Comércio Exterior ou RI? Como escolher?

comercio exterior ou relações internacionais

Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher entre os cursos de Comércio Exterior (Comex) ou Relações Internacionais (RI), embora os focos de cada um deles sejam bem diferentes. Por isso, a melhor forma de sair da dúvida e compreender qual se encaixa melhor no seu perfil é aprofundando seus conhecimentos sobre ambas as áreas.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo reunindo as principais informações de que você vai precisar para decidir o que cursar ao ingressar em uma faculdade. Então, fique de olho e não perca nenhum detalhe!

Quais são as principais diferenças entre Relações Internacionais e Comércio Exterior?

Quando combinamos as expressões “Relações Internacionais” e “Comércio Exterior”, muitas pessoas podem acabar focando a parte que envolve outros países e, em função disso, confundindo as duas áreas de atuação. No entanto, elas são bem diferentes entre si.

Primeiramente, porque o curso de Relações Internacionais é um Bacharelado com duração de quatro anos. Enquanto isso, o curso de Comércio Exterior é um Tecnólogo, mais curto, com duração de dois anos e meio.

Depois disso, é importante mantermos a atenção sobre os termos “relações” e “comércio”. Enquanto o segundo foca as interações com fins comerciais, o que envolve muita logística, marketing e preços atrativos, o primeiro está focado no desenvolvimento de relacionamentos de longo prazo, que consideram aspectos bem além dos comerciais, como os costumes de um povo.

Em geral, é possível compreender qual é o curso ideal para você descobrindo com quais dessas áreas de estudo há mais identificação:

  • Comércio Exterior — contabilidade, matemática financeira, economia, estatística;
  • Relações Internacionais — direitos humanos, história contemporânea, legislação, ciência política.

Os profissionais de Comércio Exterior e de Relações Internacionais podem acabar sendo colegas em algumas áreas. Isso acontece principalmente no setor privado. Embora sejam profissões diferentes, suas atuações se complementam.

Logo, enquanto um profissional de Relações Internacionais foca a parte estratégica e de planejamento, o de Comércio Exterior se dedica à parte operacional.

Como é o curso de Relações Internacionais?

O curso de Relações Internacionais é voltado para aqueles estudantes que querem aprender sobre negociações políticas, culturais, sociais, militares e econômicas. Nesse caso, diferentemente do curso de Comércio Exterior, a preocupação não é apenas comercial, mas, sim, com o estabelecimento de relações diplomáticas e de acordos proveitosos entre países.

Para isso, sua duração é de quatro anos, assim como a maior parte dos cursos de graduação. Durante esse tempo, o profissional será preparado tanto teórica quanto praticamente para atuar junto a diferentes cenários e mercados.

Ao longo da graduação, também é importante desenvolver o domínio de um ou mais idiomas. Em algumas instituições, a proficiência em inglês é um requisito.

Quais são as possibilidades de atuação em Relações Internacionais?

Quem optar pelo curso de Relações Internacionais poderá encontrar possibilidades de trabalho tanto na área pública quanto na privada. Os principais cargos para esses profissionais estão nas embaixadas, nos ministérios, em ONGs, em bancos, nos consulados e assim por diante.

Sua atividade consiste em coletar dados, produzir relatórios de contexto mundial, planejar ações e, sobretudo, identificar oportunidades vinculadas a comércio internacional. Muitas vezes, eles também acabam sendo encarregados de levantar riscos e conflitos entre as nações e as empresas. Sua atuação é muito útil em empresas multinacionais.

É claro que a carreira acadêmica também é uma opção, podendo lecionar em universidades públicas e privadas. Para isso, no entanto, é importante que o profissional esteja acostumado a prestar concursos, especialmente para orientar seus aprendizes.

O salário pode variar entre R$ 1,2 mil a R$ 20 mil*.

Como é o curso de Comércio Exterior?

O curso de Comércio Exterior é, basicamente, o estudo acerca de como acontece a operacionalização dos negócios que são fechados entre países. Por isso, o profissional que pretende atuar nessa área deve estar preparado para aprender importação e exportação de produtos, taxas alfandegárias, transporte de cargas, tramitação de documentos e assim por diante.

Além disso, esse estudante será preparado para analisar os contratos de compra e venda, garantindo que eles estejam de acordo com a legislação de cada país. O curso é um tecnólogo e, justamente por isso, faz parte dos cursos superiores de curta duração. Ele também pode ser feito na modalidade EAD.

Quais são as possibilidades de atuação em Comércio Exterior?

Já quem preferir seguir a carreira no curso de Comércio Exterior, atuará principalmente junto a empresas de logística ou grande importadoras, instituições financeiras, agências do governo, empresas de câmbio, de seguro ou ainda em organizações internacionais, como é o caso da Organização Mundial do Comércio e o Banco Mundial.

As funções desse profissional estão ligadas a negociações e identificação de tendências de mercados, tanto nacionais quanto internacionais. Além disso, é ele quem deve identificar as necessidades de fornecedores e de consumidores, encontrando oportunidades de compra e venda, criando condições logísticas de entregar essas mercadorias, incluindo sua fretagem e estocagem.

E se você estiver se perguntando quanto ganha o profissional de Comércio Exterior, saiba que a remuneração varia entre R$ 1,8 mil a R$ 23 mil.

Como você viu ao longo deste conteúdo, as profissões de Comércio Exterior ou Relações Internacionais são muito relevantes para qualquer nação ou mesmo para aquelas empresas que querem atuar junto a companhias de outros países. Sem esses profissionais, esses laços seriam bem mais difíceis de serem estabelecidos.

Portanto, ao escolher uma área de atuação e uma carreira para seguir, é importante conhecer de perto as suas opções e saber como elas poderão contribuir para a sua satisfação pessoal e profissional, mas também como você poderá contribuir para o mercado. Agora, você está mais bem-preparado para isso.

RI ou Comex, já fez sua escolha?

Portanto, apenas relembrando: o curso de Relações Internacionais foca em como as trocas podem ser proveitosas e produtivas, mesmo em países com costumes, culturas, políticas ou economias distintas; enquanto isso, o curso de Comércio Exterior foca transações comerciais efetivas entre diferentes países.

Se você gostou deste conteúdo e ele ajudou você a escolher entre Comércio Exterior ou Relações Internacionais, não pare por aqui. Confira o nosso material, bolsas de estudos — um guia com as principais opções para entrar na faculdade, e veja como dar o próximo passo!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.