Curso ou faculdade de fotografia? O que devo fazer?

A arte da Fotografia é rica e necessária, tanto para perpetuar momentos marcantes da vida pessoal quanto para os negócios. Quando a gente pensa em carreira, esta é uma área promissora, afinal, estamos vivendo tempos “instagramáveis”, em que “uma imagem vale mais que mil palavras”, como diz o ditado.

E se você deseja trabalhar como fotógrafo(a), certamente chegou aqui se perguntando: o que é melhor, fazer curso ou faculdade de Fotografia? Ambas são fontes de conhecimento valiosas, porém com programas de ensino e objetivos distintos. Então, veja aqui quais são essas diferenças e decida pela melhor opção para seu perfil! 📸

Como funciona uma faculdade de Fotografia?

A faculdade de Fotografia é um curso superior com duração mínima de 2 anos. Na maioria das vezes, é oferecido como uma graduação tecnológica, mas pode ser que você encontre alguma instituição oferecendo o grau de Bacharelado, cuja carga horária é mais densa, em razão do aprofundamento em certas disciplinas teóricas.

No caso do tecnólogo em Fotografia, curso com nível de excelência na Anhanguera, a graduação faz parte dos chamados cursos de curta duração e acontece na modalidade presencial. 

É uma graduação ideal para quem quer se especializar, principalmente nos aspectos práticos da profissão, e ingressar no mercado de trabalho com um diploma de nível superior. 👩‍🎓Vale lembrar que as graduações tecnológicas estão em alta no mercado

O objetivo da faculdade de Fotografia é ensinar todas as etapas do processo de criação de uma fotografia, da parte conceitual, passando por conceitos técnicos como iluminação e profundidade, até o uso de equipamentos, como lentes, flashes e câmeras, além da edição e do tratamento de imagens.

O curso também dá bastante foco nos diferentes nichos de atuação mais requisitados pelo mercado, a fim de que o profissional esteja pronto para atuar com os mais diversos clientes.

Dê uma olhadinha nas principais matérias da grade curricular:

  • Edição e Tratamento de Imagens;
  • Editorial de Moda;
  • Empreendedorismo Digital;
  • Fotografia;
  • Fotografia Autoral e Retrato;
  • Fotografia Book e Newborn;
  • Fotografia Conceitual e Artística;
  • Fotografia da Natureza, Arquitetura e Interiores;
  • Fotografia Publicitária;
  • Fotojornalismo e Fotografia Documental;
  • História da Arte;
  • Semiótica;
  • Técnica e Equipamento Fotográfico;
  • Técnicas de Iluminação.

Com um diploma de tecnólogo em Fotografia em mãos, posteriormente é possível investir em programas de pós-graduação, como especialização lato sensu, mestrado e doutorado, ampliando muito as possibilidades de carreira. 🎓

Como funciona um curso livre de Fotografia?

Um curso livre de Fotografia é um curso sem vínculo com o Ministério da Educação (MEC), ou seja, não oferece diploma profissional e, dependendo do foco, não exige conhecimento prévio. 

Logo, são seus objetivos amplos, desde abordar temas como a introdução à arte fotográfica até desenvolver técnicas para um estilo de fotografia específico, como forma de enriquecer o currículo de um profissional. ✌️

Você notará que os cursos livres de Fotografia têm níveis iniciantes, intermediários e avançados, conforme o conteúdo abordado, bem como durações muito distintas ― por exemplo, de semanas a um ano.

Por esse motivo, é muito comum vermos públicos muito diferentes fazendo um curso livre de Fotografia. É o caso de pessoas que nunca fotografaram, mas descobriram essa habilidade e desejam ter explicações teóricas e conceitos básicos. 

Também, há profissionais de diferentes áreas que desejam utilizar a Fotografia em seu meio profissional, têm ou não alguma habilidade, e desejam desenvolver técnicas para tirar suas fotos no dia a dia.

Por fim, há profissionais que desejam fazer um curso livre de Fotografia para se atualizarem rapidamente, porém sem fazer uma pós-graduação. 

Quais são as principais diferenças e objetivos?

Agora você já entendeu como funciona um curso livre ou faculdade de Fotografia. Então, vamos separar as principais características aqui para que você possa decidir com mais clareza o que fazer. Tome nota! ✍️

Curso livre de Fotografia

  • Tem objetivos variáveis, com o propósito de explorar diferentes aspectos do mundo da fotografia, mas sem responsabilidade com uma formação profissional.
  • É aberto a todos os públicos, não sendo exigida formação mínima ― a menos que o curso seja avançado.
  • Não é regulamentado pelo MEC e pode ser ministrado por instituições e profissionais autônomos.
  • Tem uma duração variável, conforme a proposta do curso.
  • Pode acontecer presencialmente ou EAD.
  • Oferece certificação, mas não um diploma de nível técnico ou superior.
  • Apesar da não regulamentação, pode ser um curso bem recomendado, sobretudo para quem tem interesse em aspectos pontuais da área da Fotografia.

Faculdade de Fotografia

  • Tem o objetivo de formar profissionais altamente capacitados para atuar no ramo da Fotografia, seguindo as exigências do MEC.
  • É imprescindível ter terminado o ensino médio para ingressar no curso.
  • É um curso regulamentado pelo MEC, conta com infraestrutura apropriada e corpo docente composto por especialistas do mercado, muitos dos quais são mestres e doutores.
  • A faculdade oferece suporte para o aluno ingressar no mercado de trabalho, por meio de parcerias com empresas para a realização de programas de estágio e efetivação de contratos.
  • Varia de 2 a 4 anos, conforme o grau oferecido pela instituição.
  • Ao final do curso, o formando recebe um diploma de graduação válido em todo o território nacional.

Qual a melhor opção para quem quer se destacar no mercado?

Como você viu, os cursos apresentados aqui têm um valor importante e podem ajudar muitas pessoas. Mas, se você deseja ingressar na carreira de fotógrafo(a), não há muito o que pensar. 

Então, entre um curso ou faculdade de Fotografia, para futuros profissionais, a segunda opção é a que vale. É a graduação que realmente vai aproximar você do mercado de trabalho ao propiciar experiências únicas e contatos consistentes com pessoas da área. 🚀

Além disso, a graduação conta com uma ementa de curso aprovada pelo MEC e passa por constante avaliação do órgão para atestar a qualidade do ensino.

Por fim, a chancela de uma instituição respeitada, com um excelente conceito na avaliação do MEC, fará total diferença para seu diploma ganhar ainda mais valor de mercado. 🔝🔝Viu como não há outra escolha possível?

Não pense duas vezes: faça Anhanguera!

Não sabe exatamente onde estudar? Pois bem, a resposta está aqui na sua tela. A Anhanguera oferece uma das melhores graduações em Fotografia do mercado, com infraestrutura e metodologia de ensino exclusiva.

Além das aulas teóricas, você terá diversas atividades práticas em laboratórios, além de participar de projetos especiais. Ainda, para que você se afine ainda mais com o mercado de trabalho, atividades complementares certificadas abordam habilidades específicas que todo profissional deve ter!

Afinal, curso ou faculdade de Fotografia? A resposta você já sabe, então não espere mais: inscreva-se já no vestibular da Anhanguera. Esperamos você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.