O que faz um consultor em Comércio Exterior?

Para quem já atuou em empresas que lidam com importação e exportação, trabalhar como consultor de Comércio Exterior (Comex) pode ser um passo interessante na carreira. Ainda mais se você tem muita bagagem de experiências e conhecimentos para compartilhar com outros profissionais.

Por outro lado, mesmo que você não tenha experiência na área, dá para se preparar para, futuramente, se tornar um consultor. Então, é importante saber mais sobre esse cargo ou função. Se você já pensou em construir sua carreira em Comércio Exterior ou quer entender melhor como é ser um consultor de Comex, continue lendo e confira o que preparamos! ?

O que é um consultor de Comércio Exterior?

É um profissional que dá consultoria a organizações na realização de exportações e importações, na identificação de oportunidades de negócios e na avaliação de tendências de mercado.

Além disso, ajuda no desenvolvimento ou na articulação de parcerias entre empresas e fornecedores fora do país. Também pode trabalhar na liberação de cargas vindas do exterior, na integração da cadeia produtiva e no gerenciamento de programas de comércio internacional.?

Seus locais de atuação são empresas importadoras e exportadoras, instituições internacionais e câmaras de comércios. Inclusive, o consultor de Comex poderá participar de missões empresariais internacionais ou se tornar um consultor de associações da área, como a Associação Brasileira de Consultoria e Assessoria em Comércio Exterior (Abracomex). Até mesmo poderá ser um consultor independente.

Basicamente, esse profissional ajuda a otimizar a comunicação de organizações no exterior. Para tanto, ele colabora no desenvolvimento de estratégias de abordagem considerando fatores como cultura, legislação e tendências do país da empresa com a qual se busca parceria.

Em suma, o consultor de Comércio Exterior tem um papel de destaque para que as empresas implementem e levem suas marcas para outros locais do planeta. Dessa forma, poderão aproveitar oportunidades de negócios em mercados internacionais.

O que faz um profissional dessa área, na prática?

Existem muitas atividades pelas quais um consultor de comércio internacional é encarregado ou que pode desempenhar. Por exemplo, oferecer consultoria em regimes cambiais, regimes alfandegários e análise documental. Além disso, ele trabalha com:

  • planejamento e acompanhamento de tarefas próprias ao processo de internacionalização;
  • prestação de apoio, suporte e orientação a equipes;
  • prestação de consultoria às empresas na análise de tendências de mercado;
  • identificação de oportunidades de negócios internacionais;
  • interação com profissionais e clientes de outros países;
  • fornecimento de consultorias a outros consultores, desde que seja mais experiente na área;
  • intermediação de parcerias com fornecedores e clientes em outros continentes;
  • viabilização de preços e prazos por intermédio de mapeamentos;
  • ajuda à empresa a fim de evitar entraves burocráticos;
  • atuação na liberação de cargas.

Essas são apenas algumas dentre várias atividades que podem ser desempenhadas pelo consultor em comércio exterior. Elas também variam conforme a instituição, empresa, associação, etc. para a qual esse profissional venha a trabalhar ou a prestar serviços.

Afinal, existem muitos agentes envolvidos nas operações de importação e exportação, bem como em outros tipos de negócios internacionais.???

Quais são as principais diferenças entre ele e um analista do mesmo segmento?

Um consultor de comércio exterior trabalha mais em atividades de intermediação entre agentes nacionais e internacionais. Além disso, fornece orientação sobre processos de importação, exportação e outros negócios ou particularidades presentes nas relações de organizações brasileiras com entidades de fora do país.

Por outro lado, um analista de comércio exterior trabalha com atividades operacionais e analíticas de Comex, dentro de empresas e entidades que atuam com comércio internacional. Nesse caso, ele:

  • atua no planejamento e no controle de atividades de exportação e importação;
  • trabalha com análise e controle de fluxo de documentos de regimes cambiais e alfandegários;
  • faz controle do fluxo de documentos de operações;
  • estabelece meios de transporte mais indicados ou adequados para as mercadorias que serão movimentadas para fora ou para dentro do país;
  • realiza avaliações a respeito de tendências de negócios;
  • verifica a existência de oportunidades em novos mercados;
  • colabora com o fechamento de contratos de venda ou de compra com agentes estrangeiros, entre outras atividades.

Assim, as atividades de um analista são mais internas e operacionais, com ele se responsabilizando por tarefas ligadas à viabilização das ações de importação e exportação.

Já um consultor em Comércio Exterior trabalha dando suporte e orientação para que essas ações sejam realizadas. Ele também atua na intermediação de novas parcerias e guia empresas e profissionais em processos internacionais.

Um analista de comércio exterior tem o potencial de se tornar um bom consultor após acumular uma “bagagem” na área de Comex, isto é, experiência com processos relativos à exportação, importação e realização de parcerias internacionais. Aliás, isso também vale para outros profissionais que atuam em Comércio Exterior, como gerentes, supervisores e coordenadores.?

Como se tornar um consultor de Comércio Exterior?

Além de acumular experiência na área, você pode se preparar para se tornar um consultor por meio de uma faculdade de Comércio Exterior ou, caso seja formado, com uma especialização na área.

Na faculdade de Comex, especificamente, você terá contato com conhecimentos importantes da área, além de poder construir uma rede de relacionamentos (network) começando com colegas e professores da graduação.✌?

Você também vai ver matérias e conteúdos no curso superior tecnólogo em Comércio Exterior nas quais aprenderá a:

  • avaliar tendências de mercados e construir relatórios de controle financeiro;
  • desenvolver estratégias para organizações que querem expandir as suas atividades e os seus negócios a outras nações;
  • efetuar e controlar operações comerciais internacionais;
  • planejar e gerir operações de logística;
  • realizar assessorias para empresas estrangeiras que desejam investir no país;
  • realizar transações de câmbio.

Faça Comex na Anhanguera e dê o primeiro passo para um futuro brilhante!

Aqui, na Anhanguera, o curso de Comércio Exterior conta com diferenciais como:

  • apoio personalizado;
  • avaliação continuada;
  • um portal de empregabilidade gratuito e exclusivo (Canal Conecta), que conta com centenas de milhares de oportunidades de vagas de emprego e de estágio.

Daí, além de estudar as matérias da área, você ainda conta com esses adicionais em sua jornada para se tornar um consultor de Comércio Exterior completo e disputado pelo mercado. ?

Agora que você já sabe um pouco sobre as atribuições de um consultor em Comex, aproveite e inscreva-se em nosso vestibular onlinepara Tecnólogo em Comércio Exterior!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registered successfully
Oops! Invalid email, please check if the email is correct.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.