Entenda o que é a carreira em Y e veja se ela é a ideal para você

carreira em y

Analistas, especialistas, coordenadores, supervisores, gestores… Tradicionalmente, a hierarquia de cargos nas empresas tem seu início no nível júnior e até que o colaborador se torne gestor na área. No entanto, diante das mudanças no perfil dos profissionais e da inserção de novas gerações nos ambientes corporativos, cresceu a necessidade por uma alternativa atrativa: a carreira em Y.

É uma possibilidade que vem atraindo cada vez mais pessoas devido ao seu foco na ascensão profissional de uma forma diferenciada. Neste artigo, você descobrirá mais sobre o que essa modalidade representa e como ela pode ajudar em seu desenvolvimento!

O que é carreira em Y?

A carreira em Y é utilizada pelas empresas no processo de desenvolvimento de colaboradores. Basicamente, a ideia surgiu diante de um problema antigo: o caminho do trabalho sempre seguia um modelo linear, no qual o profissional entrava em cargos operacionais, desempenhava bem suas funções e ia sendo promovido até virar um gestor.

O fato é que isso nem sempre combina com o perfil de todos os trabalhadores. Afinal, as pessoas são diferentes e nem todas têm habilidades para liderar equipes de maneira estratégia. Além disso, as empresas disponibilizam um número relativamente baixo de vagas de gestão, o que significa menos oportunidades para esses profissionais.

Portanto, a carreira em Y surgiu justamente para atender a essa demanda de profissionais que desejavam crescer na empresa, ter o prestígio e a boa remuneração com um cargo de especialista em determinado assunto ou área.

Quais são as vantagens da carreira em Y para o profissional?

As possibilidades de seguir por outros caminhos que não a gestão, por si só, já representam um benefício. Isso porque as empresas evitam que os profissionais sejam levados a ocupar posições gerenciais mesmo quando não apresentam aptidões para tal ou que precisem abrir mão do reconhecimento e de uma remuneração melhor para isso.

Porém, os benefícios não param por aí. Confira, a seguir, outras oportunidades!

Aprimoramento de competências

Que profissional não sonha em aprimorar as suas competências e ser referência em sua área? Destacar-se no mercado é uma forma de conseguir os melhores cargos e ter mais chances de exercer as suas competências em um ambiente promissor.

Afinal, quanto mais um talento é colocado em prática, melhor ele se desenvolve. Um especialista pode aprimorar as suas habilidades de maneira constante, o que é interessante para aqueles que estão sempre dispostos a aprender e a aplicar seus conhecimentos.

Ascensão de carreira

Apesar de uma taxa de desemprego de 12% no mercado, uma pesquisa feita pela Robert Half mostrou que 81% dos recrutadores afirmam que ainda faltam profissionais qualificados para atuarem nas empresas. Agora imagine especialistas em suas áreas?

As organizações concorrem para ter profissionais com alta qualidade técnica. Nesse cenário, quanto mais capacitado for o colaborador, maiores são as chances de ascensão e de encontrar um mercado receptivo para as suas habilidades.

Visão inovadora

A inovação permite alavancar os negócios e levá-los a outro patamar, garantindo a sua competitividade de mercado. O profissional que se especializa consegue ter uma visão mais ampla e trabalhar com ideias estratégicas dentro das empresas, algo fundamental para conquistar o reconhecimento do trabalho.

Além do mais, o profissional que opta pela carreira em Y pode concentrar esforços em fazer bem uma atividade de que gosta. Consequentemente, quando surgem desafios, ele consegue encará-los de maneira positiva e estar alinhado com os valores da empresa, tendo boa reputação no mercado.

Maior autonomia

Inspirar confiança e permitir que os profissionais tomem as suas decisões: ambas as ações são pautadas pela autonomia. Porém, para que um colaborador chegue nesse nível, ele precisa ter certa experiência e habilidades diferenciadas de uma pessoa que acabou de entrar no mercado de trabalho, por exemplo.

Como a autonomia parte de uma relação de confiança da empresa com o colaborador, é preciso que ele se comprometa a entregar o seu melhor. Portanto, optar pela carreira em Y é uma das maneiras mais simples de construir essa credibilidade.

Como identificar o perfil de carreira em Y?

Diante de tais benefícios, é comum que surjam perguntas: como identificar o meu perfil? Será que a carreira em Y, de fato, se encaixa nas minhas ambições? Pois bem, existem algumas características do profissional que mostram que ele optou por uma jornada em ascensão, mas sem foco especificamente na gestão de pessoas. Confira!

Conhecimento apurado

Quando se trata de identificar um profissional de carreira em Y, o primeiro passo dado pela empresa é avaliar o conhecimento que ele adquiriu ao longo de seus anos de contribuição.

Essa pessoa precisa ter alta especialidade em um assunto ou área, dominando não somente os conceitos, mas também as técnicas que proporcionam um diferencial para seu desempenho. A ideia é que ele tenha uma capacidade analítica que permitirá uma visão mais aprofundada de determinado campo.

Solução de problemas

O profissional especialista é capaz de resolver não só os problemas comuns do dia a dia, que facilmente poderiam ser identificados por outras pessoas. Ele também tem a capacidade de enxergar situações complexas sob um novo ângulo, antecipando-se e agindo de maneira proativa diante delas.

Multidisciplinaridade

Não é porque uma pessoa opta por seguir uma carreira de especialista que ela não poderá desenvolver a sua liderança. Aliás, essa competência é importante nesse momento profissional, mesmo que ela não vá ter um cargo de gestão.

Isso porque o cargo de especialista, por exemplo, pode exigir que o profissional acumule algumas funções a fim de atender às demandas do momento. Portanto, é interessante que a pessoa se preocupe em ser multidisciplinar, a fim de exercer da melhor maneira as suas atribuições.

Vale ressaltar que a modalidade de desenvolvimento profissional é indicada especialmente para aqueles profissionais que contam com uma bagagem avançada de conhecimento tanto teórico quanto prático. Além de ser uma opção para pessoas com o mesmo status de um gestor, mas que não têm as habilidades para gerir uma equipe.

Sobretudo, para optar pela carreira em Y, é preciso ter foco em resultados, além de grande aptidão para a pesquisa e para as descobertas que surgirão. Isso mostra que não só uma ascensão linear é a melhor opção, mas que existem outros caminhos tão alinhados às expectativa quanto o de um gestor.

Aliás, vale lembrar que, para atingir tal maturidade na carreira, é preciso estar disposto a sair da zona de conforto. Saiba mais sobre esse assunto!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content