Conheça mais sobre o curso de Eletrotécnica Industrial

Eletrotécnica Industrial

Você consegue imaginar alguma indústria que funcione sem energia elétrica? Difícil, não é mesmo? Desde a têxtil até a tecnologia, como satélites e aeronaves, todos os segmentos dependem dela. Por essa razão, é importante contar com profissionais aptos a atuar na área para manter a segurança da rede elétrica.

Desse modo, o curso de Eletrotécnica Industrial é uma ótima opção de faculdade para quem deseja ter uma carreira de sucesso. Os formados são responsáveis pelos processos de distribuição, transmissão e geração de energia elétrica para o campo industrial.

Assim, se você quer saber o que é Eletrotécnica Industrial e como funciona a graduação, não perca o post. Boa leitura!

Como funciona o curso de Eletrotécnica Industrial?

Se está curioso para saber como é o curso de Eletrotécnica da Anhanguera, saiba que a graduação é do tipo Tecnólogo e conta com conteúdos relacionados à eletrônica, administração, matemática e mecânica. O objetivo é formar profissionais aptos a supervisionar, gerenciar e planejar a manutenção de dispositivos eletromecânicos e máquinas das fábricas e linhas de produção.

Além disso, durante os semestres, o aluno aprende as competências necessárias para atuar na modernização dos processos produtivos usados nas indústrias. Por ser uma graduação de nível Tecnólogo, a faculdade foca a atuação prática do profissional.

Assim, você entrará em contato com diferentes aulas práticas em vários laboratórios, como o de instalações elétricas, eletroeletrônica e informática. Ficou interessado? Saiba, então, que poderá estudar Eletrotécnica Industrial na modalidade de ensino presencial.

Essa é uma ótima opção para quem tem tempo de comparecer à faculdade durante os dias da semana e quer ter um contato mais próximo com alunos, colegas e professores. Contudo, se esse não é o seu caso, saiba que existem vários outros cursos Tecnólogos que podem ser feitos na modalidade EAD.

Se já se perguntou se a faculdade a distância da Anhanguera é boa, a nossa instituição de ensino é referência no assunto, com excelente custo-benefício e corpo docente experiente no mercado.

Qual é a duração média da graduação em Eletrotécnica Industrial?

Por fazer parte dos cursos Tecnológicos, ou seja, de nível superior, mas diferentes dos técnicos, a graduação em Eletrotécnica Industrial tem uma duração mais curta se comparada à Licenciatura ou ao Bacharelado, por exemplo. Na Anhanguera, o aluno leva 3 anos, ou seja, 6 semestres para se formar nessa graduação.

Mesmo com um tempo menor, é importante ressaltar que o MEC (Ministério da Educação) reconhece a faculdade tecnóloga como um curso completo do ensino superior. Dessa maneira, a formação conta com o mesmo peso das outras modalidades.

Além disso, por causa do período mais curto para a formação, a graduação foca o mercado de trabalho. Assim, quem escolher fazer Eletrotécnica Industrial terá matérias direcionadas para o exercício da profissão.

Quais são as principais matérias do curso de Eletrotécnica Industrial?

Os profissionais eletrotécnicos industriais estão sempre envolvidos nos processos de distribuição, transmissão, supervisão, gerenciamento e planejamento de energia elétrica. Além disso, a emissão de laudos técnicos e a aplicação de procedimentos e de medidas de segurança também são algumas das tarefas desenvolvidas.

Para obter a melhor formação, a grade curricular da faculdade de Eletrotécnica da Anhanguera é dividida em dois módulos: no primeiro, os alunos têm acesso às matérias mais gerais e, no segundo, os conteúdos são mais aprofundados.

Conheça, a seguir, algumas das principais disciplinas estudadas durante o curso:

  • Segurança em Instalações Elétricas Nr10;
  • Redes de Comunicação Industrial;
  • Projeto Integrado;
  • Metrologia e Medidas Elétricas;
  • Materiais e Instrumentação Eletroeletrônica;
  • Legislação, Segurança e Medicina do Trabalho;
  • Instalações Elétricas Industriais;
  • Gestão de Projetos;
  • Gestão da Produção e Manutenção;
  • Gerenciamento e Controle de Qualidade;
  • Fundamentos de Cálculo Aplicado;
  • Física Geral;
  • Eletrônica e Circuitos de Potência;
  • Eficiência Energética e Qualidade de Energia;
  • Conversão Eletromagnética de Energia e Máquinas Elétricas;
  • Controles Lógicos Programáveis;
  • Algoritmos e Técnicas de Programação.

Para conquistar o tão sonhado diploma, você pode fazer estágios durante a graduação, além de elaborar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Qual é o perfil do aluno de Eletrotécnica Industrial?

Agora, chegou a hora de conhecer um pouco sobre o perfil dos estudantes de Eletrotécnica Industrial. Se quer ingressar nessa faculdade, saiba que terá uma formação interdisciplinar, com conhecimentos em áreas tecnológicas, científicas e de gestão.

Para isso, ser um bom planejador e ter interesse em executar projetos é indispensável, já que o dia a dia da profissão envolve essas características. Além disso, organização para entrega de atividades e trabalhos é essencial. Outras habilidades importantes que devem ser desenvolvidas durante a graduação são:

  • capacidade de trabalhar em equipe;
  • senso de liderança;
  • boa comunicação;
  • bom relacionamento interpessoal;
  • capacidade de se adequar às mudanças.

Como está o mercado de trabalho para Eletrotécnica Industrial?

O mercado de trabalho para quem se forma em Eletrotécnica Industrial está muito aquecido. O curso é voltado para a formação de pessoas que se enquadrem nos empregos fornecidos pela indústria. Logo, você poderá trabalhar em diferentes setores, como:

  • farmacêutica;
  • alimentícia;
  • automobilística;
  • petroquímica;
  • metalúrgica;
  • química;
  • agrícola.

O profissional também pode ser contratado por empresas de manutenção de máquinas, instalações elétricas, desenvolvimento, planejamento de projetos e assistência técnica, além de faculdades, centros de pesquisa e institutos. As principais atribuições do tecnólogo em Eletrotécnica são:

  • estudar processos eletrônicos e elétricos;
  • coordenar empreendimentos;
  • especificar, planejar e projetar equipamentos e sistemas elétricos e elaborar sua documentação técnica;
  • executar serviços de telecomunicações, eletrônicos e elétricos, executando ensaios e testes.

Em relação à remuneração, saiba que é atrativa. O salário do Tecnólogo em Eletrotécnica Industrial é de R$ 2.416,50* para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais — muito bom, não é mesmo?

Se você tem dúvidas sobre qual o melhor curso Tecnólogo para fazer, saiba que essa é uma excelente opção, principalmente por conta da remuneração e do mercado de trabalho aquecido. Para conquistar as melhores vagas e se destacar, estudar em uma boa faculdade é fundamental.

A Anhanguera é uma das instituições de ensino mais reconhecidas do Brasil, e os alunos contam com o suporte de todo o corpo docente durante as aulas. Além disso, outros diferenciais são:

  • acesso ao Canal Conecta, portal gratuito de empregabilidade;
  • infraestrutura completa e preparada para receber os estudantes;
  • formas de ingresso facilitadas.

Estude Eletrotécnica Industrial na Anhanguera!

O curso de Eletrotécnica Industrial é uma opção e tanto para quem quer ingressar no mercado de trabalho em pouco tempo e atuar no ramo da indústria. Para se destacar, lembre-se de que é muito importante estudar em uma faculdade reconhecida e com qualidade comprovada!

Não perca a oportunidade de fazer parte de uma instituição de ensino de sucesso. Inscreva-se no vestibular online da Anhanguera!

*Sujeito a alterações.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.