apenas a elas. Veja outros tipos de organização em que você poderá atuar e os respectivos salários médios:

  • comércio de equipamentos de informática –– R$ 9.667,26*;
  • licenciamento de programas de computador customizáveis –– R$ 10.028,56*;
  • tratamento de dados e serviços de hospedagem –– R$ 9.099,05*;
  • portais e provedores de conteúdo –– R$ 9.093,39*.

Quanto ganha um engenheiro de software recém-formado?

Quando estiver se perguntando qual Engenharia fazer e chegar nas considerações sobre salários, lembre-se de que o início de carreira o aguarda com a soma de R$ 8 mil*. Muitas empresas contratam profissionais recém-formados para desenvolver suas competências no dia a dia de trabalho, e não somente porque os mais experientes raramente estão disponíveis.

Essa é a forma que os gestores encontram de formar equipes eficientes e produtivas, com total domínio das regras de negócio da empresa. Por isso, invista nos seus diferenciais durante a graduação em Engenharia de Software para conquistar oportunidades como essas no mercado.

Ainda vale lembrar que profissionais em diferentes estágios de suas carreiras recebem salários diferentes, bem como o tamanho da empresa impacta esses valores. Veja alguns exemplos para engenheiros de nível júnior, pleno e sênior.

Pequenas empresas

  • Júnior: R$ 8.651,49*
  • Pleno: R$ 9.248,06*
  • Sênior: R$ 10.282,90*

Médias empresas

  • Júnior: R$ 9.440,70*
  • Pleno: R$ 10.037,26*
  • Sênior: R$ 11.072,10*

Grandes empresas

  • Júnior: R$ 9.883,43*
  • Pleno: R$ 10.480,00*
  • Sênior: R$ 11.514,84*

Qual é a média de remuneração de um engenheiro de software funcionário público?

Sim, também é possível fazer a sua carreira em tecnologia no setor público. Esses são cargos com boa estabilidade e escopos de trabalho que dificilmente se alteram. Mas tenha em mente que as remunerações nem sempre são atrativas como as da iniciativa privada, chegando à média de R$ 6 mil, como no concurso para o TJ-RJ.

Há outros, porém, com remunerações iniciais de R$ 21 mil, a exemplo do concurso do Tribunal de Contas da União. Lembre-se de que nem sempre as atribuições serão diretamente relacionadas com a Engenharia de Software, e o processo seletivo é bastante concorrido.

Como conquistar melhores salários na área de Engenharia de Software?

Um dos desafios recorrentes no mercado da tecnologia é encontrar profissionais que se integrem aos times de desenvolvimento. Muitos deles têm conhecimentos técnicos de sobra e experiências de atuação, mas faltam as habilidades comportamentais: trabalho em equipe, inteligência emocional, comunicação, entre tantas outras.

É preciso trabalhar tanto as competências essenciais à profissão quanto essas soft skills. O equilíbrio é que o tornará um profissional decisivo e insubstituível nas empresas –– que vão promover aumentos de salário e de cargos para não perder esse talento para a concorrência.

Um bom lugar para investir nesse desenvolvimento é a faculdade de Engenharia de Software. É na graduação que você aprende as principais técnicas da profissão, com o apoio personalizado de professores altamente qualificados. Sem falar na estrutura completa para a teoria e prática profissional.

Aqui na Anhanguera, você tem benefícios exclusivos para o seu currículo:

  • Canal Conecta, com dicas e boas práticas para se dar bem no mercado, além de vagas exclusivas nas melhores empresas do país;
  • Trilhas de Carreira para desenvolver as habilidades de que você precisa para se destacar;
  • Aula Destaque com profissionais de referência, que compartilham suas jornadas de carreira e insights para seu desenvolvimento;
  • certificações com parceiros de renome no mercado, como AWS Educate, AWS Academy, Huawei e CISCO.

Invista na sua qualificação!

Como você viu, o salário na Engenharia de Software é atrativo desde o início de sua carreira, assim como as oportunidades de emprego. Para crescer nas empresas e alcançar somas ainda maiores, é importante superar as expectativas do mercado, sendo um profissional decisivo para a construção de sistemas e apps.

Quer ser esse profissional? Faça a inscrição no vestibular online da Anhanguera e venha estudar com a gente! Nosso sistema de ensino é especialmente preparado para uma formação completa.

1Associação Brasileira de Software

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content