Crianças devem manter hábitos de higiene bucal durante a pandemia

estudantes de odontologia

Coordenadora do curso de Odontologia da Anhanguera Jundiaí ressalta importância da participação pais

Com a suspensão das aulas, a maioria das crianças ficou sob a responsabilidade dos pais, que estão trabalhando em casa, e muitas vezes esquecem ou não têm tempo de supervisionar os cuidados básicos de higiene bucal das crianças, como escovar os dentes após o almoço.

Segundo a odontopediatra Nicole Gonçalves Lima, coordenadora do curso de Odontologia da Anhanguera Jundiaí, a falta de rotina tem atrapalhado as crianças de maneira geral, o que inclui esses cuidados básicos.

A placa bacteriana se forma horas após as refeições, se não houver a correta higiene bucal e remoção dessa placa bacteriana pode acarretar inflamação gengival e formação da doença cárie. 

Nicole ressalta que a atenção com a saúde bucal da criança deve começar ainda quando bebê, antes mesmo de nascerem os primeiros dentes. O ideal é procurar um odontopediatra para receber todas as orientações necessárias para evitar doenças bucais.

Com a falta da escola, que costumava incentivar os pequenos a escovarem os dentes, os pais podem adotar estratégias para que os pequenos se habituem com a escovação. Uma delas, de acordo om Nicole, é criar uma rotina de higiene.

As crianças se espelham muito em seus responsáveis, por isso é importante que estes deem o exemplo.

A especialista explica que a partir dos 7 anos a criança já tem coordenação motora satisfatória para executar uma escovação dentária com qualidade, mas o hábito vem com a rotina familiar, que mesmo antes desta idade, deve ser feita e/ou supervisionada pelos pais ou responsáveis. 

Nicole alerta que durante esta pandemia as famílias não conseguiram criar ou manter uma rotina de escovação nem controle alimentar das crianças. Com isso, há muita oferta de alimentos açucarados e processados, seguido por cuidados com a saúde bucal negligenciados.      

A dica é criar uma dinâmica em que a higiene bucal sempre esteja presente, seja por quadros de reforço positivo ou até mesmo lembretes para que as crianças e adultos mantenham a rotina de escovação.

“Podem ser lembretes no celular, jogos didáticos que incentivem os bons hábitos de higiene e, principalmente, o exemplo dos que moram na casa”, afirma Nicole Gonçalves Lima, coordenadora do curso de Odontologia da Anhanguera Jundiaí

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.